As personalidades do Cavaleiro da Lua e a psicologia do Anti-Herói

Equipe Eurekka

Além de nos fazer vibrar em frente às telas, o Universo Cinematográfico da Marvel traz, em suas histórias, questões muito importantes e profundas. E um desses casos são as personalidades do Cavaleiro da Lua.

Para quem viu a série, ou leu as HQs, sabe que a história desse personagem é um tanto quanto triste e confusa. Mas se você ainda não sabe muito sobre esse anti-herói, tudo bem! Neste texto, vamos falar tudo sobre isso!

Por aqui, você vai encontrar a história do Cavaleiro da Lua, a diferença entre a série e as HQs e, por fim, vai descobrir o que a psicologia tem a dizer sobre esse personagem! 

Boa leitura!

Quem é o Cavaleiro da Lua?

O Cavaleiro da Lua é um personagem criado em 1975 por Doug Moench e Don Perlin. Sendo que ele já apareceu em um total de 10 HQs da Marvel. 

Sua história é bem confusa e assustadora, mas muito empolgante. Tudo começa com uma briga no Egito: Marc Spector, um famoso mercenário, acaba brigando com seu chefe durante uma missão no Egito. E, nessa briga, ele fica muito ferido, prestes a morrer.

Então, já em seu leito de morte, o deus egípcio Konshu se apresenta a ele e oferece um acordo: ele ressuscitaria Marc se esse concordasse em ser seu avatar. Ou seja, se Marc deixasse Konshu usar seu corpo para fins próprios.

E Marc aceita. Assim, Konshu começa a usar o corpo do mercenário para levar justiça aos injustiçados, combatendo o crime nas cidades. Mas é claro que um acordo desses teria um preço, certo?

Quando Marc aceita ser o avatar de Konshu, ele é dividido em várias personalidades, sendo elas:

  • Jake Lockley: um taxista em New York que sabe muitos segredos da cidade e conhece todo o mundo das ruas. 
  • Steven Grant: um milionário que é quem banca tudo! Ele conhece muitas pessoas poderosas e tem uma boa opinião pública.
  • Marc Spector:  é o mercenário que você já conheceu.
  • Cavaleiro da Lua: é a forma de Konshu no corpo de Marc.
  • Senhor Knight: a personalidade de detetive. 

Assim, Marc Spector alterna sempre entre essas personalidades e nós vamos falar mais sobre elas daqui a pouco! Mas antes, precisamos situar você na diferença entre a série e as HQs. E se você já sabe, continue com a gente que vem muita coisa boa por aí!

Série x Quadrinhos

Na série, criada por Jeremy Slater, há algumas diferenças da história nas HQs, o que é muito comum de acontecer!

E a primeira diferença é que algumas personalidades assumem papéis diferentes. Ou seja, por mais que as diferentes personalidades estejam presentes nas séries, algumas de suas características são diferentes das histórias em quadrinhos.

E a segunda diferença é a origem dessas personalidades do Cavaleiro da Lua. Lembra que falamos que nas HQs elas surgem depois que Konshu entra no corpo de Marc? Então, na série, essas personalidades já existiam antes desse encontro e elas são fruto de um passado muito triste.

Mas fique calmo, nos próximos tópicos, vamos falar mais sobre isso! Primeiro, vamos explicar essas personalidades da série e depois vamos entrar no universo da psicologia que envolve todo o passado de Marc Spector. 

as personalidades do cavaleiro da lua
Marvel Studios | Disney

As personalidades do Cavaleiro da Lua

Até agora já explicamos as características das personalidades nas HQs, certo? Agora vamos falar sobre como são essas personalidades na série, uma vez que, enquanto algumas são iguais, outras são bem diferentes das histórias em quadrinhos, como falamos acima.

Steve Grant

Essa é a personalidade que mais se transformou na série! Se nas HQs ele era um homem rico, poderoso e famoso, na série, ele é o oposto.

Steve Grant é um homem tímido que trabalha nos bastidores de um museu. E, por mais que ele saiba muito sobre o Antigo Egito e seja muito inteligente, nunca lhe foi dada uma oportunidade de falar sobre isso onde ele trabalha.

Além disso, ele passa por diversas humilhações e tem muita dificuldade em se relacionar com as pessoas. Ah! E ele sente que tem algo errado com ele, pois acorda em lugares estranhos e fazendo coisas mais estranhas ainda. Por isso, ele até mesmo dorme com o pé amarrado à cama!

Marc Spector

Essa personalidade se manteve bem fiel à HQ, apesar de, no início da série, Steve ter ganhado mais destaque do que Marc. Mas, no decorrer dos episódios, essa personalidade vai ganhando espaço e depois se revelando como a personalidade original.

Porém, já o passado de Marc Spector é explorado de uma forma diferente na série. Como falaremos mais para frente. 

Jake Lockley 

Enquanto nas HQs essa personalidade é bem presente, na série, ela não aparece muito, mas não deixa de ter um papel muito importante no final. 

Já as demais características, são bem fiéis às histórias em quadrinhos: um taxista que conhece muitos segredos e está envolto em muitas questões sombrias.

 O cavaleiro da Lua 

Essa personalidade se manteve fiel à HQ, sendo o punho de ferro de Konshu. É essa personalidade que enfrenta de fato os inimigos na luta.

Sr. Knight

O Sr.Knight é a forma elegante e vigilante. Ele veste um terno branco glamouroso, assim como nas HQs. E também segue fiel à história em quadrinhos, de modo que é o lado detetive da história.

Porém, há uma diferença: na série, essa personalidade está ligada ao Steve Grant, enquanto na HQ ela é independente. 

marc espector e as personalidades do cavaleiro da lua
Marvel Studios | Disney

As personalidades do Cavaleiro da Lua segundo a psicologia

(Contém spoilers)

Na série do Cavaleiro da Lua, disponível na Disney Plus, podemos ver uma grande abordagem psicológica em relação ao passado de Marc. De forma que, os traumas da sua infância é que resultaram nas personalidades de Steve e Jake.

Fato que é diferente das HQs, nas quais as personalidades são geradas quando ele se torna o avatar de Konshu, de modo que cada personalidade do Cavaleiro da Lua se refere a um dos aspectos do deus: guia, auxiliador, defensor e vigia. 

Por isso, a partir de agora, vamos analisar apenas a história da série, de forma a explicar a psicologia presente na história de Marc. 

Vamos lá? 

Os traumas que geraram as personalidades do Cavaleiro da Lua

No início da série, não é revelado como essas personalidades surgiram e nem como funciona essa troca de identidade. Mas no episódio 5, podemos entender que essas personalidades são frutos de traumas. 

Na volta à infância de Marc (a personalidade original), são mostrados ele e seu irmão mais novo em uma floresta perto de sua casa. Tudo vai bem, até que Marc convence o irmão a entrar em uma caverna.

A partir daí, tudo desanda. Uma chuva muito forte começa a cair, inundando toda a caverna onde os meninos estão. Marc consegue sair, mas seu irmão não. Assim, o caçula morre afogado

A dor do luto invade a família. Principalmente a mãe, que culpa Marc pelo o que aconteceu e nunca aceitou a perda. Se afundando assim em uma depressão e vício em bebidas.

Ela nunca perdoou Marc e se recusava até mesmo a comemorar os aniversários do menino. Além de fazer questão de deixar isso bem claro. Assim, surge a segunda identidade de Marc: Steve.

Ele surge como uma personalidade dócil e oposta à de Marc. Como se fosse um escape para aquilo tudo. 

E anos mais tarde, quando Marc já é adulto, sua mãe falece. Ele chega a ir ao funeral, mas não consegue entrar. Ele se vê perdido e confuso em suas emoções. E é aí que surge mais uma identidade: o brutal taxista Jake Lockley.

Banner clube do livro

O transtorno dissociativo de Identidade de Marc Spector

Ao olhar essa situação do ponto de vista psicológico, o distúrbio que teria acometido Marc é o transtorno dissociativo de identidade.

Esse transtorno se trata de casos em que a pessoa apresenta duas ou mais personalidades diferentes entre si. De forma que cada uma delas têm características, crenças e habilidades próprias. 

Segundo o CID-11, o transtorno dissociativo de identidade é associado a eventos trumáticos, como abuso sexual e psicologico e outras questões difíceis de lidar e aceitar. Assim, uma nova personalidade é criada de modo inconsciente, como forma de autodefesa para suportar essa dor.

E a série mostra que a primeira personalidade alternativa de Marc surge logo após uma situação de trauma e estresse: a morte do irmão e os abusos psicológicos da mãe. Por isso, o personagem se encaixa no padrão do distúrbio.

Além disso, outra característica do anti-herói que nos leva a esse transtorno, é o fato de ele não lembrar o que acontece quando a outra personalidade toma o controle. Pois, quem sofre com o transtorno dissociativo de identidade, pode se ver incapaz de recordar eventos diários, informações pessoais e eventos traumáticos. 

As personalidades do Cavaleiro da Lua podem acontecer de verdade?

Sim, o transtorno dissociativo de identidade é real e afeta muitas pessoas. É claro que na série ocorrem muitos exageros, uma vez que não deixa de ser um universo fictício e cercado de fantasia. Mas, ainda assim, é baseado em sintomas reais de um problema que existe de verdade.

O diagnóstico desse transtorno deve sempre ser feito por um profissional da saúde mental, um psicólogo ou um psiquiatra. De forma, que ao ser identificado, o profissional irá propor o melhor tratamento para essa pessoa.

No geral, esse tratamento pode ser feito em conjunto: a terapia + medicação. Na terapia, o psicólogo irá analisar essas personalidades, buscar a causa desse transtorno e procurar meios de tratar esse trauma, de forma a ajudar o paciente a lidar com isso da melhor forma possível e conseguir ter uma mente saudável.

Lembra quando o Marc começa a visitar salas e entra nas cenas do seu passado traumático? Pois é, isso pode ser muito real na ideia de revisitar esses eventos para entender a causa do transtorno e assim conseguir tratá-lo.

Já a medicação, quando necessária, deve ser feita por um médico, como o psiquiatra. Pois, só ele poderá escolher os melhores remédios de acordo com cada caso. 

Assim, esse profissional irá lidar com a parte biológica do transtorno, de forma a aliviar os sintomas de depressão, ansiedade, impulsividade e outros que possam acompanhar o transtorno dissociativo de identidade.

sede da Eurekka

Quer saber mais assuntos curiosos da psicologia? 

Se você ama assuntos da psicologia e quer não apenas conhecer, mas usar a psicologia a seu favor, você precisa conhecer o nosso Clube do Livro!

Só quem faz parte do nosso Clube recebe todo mês, em casa, um livro exclusivo com tema inédito e muitos brindes Eurekka! Com esses materiais, você aprende técnicas infalíveis para melhorar sua vida em diversas áreas, tudo de um modo bem leve, diferente e interessante!

Quer saber mais sobre como transformar sua vida com técnicas da psicologia? Clique aqui e assine!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.