Solidão: o que é, quais as causas e como lidar com isso

Eurekka Psicólogos

Em algum momento de sua vida, talvez você tenha sentido um grande vazio. Algo que nada nem ninguém poderia preencher naquele momento… você sentiu solidão.

Afinal, é comum que em certos momentos a gente tenha o sentimento de solidão. Para maioria das pessoas, esse sentimento passa e a vida segue.

Contudo, algumas pessoas podem se sentir sozinhas por muito tempo, a ponto que esse sentimento comece a impactar o seu dia-a-dia e a causar problemas mais sérios.

Nesse texto, vamos explicar para você o que é a solidão. Além disso, vamos falar algumas das possíveis causas desse sentimento. Por fim, você vai ver quais os riscos que o sentimento prolongado de solidão pode trazer.

O que é solidão?

A solidão é um complexo sentimento negativo. Ele surge quando, por algum motivo, nos sentimos desconectados do mundo ao nosso redor.

O sentimento de solidão pode surgir mesmo quando estamos com várias pessoas a nossa volta. Afinal, temos a sensação de não fazer parte de nada ou nenhum grupo, mesmo que isso não seja a verdade.

Se sentir sozinho no mundo é algo comum. Aliás, a maior parte das pessoas vai viver isso em algum momento, em geral, quando há grande transições na vida. Mais do que isso: segundo alguns pensadores, a solidão é necessária para nosso entendimento sobre o mundo.

O grande problema é quando a solidão dura por muito tempo e traz consigo tristeza e desânimo. Nesse caso, a solidão já pode ser considerada um transtorno e podemos começar a pensar sobre como tratar esse sentimento com a psicologia.

solidão ou solitude ficar sozinho

Solidão x Solitude

Antes de tudo, precisamos diferenciar a solidão da solitude. A solitude representa um estado em que a pessoa está sozinha ou isolada, porém não está sentido a solidão. Como, por exemplo, quando assiste a filmes online em casa, sem mais ninguém.

Dessa forma, uma pessoa na condição de solitude pode viver bem, mesmo sem o contato de outros indivíduos. Mesmo assim, é muito difícil encontrarmos alguém cem por cento isolado hoje em dia.

Para a maioria das pessoas, a solitude não precisa ser um isolamento total, mas sim o fato de ficarmos confortáveis com a ideia de passarmos um período sozinhos, como no exemplo dos filmes online.

Essa habilidade pode ser treinada e desenvolvida aos poucos. É muito interessante que cada pessoa consiga ficar bem em estar sozinha e olhar um pouco para si mesma, sem que isso cause angústia ou ansiedade. Pelo contrário; o ideal é que sinta gratidão por estes momentos.

O que causa a solidão?

Conforme já falamos, a solidão é um sentimento. Cada pessoa terá sua maneira de sentir e também suas causas próprias. Para entender porque você se sente de determinada forma, é necessário olhar para si.

Mas podemos citar algumas situações que costumam gerar solidão. A seguir, vamos falar um pouco de algumas delas.

Grandes mudanças de vida

A solidão está muito ligada a momentos de mudança em nossa vida. Como, por exemplo, sair da casa dos pais, entrar no mercado de trabalho, ter um filho, entre vários outros.

Assim, nesses momentos a pessoa pode sentir que o que ela sabia ou sentia antes não é mais aplicável, ficando triste ou ansiosa, mexendo com a sua autoestima. Assim, a solidão pode vir como essa desconexão com o real.

Em geral, esse tipo de solidão é aquele que gera algum crescimento pessoal. Ele faz com que a pessoa reconsidere suas prioridades. Alguma hora, a solidão vai sumir e a pessoa conseguirá olhar com novos olhos a mudança em sua vida, mantendo a resiliência.

Perdas

Quando sofremos perdas de pessoas queridas para nós, podemos nos sentir muito sós.

A morte de uma pessoa próxima é um evento muito desestruturante para qualquer pessoa. Mas cada um irá ter a sua forma de processar o luto.

De forma similar, o término de uma relação pode trazer um grande impacto na vida de uma pessoa, podendo fazer com que ela sinta uma solidão extrema e até mesmo desenvolva uma depressão.

Nesses casos, uma rede de apoio é vital, formada por familiares e amigos. Junto a isso, recomenda-se a busca de ajuda profissional, como um psicólogo, para casos em que a perda deixa a pessoa muito instável.

transtornos psicológicos

Transtornos psicológicos

Uma pessoa pode acabar se isolando por sofrer de algum transtorno de origem psicológica. Algumas condições como agorafobia e fobia social fazem com que a pessoa tenha muito medo de sair de casa ou entrar em contato com outros, gerando uma grande solidão.

Mesmo distúrbios como crise de ansiedade e depressão, podem gerar quadros de solidão, fazendo com que a pessoa se isole cada vez mais de outros. Além disso, distúrbios dos quais a pessoa tem vergonha, como síndrome de tourette, tripofobia, esquizofrenia ou borderline também podem fazer com que a pessoa evite sair ou fazer amigos.

Os sintomas que um transtorno gera não dependem da força de vontade da pessoa. Acreditar nisso é causar sofrimento desnecessário. Assim, nesses casos, é vital uma intervenção médica e psicológica.

Personalidade

Vários traços da personalidade de uma pessoa podem fazer com que ela escolha por ser isolar dos outros. Contudo, essa escolha pode gerar muita solidão.

Como falamos antes, é cem por cento possível viver bem sozinho, ou com contato social reduzido; esse estado é chamado de solitude. Mas, se estar sozinho é algo que causa grande angústia ou desconforto, então a pessoa está sofrendo com solidão.

Sintomas de ansiedade não surgem por solitude, mas por solidão. Assim, é vital que a pessoa saiba o porque de sua escolha de estar sozinho e avalie se é isso que ela quer.

Medo

Por fim, vamos falar um pouco do medo. Essa é uma de nossas emoções básicas que pode gerar vários modos de agir. Em relação a solidão, vários medos podem fazer com que uma pessoa não queira de se expor e acabe se isolando.

Às vezes, mecanismos de defesa são criados para combater esse medo. Porém, esses mesmos mecanismos fazem a pessoa se isolar e se sentir só.

Para tratar esses medos, é muito recomendável que um profissional acompanhe. Alguém que possa ajudar a pessoa a entender e reduzir essas fortes emoções.

teste de depressão

Por que temos medo da solidão?

Nós falamos um pouco sobre medos que geram a solidão. Mas e as pessoas que têm medo de ficar sozinhas?

É comum encontrarmos pessoas que acham muito desconfortável ficar sozinhas. Por isso, estão sempre em busca de alguma companhia.

Esse medo está ligado ao fato de que, quando ficamos sozinhos, estamos entregues as nossas ideias e em contato com a parte mais íntima de nosso ser.

Mas ficar confortável em estar só, a solitude, é algo que pode ser treinado. A pessoa pode desenvolver aos poucos essa habilidade.

imagens tristeza solidão

Prejuízos da solidão

Como já mencionamos, a solidão, embora desconfortável, é um sentimento natural. Ele faz parte de nossa experiência como seres humanos.

Porém, quando o sentimento de solidão dura por muito tempo, ele pode trazer danos sérios ao nosso organismo. E isso, por sua vez, serve de porta de entrada para problemas de saúde.

No geral, essa solidão estará ligada a outras emoções e condições, como tristeza, cansaço e desânimo.

Alguns dos transtornos ou problemas de saúde que podem ser desencadeados por um sentimento prolongado de solidão são:

10 dicas para combater a solidão

Agora que você já sabe alguns jeitos de tratar a solidão, vamos te dar 10 dicas que você pode por em prática no seu dia a dia para evitar que esse sentimento fique ainda maior. Confira:

1. Evite o isolamento

Não ter uma pessoa amada não o impede de sair. Trate-se como se estivesse em um relacionamento consigo mesmo – saia para um encontro. Só. Pode parecer estranho no início, ainda mais se você estiver preocupado com o que as outras pessoas vão pensar, mas com o tempo você vai perceber que é uma das experiências mais libertadoras.

2. Tente entender a causa do isolamento

Os fatores que contribuem para a solidão incluem variáveis situacionais, como isolamento físico, mudança para um novo local e divórcio. Ademais, o luto por alguém importante na vida de uma pessoa também pode levar a sentimentos de solidão. Além disso, pode ser um sintoma de um distúrbio psicológico, como a depressão.

Portanto, a solidão também pode ter fatores internos, como baixa autoestima. Dessa forma, pessoas que não têm confiança em si mesmas muitas vezes acreditam que não merecem a atenção ou consideração de outras pessoas. Isso pode levar ao isolamento e à solidão crônica. Reconheça que a solidão é um sinal de que algo precisa mudar.

3. Aprecie a sua própria companhia

Desde o dia em que você nasce até o dia em que você morre, a única pessoa que sempre estará com você nos momentos de perigo e doença é você. E se você não se ama, vai passar o resto de sua vida se afogando em sua própria toxicidade.

Se você não se ama e se considera indigno de ser amado, você se permite aceitar muito menos do que merece. Você permite que as pessoas o tratem mal pois não percebe que merece coisa melhor. Então, seja seu próprio melhor amigo. Cuide de sua saúde mental e bem-estar.

Aproxime-se de si mesmo com graça e gentileza. Uma vez que aprendemos a estar bem consigo mesmos, entramos nessa mentalidade de “antes só do que mal acompanhado.” Você não precisa de ninguém para validar ou completar você. Depois que você aprende a ficar sozinho, você para de andar com pessoas que não apreciam o que você traz para a mesa.

relações de qualidade

4. Procure interações de qualidade

Os especialistas acreditam que não é o tanto de interação social que combate a solidão, mas a qualidade.

Ter só três ou quatro amigos íntimos é o suficiente para afastar a solidão e reduzir as consequências negativas para a saúde associadas a esse estado de espírito.

5. Escreva

Tornar-se seu melhor amigo é entrar em sintonia consigo mesmo, estar ciente de seus gatilhos, comportamentos, gostos, aversões, medos, motivos, necessidades, desejos e sonhos. Ache o que você quer, quem você é, o que o motiva, o que o impede. Fale consigo mesmo, escreva um diário, medite, pense em voz alta, escreva, faça o que for necessário para se apoiar em si mesmo, mergulhe nas profundezas do que o faz descobrir os tesouros enterrados dentro de você.

Você nem sempre encontrará tesouros, às vezes encontrará caranguejos e ervas venenosas – as coisas de que não gosta em você. E isso também é uma coisa boa. Encontrar o que está faltando, onde você está errado é o primeiro passo para consertar. Isso o impulsionará para o mundo do auto aperfeiçoamento, do desenvolvimento pessoal, do trabalho sobre você mesmo.

6. Tenha hobbies

Talvez você esteja procrastinando em ir à academia pois odeia malhar em um espaço apertado com tantas pessoas assistindo. Talvez você não esteja trabalhando em seu livro pois tem medo do que os outros vão pensar dele.

Então, cuide das áreas de sua vida que você precisa trabalhar. Algumas dicas:

  • faça cursos online,
  • assista a vídeos no Youtube,
  • leia blogs e livros,
  • ouça podcasts.

Além disso, crie hábitos melhores, crie seus próprios rituais diários, aprenda habilidades de gerenciamento de tempo e dê um passo em direção à construção de um estilo de vida mais feliz e saudável.

7. Faça terapia

Um dos métodos mais eficazes para combater a solidão é a terapia cognitivo-comportamental (TCC). Ela pode te ajudar a entender melhor como suas suposições e comportamento podem estar trabalhando contra o seu desejo de se conectar com outras pessoas.

8. Avalie suas amizades

Busque pessoas que compartilhem atitudes, interesses e valores semelhantes com você.

mulher pintando sem solidão

9. Viva novas experiências

Vá lá fora. Tente novas aventuras, leia livros diferentes, conheça novas pessoas; adote hobbies incomuns, visite lugares inexplorados. Tentar coisas novas nem sempre quer dizer fazer bungee jumping ou mergulho (embora isso também seja ótimo!). Às vezes, quer dizer fazer mudanças simples em seu estilo de vida atual para trazer mais alegria e realização em sua vida.

Portanto, se você não gosta de ir à academia, experimente yoga, corrida, ciclismo, escalada, caminhada – há uma infinidade de opções. Além disso, se você não está motivado o suficiente para escrever um livro, tente começar um blog. Se você não está feliz com sua aparência, estilize seu cabelo de forma diferente, tente diferentes cores de roupas, padrões e combinações, use acessórios peculiares – Experimente.

10. Invista na sua autoestima e autoconhecimento

Se conecte consigo mesmo. Se você é solteiro, espere, invista em si mesmo, aprenda a desfrutar da sua própria companhia antes de começar a namorar alguém.

Portanto, encarar de verdade sua parte sombria quer dizer cultivar a auto aceitação e o amor próprio. Do contrário, nós nos julgamos e nos criticamos até o ponto da dor insuportável. Isso só pode ser prejudicial, pois só nos fará mascarar ainda mais e fugir da autodescoberta.

Muitas pessoas recorrem à meditação, espiritualidade ou terapias alternativas, como a cura holística, a fim de cultivar a auto aceitação e o amor. Mesmo se apenas dissermos a nós mesmos “Eu me permito sentir assim. Não sou diferente – nem melhor nem pior – do que ninguém”, podemos começar a deixar nossas emoções seguirem seu curso natural.

Por fim, preste atenção como você fala consigo mesmo – as palavras, a voz, o tom. Certifique-se de que seja caloroso e amigável. Trabalhe com alguns exercícios de autoconsciência, como instruções de registro no diário ou meditações guiadas, para começar a ver seus padrões de pensamento e aprender como canalizá-los de forma criativa.

sede eurekka

Descubra como lidar com a solidão na Eurekka

Como vimos ao longo do texto, a solidão em excesso pode causar sérios problemas, impactando muito a saúde mental. Dessa forma, quando o sentimento de solidão chega nesse ponto, você deve buscar ajuda.

A Eurekka é uma clínica de psicologia que atende tanto de maneira online quanto presencial. Temos um time de terapeutas qualificados, prontos para ajudar você. Se você quiser saber mais sobre nossa terapia é só clicar aqui.

Além disso, a Eurekka também conta com atendimento médico de várias especialidades, inclusive psiquiatria. Para saber sobre consultas médicas é só clicar aqui.

Por fim, a Eurekka tem diversos materiais gratuitos sobre assuntos diversos, desde saúde mental até bem-estar. Confira todos eles: Blog, InstagramFacebook e YouTube. Você pode conferir pelo nosso Aplicativo também!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.33

Eurekka Psicólogos

A Eurekka é uma Clínica de Psicologia especializada em terapia online que atende pacientes de todo o mundo. Os Psicólogos da equipe são treinados para aplicar a Terapia Cognitivo Comportamental de última geração nos mais diversos problemas: ansiedade, depressão, traumas, fobias, autoestima, disciplina, relacionamentos e muito mais.

2 replies on “Solidão: o que é, quais as causas e como lidar com isso”

4. Procure interações de qualidade

Esse item é impossível, se mal consigo interagir, como que vou fazer uma interação de qualidade?

Que tal usar micropassos para conhecer novas pessoas? Você pode buscar interações pela internet, onde o contato é mais fácil, geralmente. Além disso, seu psicólogo pode te dar informações de qualidade para te auxiliar com essa questão 🙂

– Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.