Amor próprio: como desenvolver e praticar esse gesto

Equipe Eurekka

O amor próprio é uma das necessidades humanas mais importantes que existem. Essa palavra significa aceitar e respeitar a si mesmo da maneira que você é — qualidades, defeitos, falhas, sucessos, escolhas de vida, etc. 

Se o seu amor próprio está alto, significa que você se conhece muito bem, respeita as suas necessidades e conhece seus limites. Agora, se o amor próprio está baixo, talvez você se sinta confuso, desamparado e se compare com mais frequência do que o normal. 

É muito importante nutrir o amor próprio, pois isso traz felicidade e realização ao longo da vida. Por isso, no texto de hoje, a Eurekka vai te ensinar como desenvolver e praticar o amor próprio para que você seja alguém muito mais feliz. Continue a leitura.

O que significa amor próprio?

O amor próprio é uma forma de admiração e respeito por si mesmo, e está muito ligada ao autoconhecimento. Sendo assim, uma pessoa que conhece sobre ela mesma — o que gosta, o que não gosta, qualidades, defeitos, futuro profissional, estilo, e por aí vai — é muito mais capaz de praticar o amor próprio e de se amar do jeito que é.

Ao contrário do que muita gente pode pensar, amor próprio não é apenas escolher um dia para se arrumar, cortar o cabelo, tirar umas fotos e se achar bonito. Amor próprio, na verdade, é um processo ativo e constante de escolhas que fazem você crescer e se enxergar como alguém com um valor muito alto.

Então, fazer um curso de extensão na área, praticar exercícios físicos, cuidar da sua pele, ter bons relacionamentos, aprender a dizer não e estar sempre querendo ser uma pessoa melhor é o que vai dizer se seu amor próprio é alto ou não. 

Então, reflita: essas e outras coisas estão sendo colocadas em prática? Desenvolver o amor por si mesmo é algo que deve ser feito todos os dias — e acredite, vale a pena.

Problemas da falta de amor próprio

Da mesma forma que a falta de algum hormônio no corpo vai trazer certos problemas, a falta de amor próprio também vai afetar a sua saúde mental. Além disso, um baixo amor próprio também pode afetar a sua autoimagem e autoestima, coisas essenciais para o bem-estar.

Alguns sinais da falta de amor próprio podem ser:

  1. Comparações negativas frequentes
  2. Falta de autoconfiança
  3. Faz tudo para agradar os outros
  4. Pouco controle sobre a própria vida
  5. Não sabe impor limites
  6. Acha difícil lidar com feedback positivo
  7. Medo de falhar e busca pela perfeição

Além disso, existem outros problemas que podem surgir por causa de um baixo amor próprio, como a ansiedade, depressão, transtornos alimentares, uso de drogas, entre outras coisas.

É por isso que amar a si mesmo é necessário e faz bem. É uma forma de cuidar da própria saúde.

amor próprio

Como desenvolver o amor próprio com 6 dicas

Para te ajudar, a Eurekka separou 6 dicas que irão clarear a sua mente e  desenvolver o seu amor próprio, bem como melhorar sua baixa autoestima, confira!

1. Anote todas as coisas boas

Em primeiro lugar, quando a sua vida está uma bagunça, o seu controle sobre ela também fica mais caótico e você pode se sentir mais perdido, inseguro e com medo. Por isso, para começar a colocar as coisas em ordem, comece anotando todas as coisas boas que acontecem com você.

Você pode separar um horário para isso, como no final do dia. Então, coloque em um papel tudo de bom que aconteceu no dia — visita da mãe, elogio de um amigo, aquele encontro divertido, comida boa, etc. 

Depois, extraia a informação boa em relação a você. Por exemplo, se alguém elogia você, é porque você tem aquela qualidade; se o encontro foi divertido, significa que você é interessante e que você é uma boa companheira, e por aí vai.

2. Diminua as comparações

A comparação social, às vezes, serve para te ajudar a melhorar em algum aspecto. Contudo, se ela é feita sempre para fortalecer algum aspecto negativo, isso vai afetar a sua autoestima. Na maior parte dos casos, pessoas com o amor próprio baixo vão fazer comparações injustas e exageradas, nas quais o outro é sempre muito superior.

Além disso, com as redes sociais, ficou cada vez mais fácil se comparar com as “vidas perfeitas” dos outros. Então, se você percebe que toda vez que entra em uma rede social, sai com algum sentimento negativo, vale pensar em parar de seguir essas pessoas ou, quem sabe, deletar o aplicativo.

3. Reflita sobre a sua situação atual

Em alguns casos, pessoas com falta de amor próprio ficam atentas ao exterior — ao que acontece ao seu redor — e se sentem muito frustradas. Porém, é importante não se esquecer de olhar para o seu interior também.

Por isso, analise a sua situação atual: como está o seu relacionamento? Você tem se esforçado para melhorar em algo de que gosta? Você tem tirado um tempo para cuidar de si mesmo? O seu sono está adequado? E os exercícios físicos?

Essas são algumas perguntas que você pode analisar e responder — de modo sincero, sem dar voltas para evitar admitir que algo não está do jeito que deveria — que irão ajudar você a correr atrás das melhorias possíveis. A melhor forma de fazer isso é com a técnica dos micropassos.

4. Se afaste do que te faz mal

Outro fator que afeta o amor próprio são as atitudes de se manter nos locais onde você não se sente bem. Amigos que só fazem você se sentir mal, família que não te respeita, local de trabalho onde abusam de você, namoro abusivo, entre outros, são ruins e vão te fazer mal — e você sabe disso.

A questão principal é: se você pode e tem a condição para sair desses círculos, então o que está te impedindo? Você é o único responsável pela sua saúde mental, então não deixe que outras coisas peguem o controle de você. 

banner terapia saúde mental com a eurekka

5.Busque se desenvolver

O amor próprio não está ligado somente ao físico, também está ligado ao mental. Por isso, mesmo que você se ache uma pessoa muito linda, a sua autoestima pode se abalar por não se achar alguém inteligente.

Por isso, é de grande valor ter conquistas, realizações pessoais. Fazer uma faculdade ou um curso super importante, comprar seu próprio carro, conseguir uma promoção, dar uma palestra importante, ter boas notas, etc. Tudo isso está ligado com o amor próprio.

O sentimento de realização pessoal ou profissional é vital para que o seu amor próprio esteja blindado em todos os aspectos. Então, reconheça quais esforços você tem feito para alcançar seus objetivos.

6. Faça terapia

A terapia é uma ferramenta de extrema importância para ajudar o paciente a desenvolver o autoconhecimento. Algumas terapias, como a cognitivo-comportamental, tem um foco maior em ajudar o paciente a melhorar suas habilidades sociais, resolver problemas de forma prática e fazer com que a pessoa volte a ter controle da sua vida.

Acredite, essas mudanças fazem total diferença no amor próprio, pois com a ajuda de um psicólogo, você vai se tornar capaz de colocar sua vida nos eixos. O melhor de tudo é que, ao longo das sessões, você aprende a lidar com os problemas sozinho. Assim, você se torna alguém com uma saúde mental de dar inveja.

E falando sobre terapia…

sede da Eurekka

Recupere o amor próprio com a Eurekka

Olha, a gente sabe que, às vezes, as coisas são difíceis. Existem problemas que parecem que nunca vão passar, soluções que nunca vão chegar, e você se sente perdido, sem saber para onde ir.

Mas a gente também sabe que a escolha de mudar isso só depende de você.

Então, se você quer recuperar o seu amor próprio, ser mais feliz, melhorar a sua autoestima e receber todas as técnicas que precisa para recuperar o controle da sua vida, então a Eurekka é a resposta que você estava procurando.

Os psicólogos humanizados da Eurekka são mestres em ajudar as pessoas a recuperar o seu amor próprio. Não é à toa que fazemos mais de 5 mil sessões de terapia todos os meses, além de ajudar, todos os dias, várias pessoas com o conteúdo gratuito que oferecemos. 

Por isso, se você decidiu que a sua vida não pode mais ficar assim e que as coisas vão mudar, agende a sua primeira sessão com os nossos psicólogos. Iremos te ajudar a definir qual a prioridade para esse momento, e em algumas semanas, você vai ver como sua vida estará melhor.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.75

Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.