Serotonina: o que é, onde é produzida e quais as funções?

Equipe Eurekka

Existem 4 substâncias no nosso corpo que estão diretamente ligadas ao nosso bem-estar. E chamamos elas de quarteto da felicidade: endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Muitos endocrinologistas, biólogos e neurocientistas estudam essas substâncias químicas em nosso organismo, pois elas são responsáveis por nos deixarem felizes e animados.

Nesse texto, você vai entender tudo sobre a serotonina e descobrir qual o papel importantíssimo que ela desempenha em nosso humor. Confira:

O que é serotonina?

o cérebro, onde a serotonina produzida

A serotonina é um hormônio neurotransmissor. Ou seja, ela faz a comunicação entre as células nervosas. Afinal, um neurotransmissor funciona como um “mensageiro” do sistema nervoso.

Se os níveis estão adequados, você está feliz, bem-humorado, dormindo bem, se alimentando corretamente e, principalmente, com suas funções cognitivas fundamentais em dia.

A serotonina se concentra em dois lugares do nosso corpo: 5% no cérebro e 95% no intestino e no trato gastrointestinal. Mas quem produz a serotonina é uma glândula chamada pineal, que fica bem no centro do cérebro. A pineal é chamada de glândula endócrina, pois está diretamente ligada ao sistema digestivo.

Para que serve a serotonina?

A serotonina é um neurotransmissor responsável pelo humor. Se essa transmissão é inadequada, é natural que o indivíduo se sinta irritado, mal-humorado, ansioso, impaciente, irritadiço, propenso a chorar etc. Logo, melhorando a qualidade da transmissão e a concentração de serotonina, existe o alívio deste quadro.

Essa substância química atua no corpo todo e, além das emoções, é capaz de regular funções digestivas, motoras e sanguíneas.

Regulação do humor

No cérebro, essa substância regula a ansiedade, aumenta a sensação de felicidade e melhora o humor. Receber uma massagem de alguém, tomar sol, ouvir música e fazer exercícios físicos são pequenas ações que podem levar a produção do hormônio do prazer. 

Saciedade

A serotonina é responsável pela saciedade. Quando um indivíduo come demais, em especial doces e massas, é sinal de que os níveis deste hormônio no cérebro estão baixos ou desregulados. Por isso, ter uma alimentação saudável é fundamental para o equilíbrio e produção de serotonina.

Controle do movimento do intestino

Boa parte da serotonina é encontrada dentro da mucosa intestinal e controla os movimentos intestinais, a famosa conexão cérebro-intestino .

Regulação do sono

O sono é regulado pela combinação de dois hormônios: pela melatonina (hormônio do sono) e pela serotonina. Para que se atinja o nível mais profundo do sono, deve-se ter uma baixa concentração de serotonina. Sobretudo, se isso não ocorre, as pessoas ficam ansiosas e agitadas durante o período do sono.

Regulação de náusea

Uma das funções digestivas reguladas pela serotonina é a náusea, porque a serotonina atua em uma região do cérebro responsável pelo controle dos enjoos. Dessa forma ela atua eliminando outras substâncias tóxicas do intestino.

Coagulação sanguínea

Uma das funções da serotonina é a vasoconstrição, ou seja, a diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos. Dessa maneira, o hormônio ajuda na coagulação do sangue e na cicatrização.

Saúde óssea

Estudos sobre a relação da serotonina com a osteoporose, especialmente, têm avançado. Eles explicam que a serotonina contribui para a formação e densidade óssea, mas quando o hormônio é produzido em excesso, inibe a formação dos ossos.

Atividade sexual

Níveis muito altos de serotonina provocam o desinteresse sexual. Isso pode acontecer com pessoas que tomam antidepressivos (inibidores seletivos de recaptação de serotonina), que elevam os níveis de serotonina e diminuem a libido. Portanto, para o hormônio do prazer desempenhar a sua função, é necessário equilíbrio.

Enxaqueca

A serotonina tem sido uma das chaves para tratamentos contra a enxaqueca, dor forte e frequente de cabeça. Os especialistas explicam que os remédios usados para tratar as dores – geralmente antidepressivos – influem nos receptores da serotonina. Dessa maneira, a disponibilidade do neurotransmissor aumenta e, com ela, a disposição do indivíduo.

Sinais de que a serotonina está baixa

pessoa triste com baixo nível de serotonina

Como mencionado anteriormente, a serotonina é responsável por nos dar aquela sensação de prazer e bom humor. Se acaso ela se desequilibra, esses sentimentos perdem a força, prejudicando a qualidade de vida do indivíduo.

Alguns medicamentos e uma dieta incompleta podem causar baixos níveis de serotonina. Do mesmo modo, baixo consumo de vitamina B6, que ajuda no metabolismo das proteínas e auxilia na redução da retenção de líquidos, pode afetar a produção do hormônio.

Fique atento aos seguintes sinais:

  • Desejo de comer toda hora;
  • Dificuldade no aprendizado;
  • Falta de desejo sexual;
  • Mau humor de manhã;
  • Oscilações na temperatura corporal;
  • Problemas de memória e de concentração;
  • Sonolência durante dia;
  • Vontade exagerada de comer doces e carboidratos.

Causas da serotonina baixa

Se você se alimenta mal e está frequentemente exposto a situações de estresse os níveis desse hormônio baixarão:

Estresse

Quando uma pessoa está ansiosa ou nervosa, há o aumento de cortisol, o hormônio do estresse, fazendo com que a serotonina caia consideravelmente.

Alimentação inadequada

Os alimentos são a nossa fonte de nutrientes, vitaminas e sais minerais, que são responsáveis pelas reações químicas do nosso organismo. Portanto, a ausência de determinados alimentos na dieta pode contribuir para deixar o indivíduo sem energia, triste, com mau humor, sono desregulado e sem libido.

Dessa forma, para manter o bom humor, não basta estar com o corpo descansado e a rotina equilibrada. Você precisa se alimentar bem!

Por isso, cuidado! Uma alimentação inadequada, rica em açúcar e farinhas processadas, por exemplo, altera a flora intestinal e prejudica a digestão dos alimentos. Todo este processo está ligado ao equilíbrio desse hormônio.

Alimentos para aumentar a serotonina

O hormônio do humor e do prazer é encontrado em vários alimentos, principalmente naqueles alimentos ricos em triptofano. O triptofano é um aminoácido que é convertido em serotonina no sistema nervoso central (SNC). Por isso, você deve manter uma alimentação saudável e equilibrada que inclua boas fontes de triptofano. Confira alguns desses alimentos:

  • Carnes magras, como aves e peixes;
  • Leite e derivados;
  • Feijão e grão de bico;
  • Amendoim e castanha do Pará;
  • Centeio, aveia e cereais integrais;
  • Chocolate amargo;
  • Frutas como banana, morango, abacaxi e mamão;
  • Folhas como agrião, espinafre e rúcula;
  • Legumes como tomate e abóbora.

Serotonina e depressão

A presença de serotonina é fundamental para as funções cerebrais. Assim, quando há o desequilíbrio desse hormônio, ou não há quantidade adequada da substância no cérebro, os sentimentos de solidão e tristeza podem ser predominantes, o que leva à depressão e à ansiedade.

Tratamento de Depressão e Ansiedade com a Eurekka

sede presencial eurekka

Depressão, ansiedade e diversos outros distúrbios mentais estão entre as doenças que mais acometem pessoas hoje em dia. Embora a origem de um transtorno seja de múltiplos fatores, em geral existem aspectos biológicos e ambientais.

Caso você ou alguém próximo esteja sofrendo de algum distúrbio é extremamente recomendável a procura de ajuda profissional.

A Eurekka é uma clínica de psicologia e medicina que conta um time de profissionais qualificados. Caso você queira saber mais sobre a terapia com psicólogos, clique aqui. Se você quiser saber sobre atendimento médico, inclusive com psiquiatras é só clicar aqui.

Por fim, a Eurekka tem diversos materiais gratuitos como esse no Blog, Aplicativo e em nossa redes sociais: InstagramFacebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.81

Equipe Eurekka

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *