Roacutan: prós e contras, como tomar e risco

Ana Caroline de França

Se você tem, ou conhece alguém que tenha, problemas com acne, com certeza já ouviu falar do Roacutan. Tanta fama vem da sua enorme eficácia, mas também dos efeitos colaterais intensos e perigosos.

Apesar de muita gente achar que esse medicamento é a única solução para tratar espinhas, cravos e outros problemas de pele desse tipo, a realidade não é bem assim. O uso do Roacutan é bem restrito e é preciso a recomendação de um especialista.

O que fazer para se livrar das espinhas de um modo mais natural, então? Nesse texto, você vai conhecer algumas técnicas para isso, quais são os efeitos do Roacutan, suas indicações e muito mais!

O que é Roacutan (Isotretinoína)?

roacutan

Mais conhecida pelo público como Roacutan, a Isotretinoína é indicada para o tratamento de algumas acnes severas ou resistentes a outros métodos de cuidado. Ela também é eficaz contra a rosácea, uma condição de vermelhidão e inchaço no rosto e que pode apresentar pus em algumas partes.

Em qualquer tratamento, o Roacutan pode apresentar efeitos colaterais muito delicados, como ressecamento intenso da pele, do nariz, das gengivas, queda de cabelos, entre outros. Assim, o acompanhamento de um profissional é fundamental.

Por isso, médicos dermatologistas de todo o mundo optam pela Isotretinoína como último recurso contra a acne ou a rosácea. Durante todo o tratamento, o paciente precisa de um acompanhamento de perto, fazer uma série de exames mensais e tomar cuidados extras, como evitar bebidas alcoólicas e cuidar da hidratação da pele. 

Mas, afinal, quais os benefícios do Roacutan? A principal vantagem de fazer o tratamento com isotretinoína é se livrar dos mais severos tipos de acne em um tempo curto de tratamento, visto que os primeiros resultados começam a aparecer entre 2 e 4 meses. Levando em consideração que o uso de algumas pomadas, cremes e loções pode começar a mostrar resultados após 1 ano.

Para que serve?

Quando você vai ao consultório de um dermatologista por conta de ter muitos problemas com cravos, pápulas (aquelas bolinhas vermelhas e inchadas, bem doloridas) e espinhas, por exemplo, é possível que você receba um diagnóstico de acne.

A acne é a inflamação das glândulas sebáceas, que são estruturas minúsculas responsáveis por produzir o óleo da sua pele (que se chama sebo) e eliminar sujeira. Quando essas glândulas ficam entupidas com excesso de oleosidade, elas não conseguem eliminar as impurezas e acabam inflamando ou se contaminando com bactérias. Daí, surgem as espinhas. Quando esse processo é muito frequente, é caracterizado com acne.

A acne é classificada em diferentes graus. Quando o paciente já tentou o uso de cremes específicos, pomadas e outros tratamentos similares e continua apresentando uma acne muito severa, o dermatologista pode receitar o uso do Roacutan.

Então, todo mundo que tem acne precisa tomar Roacutan? Essa é uma das respostas que você vai descobrir a seguir.

Quando o Roacutan é indicado?

roacutan indicação

Hoje em dia, existem muitas formas de tratamento contra os diferentes graus de acne. Alguns exemplos são: cremes específicos para a pele acneica, pomadas que ajudam a tratar espinhas e procedimentos de limpeza de pele que utilizam produtos próprios.

Contudo, muitas vezes, a tentativa de amenizar a acne acaba piorando o quadro. Isso ocorre quando, tentando eliminar a oleosidade da pele, a pessoa lava a região afetada muitas vezes ao dia ou descuida da hidratação da pele. Isso causa um efeito rebote, em que seu corpo entende que toda a sua pele (inclusive as regiões com acne) está muito seca e que ele precisa produzir mais óleo. 

Além disso, há casos em que a pele não responde a nenhum tipo de tratamento. As causas para isso são diversas: a acne pode ter causa hormonal, por exemplo. Nesse caso, um produto de uso tópico não é capaz de agir na causa do problema. Para estas situações, é provável que o dermatologista considere o tratamento com Roacutan.

Mas como saber qual o tipo de acne? Será que uma pele que apresenta muitos cravos é acneica? É sobre isso que vamos falar a seguir.

Tipos de Acne

Se engana quem acredita que acne se resume a espinhas. Para entender como ocorre a classificação da acne, é importante, primeiro, saber quais tipos de lesão fazem parte dela.

Os cravos são as lesões mais leves e comuns. Eles aparecem quando um poro da pele entope por conta da oleosidade, células mortas e bactérias.

Já as pápulas são avermelhadas e mais duras. As pápulas que contêm pus são mais conhecidas como espinhas. As bolinhas que parecem uma espinha, mas não contêm pus, são os cistos.

Para saber o tipo de acne, o dermatologista verifica qual o grau de gravidade que ela mais se apresenta. Os graus são:

  • Grau 1: quando só há cravos;
  • Grau 2: quando há cravos, pápulas e espinhas;
  • Acne de Grau 3: quando há cravos, espinhas e cistos ou pápulas;
  • Grau 4: quando além de todos os tipos de lesão serem presentes, há a formação de uma espécie de túnel, que as interliga por baixo da pele.

O tempo de tratamento e a dosagem de Roacutan estão ligados ao grau de acne que o paciente apresenta. Para classificar com segurança o seu grau de acne, é importante que você consulte um especialista de confiança

Quanto tempo dura o tratamento com Roacutan?

Os primeiros resultados com Roacutan costumam surgir em um intervalo de 8 a 16 semanas após o início do tratamento. A duração varia conforme os resultados forem surgindo, o que vai depender do grau da acne que está sendo tratada e da dosagem recomendada para o caso individual.

No geral, o tempo de tratamento fica entre 6 e 8 meses. Durante esse período, diversos exames são feitos para acompanhar os resultados e o surgimento de possíveis efeitos colaterais.

Como tomar o Roacutan

As doses de Roacutan recomendadas para cada paciente não dependem só do grau da acne que ele apresenta. Fatores como alimentação e peso corporal são importantes para que o médico consiga indicar uma dosagem que minimize as chances de surgimento de efeitos colaterais e, ao mesmo tempo, seja efetiva.

Doses altas

A dose inicial mais comum de Roacutan fica em torno de 0,2mg para cada quilograma do peso corporal do paciente. Ao longo do tratamento e conforme os resultados vão surgindo, o médico e o paciente discutem a necessidade de alterações na dosagem da medicação, podendo chegar até a 1mg para cada quilograma de peso corporal do paciente.

Algumas pessoas relatam piora no quadro da acne nos primeiros dias após o início do tratamento com Roacutan. Quando isso ocorre, o dermatologista pode receitar outros remédios para amenizar as inflamações ou até reduzir a dosagem de Roacutan.

Doses baixas

As doses menores de Roacutan, que ficam entre 0,5mg e 1mg para cada quilograma do peso corporal do paciente, costumam surtir efeitos em acnes de grau mais leve ou em organismos mais respondedores à isotretinoína. Mesmo assim, alguns pacientes observam uma piora da acne nos primeiros dias após o início do tratamento com Roacutan.

Como comprar o Roacutan?

Roacutan é um medicamento vendido apenas sob prescrição médica. Ou seja, você precisa ter a receita de um médico para comprar qualquer quantidade desse remédio nas farmácias. Se você for menor de idade, o médico também precisa solicitar aos seus pais ou responsáveis legais uma autorização.

É possível também receber os comprimidos através do Sistema Único de Saúde (SUS). Para isso, você vai precisar da receita e se informar sobre quais os procedimentos necessários na sua cidade, uma vez que cada região adota um protocolo diferente para disponibilizar esse medicamento.

Preços e nomes comerciais

Uma caixa com 30 comprimidos de Roacutan custa a partir de R$ 170,00. Lembrando que Roacutan é o nome comercial mais famoso da isotretinoína. Além dele, você também encontra a forma genérica desse composto, que custa cerca de R$ 60,00, com a mesma dosagem e quantidade de comprimidos. 

Consulta com Dermatologista

Então, você conhece alguém que finalizou o tratamento com Roacutan e tem alguns comprimidos sobrando… Não faz mal nenhum testar se esse remédio vai resolver o seu caso, certo? Errado!

Como vimos antes, o Roacutan é um medicamento muito específico e que traz riscos quando tomado sem os devidos cálculos e cuidados. Antes de iniciar um tratamento com isotretinoína, é fundamental que você consulte um dermatologista de sua confiança.

Caso seja necessário, de fato, o tratamento com Roacutan, esse profissional vai te ajudar a realizar o tratamento com segurança e em dosagens adequadas para você. Além disso, seu médico vai acompanhar a evolução do tratamento e se são necessárias alterações na dosagem ou até medicamentos para reduzir possíveis inflamações.

banner eurekka med

Exames mensais

Ao iniciar o tratamento com Roacutan, seu médico vai acompanhar os resultados, pelo menos, uma vez ao mês. Esse cuidado é necessário, não só para encontrar a dosagem que funciona melhor no seu organismo, mas para verificar se nenhum efeito colateral está se desenvolvendo.

No início do tratamento, em especial no primeiro mês, pode ser que você observe uma piora no quadro da acne. Isso deve ser informado ao médico, que irá avaliar a situação. Dessa forma, ele vai definir se existe a necessidade de algum outro medicamento ou se a dose de Roacutan deve ser alterada.

Efeitos colaterais do Roacutan

roacutan ressecamento

A fama do Roacutan não é só por ser eficaz contra a acne. Muita gente o conhece por ter ouvido falar de seus efeitos colaterais. Mas quais são eles? Eles são mesmo tão frequentes assim? É sobre isso que vamos falar agora.

Como o medicamento age de forma direta na atividade das glândulas sebáceas do corpo, seus principais efeitos colaterais estão relacionados ao ressecamento. Pequenas rachaduras na pele e nos lábios e sangramento do nariz, por exemplo, ocorrem com frequência.

Roacutan engorda?

Não se conhece nenhuma relação do Roacutan com o ganho de peso. O que pode ocorrer é o inverso: em casos não tão comuns, a isotretinoína causa alterações no apetite que resultam na perda de peso do paciente.

Isotretinoína x Depressão e Ansiedade

Além do ressecamento, o Roacutan é muito associado ao aumento dos sintomas da depressão e distúrbios de ansiedade. Mas isso tem fundamento, de fato?

Esse tópico é pauta de discussão frequente entre médicos dermatologistas. Apesar de não haver evidências científicas sólidas o suficiente para estabelecer uma relação entre o uso de Roacutan e a depressão, alguns médicos afirmam que relatos de sintomas da doença durante o tratamento com Roacutan são comuns em seus consultórios.

O que se sabe até agora é que a acne tratada pelo Roacutan pode desencadear sintomas de depressão e ansiedade, uma vez que altera de forma considerável a aparência e a qualidade de vida da pessoa. Da mesma forma, o tratamento com isotretinoína, em especial no início, pode trazer sintomas bastante desagradáveis que intensificam a depressão ou distúrbios de ansiedade. 

Assim, a recomendação é: desde o início do tratamento com Roacutan, é necessário ter um acompanhamento próximo do paciente. Dessa forma, caso precise, o médico pode orientar sobre um tratamento para os sintomas de depressão e ansiedade.

Cuidados durante o tratamento

roacutan cuidados tratamento

É essencial que durante o tratamento com Roacutan haja o acompanhamento do médico que receitou o medicamento. Se necessário, ele fará direcionamento para outros especialistas – incluindo psiquiatras.

Além disso, como a isotretinoína age de forma direta nas glândulas sebáceas, os cuidados com a hidratação do corpo são muito importantes. Isso inclui a ingestão de bastante água e a aplicação de produtos hidratantes nos lábios, pele e cabelos, por exemplo.

Quando devo parar de tomar o Roacutan?

O tratamento com Roacutan costuma durar entre 6 e 8 meses, mas só o médico que receitou o medicamento pode acompanhar a evolução do tratamento. Junto com o paciente, se determina, então, se já é hora de encerrar a medicação.

É muito importante seguir o tempo de indicação do tratamento à risca. Parando o tratamento antes do tempo indicado, o paciente pode observar uma piora significativa nos sintomas da acne e agravar ainda mais o quadro.

Riscos e Contraindicações

A isotretinoína passa para o bebê através do leite ou da placenta.  Por isso, o Roacutan é um medicamento totalmente contraindicado para gestantes, para quem está amamentando ou até para mulheres que pretendem engravidar muito em breve.

Além disso, a composição das cápsulas ou comprimidos pode conter óleo de soja. Por isso, o medicamento não é indicado para pessoas alérgicas à soja.

Riscos de engravidar tomando Roacutan?

roacutan riscos gravidez

A isotretinoína não tem qualquer efeito contraceptivo, e é muitíssimo contraindicada para gestantes ou mulheres que pretendem engravidar. Essa contraindicação ocorre pois a isotretinoína passa de forma direta para a placenta ou para o leite durante a amamentação, e tem efeitos diretos na formação da face, do coração e do sistema nervoso do bebê. 

Quanto tempo depois de tomar Roacutan eu posso engravidar?

É fundamental que a paciente comunique ao médico responsável pelo tratamento com Roacutan o desejo de engravidar. No geral, é preciso pelo menos 60 dias após o final do tratamento para que a mulher engravide sem riscos. 

Antes desse período, ainda pode haver resíduos da isotretinoína no organismo e, por isso, o início da gestação não é recomendado.

Roacutan x Álcool 

Apesar de não haver uma relação direta do álcool com a eficácia da isotretinoína, é importante que o paciente não faça uso de bebidas alcoólicas em excesso durante o tratamento. 

Esse cuidado é fundamental pois o álcool também é metabolizado pelo fígado. Se durante o tratamento com Roacutan ocorre a ingestão de muito álcool, o órgão fica sobrecarregado e podem haver complicações.

Como amenizar as espinhas de forma natural?

Bom, nessa parte do texto você já deve ter se perguntado: “não existem métodos mais naturais de lidar com a acne?”. É muito importante que você consulte um médico dermatologista para avaliar seu caso, mas você pode tentar alguns métodos antes de fazer a consulta

Dieta balanceada

dieta balanceada

Como a acne está relacionada à produção de sebo, é fundamental que você fique atento à sua alimentação. Consumir muitas frituras e alimentos industrializados resultam num desequilíbrio ainda maior da atividade das glândulas sebáceas, o que agrava a acne ainda mais.

É importante consumir, em especial, cereais integrais, alimentos ricos em ômega 3 (como a sardinha ou o atum, por exemplo), legumes e verduras. Uma alimentação equilibrada com esses componentes ajuda o corpo a entender que não precisa produzir tanto sebo para se manter hidratado. 

Cremes e ácidos de uso tópico

Existem no mercado uma infinidade de cremes e ácidos de uso tópico direcionados de maneira específica para a pele acneica. De modo geral, se recomenda a higienização e hidratação diária da pele com produtos específicos vendidos em farmácias e perfumarias.

Em muitos casos, há melhora significativa dos quadros de acne apenas com o uso correto e frequente destes produtos. No entanto, é preciso ficar bastante atento às suas formulações. Em especial em relação aos produtos que contêm ácido: como a pele com acne já é bastante sensível, componentes agressivos podem piorar a situação, deixando ela ainda mais sensível e irritada ao invés de resolver o problema.

Sono e estresse 

Dormir pouco ou ter uma má qualidade de sono interfere na saúde e aparência da pele, e não é diferente para a pele acneica. Isso ocorre pois, durante o sono, há a regulação do nível de um hormônio chamado cortisol. Ele é responsável, em especial, por regular o estresse e os processos inflamatórios do corpo.

Quando você dorme pouco ou dorme mal, esse hormônio não consegue realizar sua função de forma satisfatória. Isso resulta na atividade incomum das glândulas sebáceas, o que por sua vez resulta na piora da acne. Se mesmo com todos esses cuidados você não obtiver resultados, é fundamental que você discuta com um médico dermatologista qual o tratamento mais adequado para sua pele – e se ele inclui o Roacutan.

Por fim, para ver todos os posts gratuitos da Eurekka é só acessar nosso blog, clicando nesse link. Além disso, aproveite e veja também todos os nossos conteúdos no nosso aplicativo e em nossas redes sociais: InstagramFacebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Ana Caroline de França

One reply on “Roacutan: prós e contras, como tomar e risco”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.