Guia completo para passar pela crise dos 20 anos

Equipe Eurekka

Que jovem nunca imaginou como seria a vida adulta? Com certeza, não pensávamos em uma crise dos 20 anos. Pelo contrário, imaginávamos que já estaríamos casados, com um bom emprego, independentes e talvez até com filhos!

E claro, muita gente vai realmente ter algumas dessas coisas com essa idade. Mas não é todo mundo, porque essas metas são bem mais difíceis de atingir aos 20 anos do que pareciam. E pior, parece que todos ao seu redor esperam que você já esteja com tudo resolvido! Assim, você pode acabar caindo em uma crise existencial.

Então, neste texto, você vai descobrir o que a crise dos 20 anos, suas causas e sinais, e o mais importante: algumas formas de manejar essa dificuldade. Quer “saber bem mais que os seus 20 e poucos anos”? Vem com a gente nesse texto!

Qual é a crise dos 20 anos?

A crise dos 20 anos é quase como uma crise de meia idade reversa: você olha para o seu futuro e presente, e se sente ansioso, frustrado e muito preocupado com a sua vida. Então, acaba entrando em uma crise existencial.

Você pode pensar que não aproveitou o bastante, que perdeu oportunidades e que não está pronto. Os fatores comuns são a insatisfação e a dúvida sobre o que importa.

Os 20 anos marcam a transição entre a adolescência e a idade adulta, um momento de instabilidade e mudançasAcontece que temos expectativas para esse momento, seja sobre nossa personalidade, nosso futuro, seja sobre nosso presente, nossa carreira, nossas relações. 

Além disso, há várias controvérsias sobre como devemos aproveitar essa fase da vida. Se é ainda um período de experimentar, viajar o mundo, ou se já é o momento de focar em ser adulto.

É difícil saber como agir, e nada parece bom o suficiente. Então, entramos em um processo de ruminação e daí surgem dúvidas e ansiedades. É um prato cheio para uma crise existencial.

áreas do cérebro

O que acontece com o corpo na crise dos 20 anos?

Às vezes, parece que só ouvimos falar da mudança do nosso corpo em três momentos: na infância, na adolescência e na velhice. Mas sabia que mudamos ao longo de toda nossa vida? E isso não é diferente durante nossos 20 anos.

A maior diferença acontece no cérebro, de forma mais precisa no córtex pré-frontal. Essa parte do nosso corpo é responsável pela nossa tomada de decisão, ou seja, tem a função de nos fazer optar pelo bom senso.

Até o final da adolescência, esse córtex ainda não está de fato maduro, e é por isso que os jovens costumam ser mais impulsivos e irresponsáveis

Porém, com um pouco mais de 20 anos, essa parte do corpo termina de se desenvolver. É por isso que conseguimos ser mais sensatos, e a vida parece muito mais séria. Afinal, agora contamos com um córtex desenvolvido que enxerga todas as consequências boas e ruins de nossas ações.

Além disso, outras mudanças acontecem com o corpo no início da idade adulta: 

  • Fim da puberdade;
  • fim do crescimento;
  • mudança e equilíbrio hormonal;
  • desaceleração do metabolismo;
  • distribuição de gordura no corpo. 

E todas essas mudanças sem controle e equilíbrio, podem até desencadear ansiedade e preocupação excessiva.

Algumas causas para a crise dos 20 anos

Com certeza uma mente que percebe mais as consequências de seus atos, e às vezes se preocupa demais em tomar boas decisões, se liga à crise dos 20 anos. Porém, essa crise não é só do corpo, mas biopsicosocial. Então, está atrelada ao corpo, à mente e ao mundo ao seu redor. E isso aparece de várias formas, confira algumas.

Transição para a vida adulta

Não é só seu cérebro que está se tornando mais adulto e maduro: é provável que tudo ao seu redor esteja indo por esse caminho. Afinal, nessa idade se inicia a transição para a vida adulta. E isso pode até ser um gatilho para a crise.

Em primeiro lugar, muitas pessoas não estão preparadas para arcar com as demandas da vida adulta. Isso é mais comum em pessoas que foram muito protegidas durante a vida, com poucas chances de serem independentes. Então, a pessoa trava diante de várias obrigações e responsabilidades. Assim, pode haver uma crise com a idade, além de preocupação com o futuro e insegurança.

Além disso, a crise pode ocorrer em outros contextos. Essa transição pode já ser difícil apenas pela frustração que pode vir com a fase adulta. Afinal, nossas expectativas para os 20 anos são muito fantasiosas. E a decepção com essa fase da vida pode nos deixar perdidos e preocupados ou desiludidos com a vida. 

Pressão para casar

Nesse mesmo sentido, um dos maiores sinais de que você se tornou adulto é que o assunto do casamento fica mais forte. Isso é ainda mais presente para mulheres, que já começam até mesmo a ouvir coisas sobre o relógio biológico.

