Terapia para ansiedade funciona? O que é e por que fazer

Thales Rodrigues de Almeida

“E se eu começar esse projeto, travar no meio e não conseguir terminar?” Talvez esse seja seu primeiro pensamento ao lembrar de um projeto muito importante para você. Ao pensar nessa hipótese, você já começa a ficar inquieto e a sentir o coração e a respiração mais rápidos. Estes são sintomas de ansiedade, e a melhor saída para isso é a terapia para ansiedade.

A ansiedade é uma sensação comum quando surge uma situação de desafio. No entanto, ao mesmo tempo que ela te ajuda a se preparar, ela também pode te paralisar!

Hoje você vai entender quais os sintomas de uma ansiedade excessiva (essa que te paralisa) e por que fazer terapia com psicólogo pode te ajudar! Ainda, vamos te contar como funciona essa terapia e qual o melhor tipo de para cada caso.

O que é ansiedade e por que você é ansioso?

A ansiedade é um sentimento de desconforto e tensão ao antecipar uma situação. Muitas pessoas não gostam de sentir ansiedade e preferem não senti-la. Porém, a ansiedade é uma sensação vital no nosso dia a dia, como vamos ver a seguir:

Ansiedade não é uma doença, é uma sensação natural

A ansiedade é uma sensação natural e não, você não está doente por senti-la. Por sinal, ela é muito útil para que a gente se prepare para os desafios do nosso dia a dia.

Por que você acha que se prepara tanto para aquela apresentação em público que está para fazer? Ou por que ficamos mais atentos ao dirigir em dia de chuva? Exatamente: a ansiedade te obriga a se preparar mais para situações desafiadoras!

Além disso, a ansiedade é a dona dos “E se…” que passam pela sua cabeça: “E se isso acontecer?”, “E se algo der errado?” Afinal, após se fazer essas perguntas, você consegue se preparar para as hipóteses.

Quando a ansiedade deixa de ser normal?

ansiedade

Ao mesmo tempo em que a ansiedade é funcional para nos preparar para diversas situações, ela também pode ser patológica. Nesse caso, em vez de ajudar, ela paralisa ou prejudica a pessoa em suas tarefas de rotina.

Por isso, é fundamental estar alerta para se a ansiedade ocorre em momentos indevidos, se ocorre com frequência e, também, se ela é intensa e prolongada.

Sintomas de Ansiedade Tóxica e Excessiva

É muito importante reconhecer quando a ansiedade está tóxica e excessiva (e essa não é uma tarefa impossível). Para isso, o primeiro passo é entender o que essa sensação pode causar em você.

Então, confira os sintomas físicos e mentais da ansiedade que listamos abaixo. Mas atenção: nunca se esqueça de considerar o contexto em que eles ocorrem.

Sintomas Físicos de ansiedade

Alguns sintomas físicos claros quando a ansiedade é excessiva são:

  • Desmaios;
  • Falta de ar;
  • Gagueira
  • Insônia;
  • Taquicardia;
  • Tensão muscular;
  • Tontura;
  • Tremores. 

Sintomas mentais de ansiedade

Alguns sintomas mentais fáceis de notar quando a ansiedade é muita são:

  • Dificuldade de se concentrar
  • Irritação constante
  • Pânico
  • Preocupação excessiva
  • Nervosismo
  • Tensão

Fugir alivia a ansiedade, mas o preço é alto

Quando você foge de uma situação que causa muita ansiedade, pode notar um alívio nessa intensidade. Contudo, apesar do alívio na hora, o que você está fazendo é reforçar essa emoção.

Isso gera o ciclo da fuga: quanto mais você fugir de uma situação que te deixa ansioso, mais intensa será a ansiedade na próxima vez. Complicado, né? Portanto, não fuja – enfrente!

banner produtividade

Por que fazer terapia com psicólogo para ansiedade?

É bom reforçar que não há cura para a ansiedade, como você viu antes. Portanto, nem tem por que buscar por isso. Assim, em uma psicoterapia com um psicólogo, você vai trabalhar o manejo de sua ansiedade quando ela for patológica.

No processo para se tratar de transtornos de ansiedade, você vai ter técnicas de controle da ansiedade, aumento do repertório comportamental e psicoeducação.

Ensina técnicas de controle da ansiedade

Em uma terapia para ansiedade com um psicólogo, você vai conhecer várias técnicas para lidar com a ansiedade.

Como, por exemplo, psicoeducação. Além disso, é comum ver também técnicas de atenção no presente, relaxamento (mindfulness, respiração diafragmática, relaxamento muscular progressivo), exposição (Dessensibilização Sistemática), entre outras.

Encoraja novos comportamentos

Para lidar melhor com a ansiedade, é vital quebrar o ciclo da fuga que a ansiedade criou. Ademais, na terapia, você vai ser reforçado e encorajado por ter pequenos comportamentos que ajudem a quebrar esse ciclo.

Ou seja, a terapia vai te ajudar a notar quais ações são boas para você mesmo e quais não são.

Incentiva o enfrentamento da situação

Sabendo que evitar a situação que te deixa reforça a ansiedade, você vai ter muito incentivo na terapia para enfrentar o caso.

E é claro que esse incentivo não vai ser apenas através de apoio. Em especial, ele se dá com o ensino das várias técnicas que falamos antes para ajudá-lo a enfrentar a situação.

terapia para ansiedade

Ensina a compreender os sintomas

É muito bom que o paciente entenda os sintomas de um transtorno de ansiedade. Isso pode ser feito através da psicoeducação. Assim, ele vai ter informações sobre o transtorno de ansiedade, e vai ser mais fácil notar mudanças no próprio jeito de ser e pensar.

Além disso, isso pode ser feito de várias formas: através de explicações na própria sessão de terapia, indicações de leituras ou outros materiais.

Como funciona a terapia para ansiedade?

Se tratar de transtornos de ansiedade vai depender da intensidade dos sintomas e o quanto prejudicam a rotina do paciente. Vai envolver a psicoterapia e o uso de remédios para alívio da ansiedade quando ela for muito forte.

Além disso, se indica métodos naturais complementares que podem ser adicionados na rotina. Como, por exemplo, exercícios físicos e meditação. Porém, é vital entender que estes métodos não fazem o mesmo que a terapia.

Qual o melhor tipo de terapia para a ansiedade?

A melhor forma para tratar a ansiedade excessiva é a psicoterapia. Além disso, você pode também se tratar com remédios, juntando isso com uma rotina saudável. Essa rotina é feita, em especial, de três elementos: alimentação, exercícios e sono.

Psicoterapia com psicólogo online e presencial

É bom ressaltar que a psicoterapia com psicólogo pode ser feita tanto de forma presencial quanto de forma online.

E existem várias abordagens que são eficazes para transtornos de ansiedade como, por exemplo, Terapias Comportamentais e Terapia Cognitivo-Comportamental. Cada uma tem suas particularidades, mas a resposta ao tratamento depende da identificação do paciente com o profissional e sua abordagem.

remédios para ansiedade

Tratamento com remédios

Neste caso, é vital que haja diálogo entre a psicologia e a psiquiatria. Quando os sintomas do transtorno forem muito intensos, é melhor se tratar com remédios. Assim, com orientação de um psiquiatra, ele pode te indicar ansiolíticos que ajudam no controle da ansiedade.

Tratamentos naturais para ansiedade

Tratar a ansiedade de forma natural nada mais é do que colocar hábitos na sua rotina que ajudem a controlar a ansiedade.

Então, alguns fatores que ajudam nisso e que muitas vezes esquecemos na nossa rotina automática são: praticar meditação, ter uma boa noite de sono, fazer exercícios físicos e cuidar para ter uma boa alimentação.

E por fim, é sempre bom lembrar de juntar esses hábitos com psicoterapia caso a intensidade da ansiedade estiver sendo prejudicial no seu dia a dia. 

Conheça a Terapia da Eurekka para vencer a ansiedade

Por fim, se você identificou que está com uma ansiedade excessiva e que está tendo dificuldades nas suas tarefas de rotina, recomendamos que procure psicoterapia para começar o tratamento.

E para isso, a Eurekka está preparada para recebê-lo com psicólogos treinados em Terapia Comportamental Contextual, oferecendo terapia tanto de forma presencial quanto remota. Além disso, temos também psiquiatras prontos para te ouvir e te explicar qual o melhor tratamento para você.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Thales Rodrigues de Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *