Autoconhecimento: o que é e quais são os seus benefícios

Eurekka Psicólogos

Você já se sentiu perdida, sem ter um objetivo muito claro, sem entender suas emoções, frustrada com relacionamentos, com dificuldade de criar hábitos saudáveis ou travada de qualquer modo? Então é bem possível que você precise ter mais autoconhecimento.

Esse é um aspecto básico na vida de qualquer pessoa que queira ter uma vida estável, feliz e que vá em direção ao seus sonhos e objetivos. Ele promove mudanças estruturais na rotina e bem-estar, e tê-lo muito baixo é prejudicial para a nossa saúde mental e física.

Hoje, nós vamos ver especialmente os benefícios do autoconhecimento, como ele pode ajudar na sua vida, e como ele tornará sua vida e seus relacionamentos mais saudáveis e coerentes com os seus valores de vida. Me conta nos comentários: De 0% até 100%, quanto você sente que realmente se conhece hoje?

O que é autoconhecimento?

O autoconhecimento é a forma como você se descobre, é o que você sabe sobre si mesmo. Quando paramos de olhar para dentro de nós mesmos, passamos a nos conhecer menos. Isso implica em um baixo autoconhecimento, o que traz consequências negativas, como vamos veremos adiante, porém já vale apontar que isso pode resultar em baixa autoestima e, em casos mais graves, pode até contribuir para quadros de depressão.

Por que é importante pensar nisso?

autoconhecimento ao meditar

É muito importante conhecer a si mesmo de forma profunda. Ter autoconhecimento faz com que você entenda as causas de suas ações, fazendo com que você atue de maneira mais coerente com os seus valores.

Os valores, nesse caso, se referem a visões que você quer levar para a sua vida, como por exemplo o vegetarianismo, o gosto por leitura e por aprender, o desejo de finalizar 100% todos os jogos que você se propuser a jogar… São decisões que norteiam as suas ações.

Manter uma boa relação consigo mesmo e o foco nos seus valores faz com que os benefícios do autoconhecimento se tornem ainda mais evidentes, como por exemplo o aumento do autocuidado e do amor próprio, e a redução da autossabotagem.

Tipos de autoconhecimento

O autoconhecimento pode ser separado em duas diferentes áreas. Confira:

Autoconhecimento pessoal

Quando se trata de autoconhecimento, muitas pessoas acham que saber o que gostam ou não, seus hobbies e como está se sentindo no momento já é o suficiente. Mas será mesmo?

O ser humano é extremamente complexo, o que quer dizer que tem várias camadas diferentes. Entender a si mesmo envolve dedicar tempo e se aprofundar em diversas questões. O autoconhecimento pessoal envolve, além de saber o que você gosta ou não, conhecer seus padrões de comportamento, entender o que te deixa animado, o que te desmotiva, suas barreiras emocionais, metas, falhas e pontos fortes. E isso ainda é apenas o começo.

Esse autoconhecimento faz com que você cultive as relações certas para você, não entre em negações ou autossabotagens, estabeleça metas realistas e dê passos concretos em direção ao que é importante para os seus sonhos.

Autoconhecimento profissional

É o saber que você tem sobre suas aspirações profissionais, como saber a carreira certa para você – ou, pelo menos, o curso certo que você quer cursar – e seus gostos em relação à trabalho. Muitos testes vocacionais trabalham aprimorando o seu autoconhecimento.

Saber o que você busca no campo profissional também ajuda a criar metas que façam sentido, cultivar motivação e disciplina para suportar os momentos difíceis e desafiadores de uma carreira e, num geral, formar uma visão clara do que você projeta para o seu futuro.

Terapia e o autoconhecimento

A Psicologia como um todo sabe o quanto o autoconhecimento é importante para o desenvolvimento do indivíduo. Por isso, fazer terapia é uma ótima opção para você que quer se conhecer melhor e descobrir os seus valores.

A terapia é o lugar para estimular o seu autoconhecimento. O Psicólogo Clínico (terapeuta) sabe o que perguntar e que conversas estimular para que você reflita sobre as situações pelas quais você passou ou passa, atualmente.

Um terapeuta de qualidade – como os que temos na Eurekka – estará preparado para lidar com sua insatisfação ou seu medo de mudar e, por isso, é o profissional indicado para te auxiliar.

Se você sente que gostaria de ter mais autoconhecimento, mas quer ter alguém te ajudando e guiando nessa jornada, clique no banner abaixo! Você poderá marcar sua primeira sessão de terapia. Nossos terapeutas humanizados realizam mais de 3000 sessões por mês, por isso, têm experiência e capacidade para te dar todo o suporte necessário.

banner terapia é remédio natural para ansiedade

Qual a relação da negação com o autoconhecimento?

A negação, em Psicologia, é um processo em que a pessoa – no geral de maneira inconsciente – age de forma a não tomar consciência de um desejo, pensamento ou sentimento. É tido como um mecanismo de defesa.

Sendo assim já é possível imaginar a relação dela com o autoconhecimento. Quando não há autoconhecimento, a negação é muito comum e, assim, nossos desejos e pensamentos ficam soterrados por ações inconscientes.