Quem é solteiro ouve que tem que achar um bom partido logo, e quem namora sabe que vão perguntar quando sairá o casamento

Além disso, uma parte dessa pressão é interna, justamente pelas expectativas que tínhamos. A ideia de que com 20 e poucos anos já estaríamos pensando em formar família, e não escolhendo uma foto para um aplicativo de relacionamentos.

E isso tudo pode gerar ansiedade e fazer a pessoa se decepcionar com o amor e a vida. 

mulher na crise dos 20 anos

Dúvidas sobre a carreira

Dúvidas sobre o futuro profissional são muito fortes na crise dos 20 anos, porque essa idade nos força a pensar no longo prazo. E em um momento de decepções com a vida e que tudo está mudando, isso pode ser muito difícil.

Primeiro, somos obrigados a decidir o rumo da vida muito novos, e as consequências dessas escolhas começam a aparecer mesmo nessa época dos 20 e poucos anos.

Além disso, em um mundo com profissões surgindo ou sendo automatizadas a cada dia, o futuro da carreira é um tema que gera ansiedade. Então, há um pensamento: se eu não estabelecer as bases da minha carreira e tomar uma decisão final, serei um fracasso na vida

Mudanças contribuem para a crise dos 20 anos

Essa época dos 20 e poucos anos corresponde ao fechamento de vários ciclos e início de outras etapas. Algumas são mais escancaradas, como o fim da faculdade. Outras são mais implícitas, como ver menos um velho círculo de amigos em que a maioria dos membros agora está bem mais ocupada

Alguns vão se sentir despreparados, como se tudo estivesse indo muito rápido. Outros vão se sentir estagnados.

O fato é que, em todas as fases da vida, lidar com mudanças pode nos desestabilizar. E nessa fase tão conturbada dos 20 e poucos anos, com tantas coisas novas para lidar, dá pra entender porque uma crise pode surgir. 

Sintomas da crise dos 20 anos

Se identificou com o que foi dito acima? Está passando por estas inquietações da faixa etária? Também se sente frustrado, nervoso e perdido? Talvez você também esteja passando por uma crise de 20 anos. Mas calma, dá pra resolver, e o primeiro passo é conhecer o problema. Aqui vai um resumo de alguns sinais

Ansiedade com o trabalho

Em geral, é no fim da adolescência que começamos a pensar mais seriamente com o futuro profissional. É comum surgirem dúvidas, ainda mais em um mundo tão caótico e instável. Afinal, há várias possibilidades e desafios, e com isso, vários questionamentos.

O problema, que quase sempre acontece na crise dos 20 anos, é quando ficamos tão preocupados, que isso nos consome. Assim, a ansiedade ligada ao trabalho prejudica nosso sono, nossas relações, nosso bem-estar. E de forma paradoxal, pode prejudicar até mesmo nosso desempenho no trabalho ou nos atrapalhar a achar um!

jovem passando pela crise dos 20 anos

Crises existenciais

O acúmulo de todas essas ansiedades e frustrações é a chamada crise existencial. É um momento em que nos questionamos sobre toda nossa vida, nossas relações e nossas escolhas. Nos preocupamos se elas foram insensatas, ou pior, temos certeza de que foram ruins e irrecuperáveis.

Durante a crise existencial, é comum sermos pessimistas e fatalistas. O passado está cheio de erros, o presente é duvidoso, o futuro não tem boas perspectivas. E em um momento tão conturbado e cheio de escolhas como os 20 anos, crises existenciais podem aparecer e nos causar muito sofrimento. 

Desespero em relação ao futuro

Esse período é paradoxal: o futuro parece estar muito perto e muito longe. A perspectiva de estabilidade, por exemplo, surge como algo do futuro. Mas parece que se não tomarmos todas as decisões certas agora, seremos fracassados, solitários e infelizes.

Então, o futuro pode ser uma causa de ansiedade e desespero na crise dos 20 anos. Há uma sensação de agora ou nunca, como se qualquer erro fosse fatal. Além disso, há risco de sobrecarga. É, crescer é mesmo complicado!

Dificuldade em tomar decisões

E claro, tanta insegurança e confusão pode nos deixar meio paralisados. Com tantos caminhos para se seguir, pode ser difícil optar. Isso porque parece que cada escolha é uma grande decisão, e tudo está recheado de armadilhas.

Além disso, essa fase da vida está ligada com a definição da identidade. Começamos a definir o que é importante para nós, nossas prioridades, o que queremos para nosso futuro, quem queremos ao nosso lado, etc. Mas pode demorar até que isto esteja consolidado. Até lá, é mais difícil tomar decisões. 

Se afastar de antigos amigos

Todas essas questões têm impacto na nossa vida social. Assim, pode acabar acontecendo um distanciamento das antigas amizades. Isso pode ser algo natural, pois com tantas mudanças, às vezes não nos identificamos mais com velhos amigos, e essas amizades podem até nos prejudicar.

Porém, esse afastamento pode vir da sensação de incompreensão. Todos parecem estar tão bem na vida que você pode pensar que é a única pessoa em crise. Ou seja, você pode acabar se comparando e aumentando sua frustração

Como lidar com a crise dos 20 anos?

Diante de uma crise que envolve tantas áreas da vida e tantos sofrimentos, dá até um desespero, né? Mas, calma! A crise dos 20 anos pode ser muito difícil de lidar, porém não é impossível. O mais importante é você ser sua própria referência, com seus recursos e limites de hoje, não do que você achava antes.

Assim, mudanças de estilo de vida, novos pensamentos e adesão a novos hábitos são essenciais. Mas como trabalhar isso? Vem que a gente te explica

Aceite seu tempo

Você pode estar pensando muito nas expectativas do seu eu do passado. Ou pior, pode estar se comparando com outras pessoas ao seu redor. Mas, você deve ser seu próprio padrão. E a vida vai muito além dos 20 e poucos anos. 

Claro, isso não é razão para ser irresponsável. Mas se lembre de que, apesar de às vezes não parecer, você está no começo da sua vida. Tá tudo bem não ter um plano definido, ou não estar aonde você queria estar. Não é um problema estar solteiro ainda. Tá tudo bem não estar com a vida ganha, estar confuso e em crise.

O mais importante é você estar se esforçando e planejando para chegar aonde você quer chegar, ou tentando descobrir quais suas metas. Mas enquanto isso, abrace o presente, pois essa fase da vida é difícil, mas também pode ser bela.

Não sinta obrigação de casar

Nesse mesmo sentido, não se sinta pressionado a casar. Afinal, você que tem que se sentir confortável com a ideia de casamento, ainda mais nessa etapa conturbada da vida.

E até mesmo quando você acha que está com o amor da sua vida, casar é uma grande mudança e comprometimento. E talvez para você este não seja o momento, por várias razões, de arcar com isso. 

Faça terapia

Em várias situações, podemos ter uma dificuldade muito grande de lidar com nossos sofrimentos. E uma crise como a dos 20 anos pode ser torturante. Então, se estiver difícil demais lidar com tantas questões, não hesite em buscar apoio psicológico

Afinal, a terapia é uma ferramenta muito útil, às vezes essencial, para lidar com crises existenciais, acompanhado de um profissional.

banner terapia

Não tenha medo de mudar

Uma das dificuldades dessa etapa da vida pode ser a instabilidade. Afinal, nesse começo da idade adulta, passamos a adotar novos papéis sociais. Passamos a navegar numa nova esfera social, que pode trazer novos e difíceis desafios.

Porém, mudar também traz coisas positivas. Você ganha mais autonomia, respeito, reconhecimento, etc. Então, não tenha medo de mudanças: veja todos os aspectos positivos delas, e se prepare para o futuro que vem aí.

mulher na natureza

Entenda que você não precisa ter tudo resolvido

Com 20 e poucos anos você não precisa ter tudo planejado e pronto. Apesar de tudo, ainda é um momento de exploração do mundo. Afinal, você ainda está definindo quem é, quais seus valores, suas prioridades, seus objetivos. 

Por isso, não se cobre para já ter tudo resolvido. Aproveite para tatear sua liberdade e embarque nas oportunidades. Claro, não deixe de pensar a longo prazo, mas encontre o equilíbrio entre o presente e o futuro.

Aproveite para praticar o autoconhecimento

Uma crise nem sempre é de todo ruim. Esse desconforto, a ansiedade que pode vir, é uma forma do seu corpo e da sua mente te mostrarem o que te desagrada e quais suas prioridades e valores. Superar uma crise está muito ligado a entender o que te faz sofrer e como superar isso.

Além disso, essa fase da vida oferece várias oportunidades e você ainda tem um potencial enorme de descobertas. Embarque nelas, e com isso, conheça melhor a você mesmo. Tudo é válido! Afinal, são vários caminhos para atingir o autoconhecimento, basta você se atentar e refletir.

Não se compare

É importante lembrar que sua vida é só sua. Cada pessoa tem os próprios méritos, desafios, recursos e condições. E você só pode dar o seu melhor.

Com certeza, é importante ter exemplos, e se inspirar em quem você admira; inclusive é importante selecionar bem quem são essas pessoas (alô, Instagram!). Porém, isso não diminui a sua trajetória. Então, continue se esforçando e foque nos seus objetivos e vitórias, não na vida “perfeita” do outro. 

sede da Eurekka

Receba ajuda da Eurekka para lidar com a crise dos 20 anos

A crise dos 20 anos é um momento turbulento. Por isso, é importante ser acolhido e validado, falar sobre seus problemas, definir seus valores e objetivos e achar um caminho que te leve ao bem-estar e felicidade. E sabia que Eurekka pode ajudar você em tudo isso?

Nós temos um time de psicólogos preparado e capaz que estão a um agendamento de terapia de distância! Então, se você sente que está confuso, não consegue tomar decisões e viver tranquilo, clique aqui e marque uma conversa inicial!

Garantimos que nossa terapia irá ajudar você a passar por essa fase difícil!

E para mais conteúdos gratuitos, nos siga nas nossas redes sociais: Instagram, Youtube e Facebook.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.