Relacionamento interpessoal: o que é e qual a importância

Equipe Eurekka

Você sabia que uma das necessidades dos seres humanos é a social? Fazer conexões, criar laços, ter amigos… tudo isso é importante para manter a saúde mental em dia. Portanto, é essencial ter um bom relacionamento interpessoal com outras pessoas, seja em casa, na escola, ou no trabalho.

Afinal, pessoas que não se preocupam com as relações interpessoais são prejudicadas em muitos aspectos, como família, namoro, produtividade e emocional, por exemplo.

Neste texto, você vai saber mais sobre o grande valor que o relacionamento interpessoal tem e vamos dar algumas dicas para melhorar essa habilidade tão útil nos dias de hoje!

O que é relacionamento interpessoal?

Podemos definir relacionamento interpessoal como a conexão entre duas ou mais pessoas. Pode ser entre você e seu pai, sua namorada, seu irmão, seus colegas do trabalho, conhecidos, e qualquer outro. Assim, quanto mais próximo você se torna de alguém, mais forte essa relação fica.

Alguns fatores estão sempre presentes quando falamos desse tema, como a necessidade de ter objetivos e metas parecidos, ou o respeito pelas opiniões e pontos de vista, por exemplo.

Além disso, ser transparente é outro fator muito importante no relacionamento interpessoal. Portanto, ter confiança e ser honesto um com o outro é algo que não pode ser ignorado.

Inteligência interpessoal

A inteligência interpessoal diz respeito à capacidade da pessoa de se relacionar bem com os outros e cuidar dos relacionamentos. 

Aliás, essa é uma dos oito tipos de inteligência propostos pela teoria das inteligências múltiplas. 

Pessoas que têm um alto nível de inteligência interpessoal são capazes de entender as necessidades e o que motiva os outros, ou seja, são muito influentes. Portanto, são capazes de se adaptar às diversas situações sociais do dia a dia e sabem se comunicar de maneira efetiva.

Além disso, quem se destaca nessa inteligência é, também, mais sensível aos sentimentos e emoções das outras pessoas. Sabia que o líder Mahatma Gandhi e a apresentadora Oprah Winfrey têm uma alta capacidade interpessoal?

amigas tirando foto

Qual a importância de ter um bom relacionamento interpessoal?

Em primeiro lugar, isso é importante para a sua saúde de modo geral, e para sua felicidade também. Sendo assim, relacionamentos nos dão uma razão para viver (salvar vidas de pacientes, fazer aquela venda milionária, casar com o seu grande amor, etc.) e evitam a solidão e a depressão.

Em segundo lugar, você não faz tudo sozinho, né? Seja como for, saber como se dar bem com outras pessoas é necessário para viver em sociedade. Ou você acha que ser rude, passivo e tentar fazer tudo por conta própria dá certo? Claro que não.

Ser educado, respeitar outras pessoas, trabalhar em equipe, ter empatia, dar e receber elogios ou feedback… em tudo isso, o relacionamento interpessoal está presente.

Qual a diferença entre relacionamento interpessoal e intrapessoal?

Pra começo de conversa, inter significa “entre”, enquanto intra significa “dentro”, portanto, interpessoal quer dizer “entre pessoas” e intrapessoal “dentro da pessoa”. 

Dessa maneira, já dá pra perceber a diferença entre as duas. Enquanto o relacionamento interpessoal tem a ver com a forma de conviver com os outros, em dialogar, agir em conjunto e se conectar, o intrapessoal diz respeito ao interior das pessoas.

“Me explica melhor, Eurekka!” ─ diz você, o leitor desse texto.

Então vamos lá! O relacionamento intrapessoal está relacionado ao seu autoconhecimento, aos seus pontos fortes e pontos de melhoria, suas emoções e por aí vai. Enfim, quer dizer o quanto você se conhece. 

Isso serve para melhorar sua autoestima, autocontrole, saúde mental, seus limites e muito mais. Aliás, um dos meios de melhorar o seu relacionamento intrapessoal é com a meditação e a terapia!

Se você percebeu que não sabe muita coisa sobre si mesmo, então a terapia vai ser a solução ideal. Com a ajuda dos super terapeutas da Eurekka, você vai dar um passo gigante na busca do autoconhecimento! 

Damos garantia que você vai descobrir muitas coisas que nunca imaginou. Para agendar a sua primeira sessão e definir as suas primeiras metas, clique no banner abaixo. Nunca é tarde para se descobrir.

banner terapia saúde mental com a eurekka

Fases do relacionamento interpessoal

De acordo com o famoso psicólogo alemão George Levinger, a maior parte dos relacionamentos passam por 5 estágios: conhecimento, construção, continuação, deterioração e término.

1. Conhecimento

Essa é a primeira fase, na qual você está conhecendo outra pessoa. Para criar uma boa relação, é importante que ambos se conheçam bem e tenham ideias similares.

2. Construção

Caso a primeira fase seja bem-sucedida, você vai chegar à fase de construção, quando as relações crescem muito e a confiança começa a surgir. Além disso, é aqui que começam as primeiras trocas de interesses e motivações.

3. Continuação

Essa é a fase onde ambos se comprometem a continuar com a relação, fazendo com que se estabilize. Aqui, a confiança e a transparência têm mais destaque.

4. Deterioração

Nem todas as relações passam por essa fase, que acontece a partir de brigas, falta de confiança e dificuldade de se adaptar ao outro, por exemplo.

A falta de compromisso também é um fator que pode levar essa fase a acontecer, o que torna difícil desejar a outra pessoa por perto.

5. Término

Essa fase indica o fim de uma relação por causa do distanciamento, morte ou término.

Relacionamento Interpessoal na Vida Pessoal

O relacionamento interpessoal está presente em qualquer atividade em que outra pessoa esteja presente. Se você vai a um enterro, consolar a outra pessoa que está em um processo de luto, por exemplo, está fazendo uso dessa habilidade.

Para conversar com alguém, entrar em um namoro, conversar com seus filhos, fazer compras no mercado, pegar um uber, entre outros. Então, todos os dias, sem dúvida, o relacionamento interpessoal está presente.

Além disso, busque sempre ser melhor com essa habilidade, desenvolva a sua comunicação e seu modo de agir. Dessa forma, você terá relações cada vez mais verdadeiras e com mais confiança ainda.

relacionamento interpessoal no trabalho

Relacionamento Interpessoal no Trabalho

Sob o mesmo ponto de vista, o relacionamento interpessoal no trabalho não poderia ter um valor menor. Essa habilidade é muito útil para qualquer trabalhador, ainda mais se você é um gestor ou líder de equipe.

Ser capaz de se comunicar de modo assertivo, entender o que seu time precisa, abrir o espaço para discussões e ser uma pessoa do bem são atitudes que todos precisam ter — e se não tem, saiba que você está perdendo grandes chances na vida.

Pessoas que têm um bom relacionamento interpessoal no trabalho são mais bem-sucedidas, se estressam menos e colaboram com um ambiente de trabalho de boa qualidade. Então, sempre que possível, busque melhorar nesse quesito, já que os benefícios são muitos e vão ajudar você na vida pessoal também.

Dicas para ter um bom relacionamento interpessoal

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o tema, você também vai querer saber como melhorar essa habilidade tão útil. Portanto, nós separamos 11 dicas muito boas que vão te ajudar nisso!

1. Busque autoconhecimento

Você se lembra do relacionamento intrapessoal? Então, pode-se dizer que esses dois estão muito relacionados.

Se você tem muito autoconhecimento, aprendeu a reconhecer seus limites e a se respeitar, acima de tudo, fica mais fácil fazer isso com as outras pessoas.

Afinal, você não vai querer tratar ou ser tratado mal se você tiver cuidado com você mesmo. 

Saber do que você gosta ou não, o que faz bem ou não, o que planeja pro futuro, entre outras aspectos, são coisas que você precisa saber para se conectar cada vez melhor com as outras pessoas.

2. Seja comunicativo

Procure desenvolver a sua comunicação assertiva. Saber dialogar de maneira clara e objetiva, evitando interpretações erradas, é essencial para melhorar seu relacionamento interpessoal.

Procure sempre falar sobre as dúvidas, sobre os erros e acertos, gostos e desgostos, etc. Isso faz com que as outras pessoas entendam mais sobre você.

3. Pratique a escuta ativa

A escuta ativa é uma técnica que melhora a sua capacidade de entender as pessoas. Funciona assim: você ouve a outra pessoa e usa todos os seus outros sentidos para extrair as informações que estão nas entrelinhas do que ela disse.

Dessa forma, você consegue saber mais sobre as intenções da pessoa, os medos que ela tem e muito mais coisas. Isso é uma habilidade que todo psicólogo precisa ter!

4. Tenha empatia e seja cooperativo

Sempre que for possível, ajude a outra pessoa. Busque saber a hora certa de dar conselhos, saiba demonstrar que se importa, mas nunca invada o espaço da outra pessoa. Colabore para o bem-estar de todos e você será tratado da mesma forma.

5. Seja educado

Evite xingamentos, palavras de ódio, ignorância, tratar os outros com desdém, entre outros. Por isso, a educação é o segredo para passar uma boa primeira impressão e também para manter essa impressão sempre alta.

mulheres com um bom relacionamento interpessoal escrevendo no quadro

6. Faça tudo com boa vontade

Ninguém merece estar com alguém que faz tudo mal feito, é preguiçoso e sempre reclama quando precisa fazer alguma coisa né? Esperamos que você não seja essa pessoa.

Sempre que tiver que fazer alguma coisa, faça de boa vontade. Algumas tarefas são repetitivas e podem cansar, mas isso faz parte da vida. Tenha disciplina e faça o que precisa ser feito.

7. Mantenha a atitude positiva

Errou? Calma, vamos melhorar isso! Aconteceu um acidente? Espero que tudo fique bem! Está difícil? É uma chance de se superar!

Sempre mantenha o otimismo! Não seja a pessoa negativa, que deixa o clima ruim e reclama de qualquer problema que aconteça.

8. Reconheça seus erros

Todas as pessoas podem, e vão errar. Aceite que errou, diga que vai mudar para que não aconteça de novo e siga em frente. Ninguém deve xingar você pelos erros, aliás, use esses erros como lição.

9. Faça e receba críticas com cuidado

Sempre que um feedback tiver que ser dado ou recebido, não encare como uma reclamação, mas como um ponto de melhoria.

A comunicação assertiva é a melhor maneira de dar um feedback de qualidade.

Não se irrite ou fique com raiva, mas saiba analisar se a crítica é mesmo construtiva e tem a função de ajudar a melhorar. Caso contrário, fale sobre as dúvidas e, se for o caso, diga que não concorda.

10. Estabeleça limites

Todos nós temos limites e você deve se impor toda vez que eles forem violados. Não permita que outras pessoas se aproveitem de você, e sempre diga as coisas que não aceita que aconteçam com você. Senão, todos vão achar que podem fazer o que quiserem com você e não irão respeitá-lo.

11. Se adapte às mudanças

A mudança é um traço do ser humano. Todos os dias, mudanças acontecem na nossa vida e sair da zona de conforto é importante para que a sua vida fique cada vez melhor.

Então, dê um passo de cada vez e se acostume com a sua nova rotina.

sede eurekka

Tenha mais autoconhecimento com a Eurekka.

Lembra o que a gente falou sobre autoconhecimento? Então, isso faz parte do relacionamento intrapessoal. 

É muito importante que você se conheça.  Aliás, é muito provável que você ache que sabe tudo sobre você. Desculpa, mas precisamos falar a verdade. Você não sabe.

Essa é uma impressão falsa, e é normal que as pessoas a tenham, inclusive você. Na verdade, você só vai se conhecer cem por cento quando enfrentar todas as verdades da sua vida.

E a terapia é capaz de fazer isso por você. Com um psicólogo de alto padrão, você vai descobrir aspectos da sua vida os quais nunca pensou que poderiam existir, pode acreditar.

A Eurekka tem os melhores psicoterapeutas que você vai encontrar, e o melhor de tudo é que as sessões são online. Ou seja, dá pra fazer direto da sua casa. Clique aqui e agende a sua primeira sessão!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.