Dessa forma, quando passamos pelo processo de se autoconhecer, a negação fica mais latente e, aos poucos, você se torna capaz de ver aquilo que estava te travando. Por fim, quando já nos conhecemos bem, a negação dificilmente toma conta, porque já sabemos nossos desejos e pensamentos e sabemos como exprimi-los.

Consequências do baixo autoconhecimento

Se o autoconhecimento traz muitos benefícios, a falta dele certamente trará alguns malefícios. Veja algumas consequências do baixo autoconhecimento:

Insegurança

Quando não nos conhecemos bem, tendemos a nos comparar com outras pessoas e fazer atividades que não gostamos só para nos encaixar. Tudo isso é fruto da insegurança, que só existe porque você ainda não se encontrou como indivíduo.

Relacionamentos tóxicos

Por causa da insegurança, também é comum que a pessoa com baixo autoconhecimento acabe entrando em relacionamentos tóxicos, porque não se conhece bem, e acaba sofrendo por isso. Esses relacionamentos também podem ter um padrão muito claro, mas que a pessoa, ou não percebe, ou não sabe como quebrar.

Decisões equivocadas

Como não há autoconhecimento, é mais difícil acertar nas decisões porque nunca se sabe se está indo de acordo ou contra seus valores – afinal, você nem sabe quais são eles. Assim, erros são comuns e é difícil aprender com eles quando não há uma base de valores para fazer a comparação.

Infelicidade

Com todas essas ações erradas que citamos acima, é de se esperar que a pessoa fique cada vez mais distante da felicidade. Portanto, a infelicidade e a insatisfação são comuns quando há pouco conhecimento de si próprio. Esse é um dos caminhos para a depressão, conforme comentado no começo do texto.

Benefícios do autoconhecimento

mulher refletindo sobre autoconhecimento

O autoconhecimento não é só uma palavra bonita da moda. É uma prática com efeitos e benefícios reais que você vai sentir todos os dias. Com ele você terá:

Mais proatividade e menos reatividade

A proatividade é a capacidade de agir por conta própria, sem esperar pedidos. Assim, ter uma posição ativa na mudança de seus comportamentos, ao invés de apenas reagir ao que acontece ao seu redor, é um dos benefícios de se conhecer bem.

Mais segurança

Conhecendo melhor a si mesmo, fica mais fácil agir de forma segura e fazer o que é melhor para você. Ou seja, ter mudanças no visual, mudanças de opiniões e até mesmo negar favores que seriam prejudiciais para você são algumas das questões ultrapassadas graças ao fim da insegurança e ao autoconhecimento.

Aprende com os erros

O autoconhecimento te ajuda a ser responsável pela sua vida e, por consequência, pelos seus erros, também. Isso faz com que você consiga agir sobre eles. Negar nossos erros e não aprender com eles é a maior besteira que costumamos fazer.

Relacionamentos saudáveis

Com o autoconhecimento, vem também o autocuidado e o amor próprio. Por isso, é muito mais difícil entrar em relacionamentos tóxicos, sejam eles amorosos ou não, porque agora você tem mais noção do seu valor e sabe que não precisa tolerar situações desconfortáveis só para ser aceito. Desse modo, você passa a procurar amizades e relações que compactuam com os seus valores e te ajudam a crescer.

Alcança seus sonhos

Com o autoconhecimento, você consegue estabelecer prioridades e descobrir o que você quer mesmo conquistar, e não o que você buscava pela aprovação dos outros. Assim, e com a recém adquirida proatividade, fica mais fácil alcançar os seus sonhos e ser genuinamente feliz.

Tem limites saudáveis

Por fim, tanto em relação a si mesmo quanto em relação aos outros, o autoconhecimento promove uma consciência maior sobre seus limites e, por isso, você não os ultrapassa nem os expande para agradar aos outros – ou a si mesmo. Ou seja, come o suficiente, bebe o suficiente e ajuda o outro até onde pode, e tudo bem.

Autoconhecimento com a terapia da Eurekka

sede porto alegre

Uma das demandas mais comuns na terapia é tratar a autoconfiança e o autoconhecimento dos pacientes. Isso porque, como já foi dito, o autoconhecimento é necessário e estimulado na psicoterapia para o desenvolvimento das sessões. 

Os nossos psicólogos estão habituados com essas demandas e, assim, estarão prontos para melhor te atender. Para saber mais sobre a Terapia na Eurekka, clique aqui.

Além disso, você sempre pode acompanhar conteúdos gratuitos sobre autoconhecimento, aceitação, autocuidado e muito mais no nosso app e nas redes sociais: Facebook, Instagram e Youtube.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.67

Eurekka Psicólogos

A Eurekka é uma Clínica de Psicologia especializada em terapia online que atende pacientes de todo o mundo. Os Psicólogos da equipe são treinados para aplicar a Terapia Cognitivo Comportamental de última geração nos mais diversos problemas: ansiedade, depressão, traumas, fobias, autoestima, disciplina, relacionamentos e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *