O que é maestria? Entenda como isso pode curar a depressão!

Cindy Lauper S. de Freitas

Você sabia que a sensação de missão cumprida ajuda você a ter fatores de proteção contra a depressão? E, mais, ajuda a desenvolver uma rotina com maior qualidade de vida. Pequenos passos práticos podem transformar a forma como você se sente na vida – a maestria é quem vai fazer isso.

Continue lendo o texto e aprenda sobre como ela pode curar a depressão. Além disso, saiba a importância do autoconhecimento, da rotina e do propósito como caminhos possíveis para obter sentido de vida e experiência prazerosa.

rotina e saúde mental

O que é maestria?

A sensação de missão cumprida ou de importância quando você faz alguma coisa que se propôs a fazer é o que chamamos de maestria. Ou seja, é um tipo de experiência prazerosa que favorece a sensação de bem-estar e sentido de vida.

Logo, você não deve entender a maestria como grandes realizações. Ela é a atitude nutrida na sua rotina que auxilia a terminar tarefas importantes para você. Então, pense: o que traz prazer e representa maestria pra você?

Entender a maestria é estar aberto para a possibilidade de construir novas experiências que, quando testadas, podem causar prazer e prevenir o adoecimento emocional.

Como desenvolver a maestria?

Você sabia que desenvolver a maestria envolve conhecer sua rotina? Pois é, a rotina é fonte de prazer, logo, você precisa saber como ela está hoje para entender o que é progresso ou não.

Sabendo disso, quais atividades valem a pena você tentar agora para aumentar sua maestria?

Conheça sua rotina e proponha atividades possíveis de fazer para aumentar a maestria. Assim, você favorece o desenvolvimento do autoconhecimento. Além disso, reforça hábitos saudáveis que favorecem uma vida de qualidade.

Sensação de missão cumprida

A missão cumprida é alcançar as metas que são importantes para você, desde objetivos simples até grandes sonhos.

O interessante é conseguir chegar ao final de cada propósito que você estabeleceu e desfrutar dos sentimentos positivos que surgem.

Portanto, a sensação de missão cumprida surge quando você finaliza um propósito. Isto se chama maestria, ou seja, reconhecer sua importância após conseguir fazer tarefas diárias.

banner produtividade

Que tarefas dão a você a sensação de missão cumprida?

Ainda que irrelevantes para os outros, identificar suas fontes de maestria auxilia você a desenvolver fatores de proteção contra doenças e a falta de sentido na vida.

Ou seja, priorizar a execução de tarefas que lhe deem prazer e sensação de importância faz você se conectar com suas capacidades e/ou habilidades emocionais, aprimorando um enfrentamento saudável diante de situações de estresse e, por isto, diminuindo o risco de desenvolver hábitos ruins.

Finalizar a leitura de um livro, iniciar aquele relatório que já está parado há semanas, se envolver em atividades voluntárias, voltar a praticar exercícios físicos e/ou desenvolver um hobbie.

Tudo isto pode gerar maestria, e mais, ajudar você a encontrar sentido de vida em atitudes cem por cento práticas no dia a dia.

A importância dos micropassos

Contudo, para que suas tarefas não sejam sabotadas pela procrastinação e/ou desânimo, é necessário se pensar em estratégias. Nós chamamos isso de micropassos.

Ou seja, dividir as tarefas que são importantes para você em pequenos passos. Assim, a complexidade das mesmas não te trava ou faz pensar que é difícil demais concluí-las.

O que você acha que pode dificultar a cumprir o micropasso? Como antecipar os problemas para você não deixar de fazer o que se propôs? O que te ajuda a cumprir o micropasso?  Responder a essas perguntas é importante para que você aja com maestria.

Portanto, os micropassos são importantes na medida em que te ajudam a tornar o complexo em pequenos gestos simples e possíveis de serem efetivados no seu dia a dia.

Afinal, não precisamos dificultar nossos desafios diários, não é mesmo?

Como se sentir útil e organizado todos os dias?

Isto dependerá da sua constância e organização de introduzir hábitos na sua rotina que  levem você a se sentir realizado.

Não existe um número fixo de dias para construir os hábitos. Há atividades mais fáceis e outras mais difíceis de se incorporar à rotina.

Então, tudo dependerá de qual hábito você deseja fortalecer e de como o seu ambiente contribui para que você o desenvolva. Confira:

homem pensativo

Registre as tarefas que você realizou ontem

Fazer o registro das tarefas ajuda você a ter uma maior consciência de si. Logo, aumenta o seu nível de ação e possibilidade de reforçar as atividades que mais fazem bem.

Ou seja, ajuda a monitorar o que você conseguiu fazer e o que pode ajustar para o próximo dia.

Seja constante

Ser constante é um dos grandes aliados para conseguir alcançar seus objetivos. Para isto é necessário ter bons motivos para querer cumprir o que você propôs.

Por que você deseja o que deseja? A motivação correta, ou seja, a que faz sentido para você, é capaz de despertar sentimentos e emoções positivas que ajudam a manter o entusiasmo no dia a dia.

Para isto é necessário construir um ambiente favorável que não distraia ou faça você se sentir desanimado.

Manter seu espaço bem organizado e ter uma boa iluminação já é um bom começo. Além disso, deixar o celular longe e com as notificações desativadas ajuda você a focar e terminar a tarefa sem se perder com outros estímulos.

Como equilibrar prazer e maestria?

Há dois tipos de prazer: os prazeres físicos (comer e dormir, exemplo), que sentimos no próprio corpo; e o prazer que sentimos quando terminamos uma tarefa que nos dê sentido de vida e sensação de importância. Este outro prazer chamamos de maestria.

Então, é importante nutrir hábitos que gerem prazer físico, mas também prazer emocional. Como, por exemplo, ter uma alimentação saudável e/ou comer algo gostoso.

Além disso, dormir bem e descansar o corpo é importante. Contudo, faça também atividades que estimulem seu emocional para encontrar sentido de vida no dia a dia.

Você pode terminar um livro, entrar na aula de teatro, não deixar tarefas acumuladas e, até mesmo, passear com o cachorro enquanto observa a beleza do dia.

Uma vida saudável é rica em prazer e maestria que funcionam como proteção contra o adoecimento.

Você sabia que o que nos mantém protegidos contra a depressão são os comportamentos e atitudes que repetimos no dia a dia? Veja mais a seguir!

A maestria é o antídoto natural contra a depressão

Uma vida com depressão é vivida em função de evitar o desconforto, pois esta é a doença da desconexão, ou seja, uma pessoa deprimida se desconecta de lugares, projetos e compromissos.

Então, o desafio é conectar-se de novo às fontes de prazer e maestria.

Logo, não esperamos a depressão passar para começar a agir, afinal, algo muito difícil não é sinônimo de impossível.

Não é sobre se tratar de forma desumanizada. Mas, através de micropassos, desenvolver atividades capazes de mudar o humor deprimido para a sensação de missão cumprida e sentido de vida.

maestria enquanto cozinha

Propósito X Maestria

Escutamos muito sobre a necessidade de encontrarmos o nosso “propósito” na vida, mas será que o propósito é algo que só encontramos?

A nossa “missão de vida” é manifestada na prática. Ou seja, é só quando experimentamos que somos capazes de identificar o que nos move e nos proporciona sentido de vida.

Assim, sabemos qual é a nossa fonte de maestria, capaz de nos gerar prazer, alegria e forças para continuar, mesmo com as provações que fazem parte do viver.

Afinal, estar vivo é ser movimento e saber criar com os recursos que temos disponíveis no momento.

Rotina X Maestria  

A maestria só acontece quando você introduz na rotina do seu dia algumas atividades e lá elas se mantêm constantes.

Autoconhecimento X Maestria

É importante se autoconhecer para saber o que funciona para você no seu dia a dia. Ter autoconhecimento é identificar o porquê você faz o que faz. Ou seja: qual a motivação para querer continuar com a sua rotina?

A partir daí, se torna mais fácil identificar quais atividades são as suas fontes de maestria no dia a dia e, que por isto, são importantes de serem mantidas.

Sendo possível, também, perceber as mudanças que precisam ser feitas na sua rotina. O que pode ser acrescentado ou retirado no seu dia a dia para que você consiga desfrutar das pequenas alegrias que a vida proporciona?

maestria em meio à bagunça

Que aspectos da minha vida estão sob o seu controle?

Você precisa identificar em quais áreas você tem a capacidade de alterar e trazer melhorias para aquilo que prejudica sua qualidade de vida hoje.

Como exemplo, podemos citar a rotina, aspirações e pessoas que mantêm por perto.

Identificar o que pode ou não ser alterado por você ajuda a manter o foco no que importa mesmo e a intervir de forma prática em problemas que podem deixar de exercer impactos negativos no seu dia a dia.

Então, pense comigo, o que você pode melhorar hoje?

Mudar um hábito ruim e se afastar das pessoas que desmotivam você são exemplos.

Além disso, começar uma atividade que proporcione bem estar e consumir menos conteúdos nas redes sociais são hábitos que ajudam a pensar em novas formas de encontrar suas fontes de maestria.

Assim, você vai ter maior qualidade de vida.

Como a psicoterapia da Eurekka ajuda você a alcançar maestria?

Através de profissionais capacitados, atendimento humanizado, individual e acessível, você vai aprender técnicas que vão te ajudar a identificar quais atividades promovem em você a sensação de missão cumprida.

Além disso, vai saber como inseri-las no seu dia a dia através de pequenos passos práticos.

Interessante, não é mesmo? Siga a página da @eurekka, acompanhe todos os dias estes conteúdos sobre saúde emocional e marque uma consulta. Esperamos por você!

Por fim, se você quer melhorar a sua vida em todos os aspectos, aproveite para entrar no nosso aplicativo ou redes sociais: Instagram,  Facebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Cindy Lauper S. de Freitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *