Intolerância e alergia alimentar: qual a diferença?

Larissa Kelly

Se após comer um alimento na festa da empresa ou na casa da sua avó, você se sentiu cheio, com dor e diarreia, pode ser que sofra de intolerância alimentar. Ou será que é alergia alimentar?

Pois bem, essas duas situações bem chatas têm causas bem parecidas, mas reações diferentes. 

Achou confuso e continua com dúvida? Então, vem comigo na leitura desse texto que eu vou ajudar!

alergia e intolerância alimentar

Qual é a diferença entre alergia e intolerância alimentar?

A diferença entre intolerância e alergia alimentar é como o seu corpo vai reagir àquela comida. Ou seja: se você tiver alergia, os sintomas serão mais preocupantes e mortais do que a intolerância alimentar.

Em casos extremos, só tocar em uma pequena quantia do alimento ou respirar alguma parte dele (farinha no ar ao fazer pão, por exemplo) pode dar uma reação severa.

Alergia

A alergia alimentar ocorre quando o sistema imunológico, aquele que luta contra vírus e bactérias no nosso corpo, vê o alimento como um inimigo e passa a atacar.

Esse ataque é feito pelos soldados que guardam nosso corpo, os anticorpos. Assim, eles liberam substâncias no nosso corpo chamadas histaminas. Elas são como pequenas bombinhas soltas com objetivo de destruir o inimigo, o alimento, e acabam causando irritação

Intolerância alimentar

A intolerância alimentar, em geral, atinge mais pessoas que a alergia e é bem mais bem mais leve. Isso porque ela não mexe com o sistema imune, só com o sistema digestório

Pode ocorrer pois falta algo, uma enzima, por exemplo, para quebrar e digerir o alimento cem por cento. Uma enzima é como se fosse um martelo que quebra o alimento em pedaços até que o corpo reconheça os pedacinhos e possa, enfim, usar para nutrir.

Sintomas de intolerância alimentar

No geral, os sinais da intolerância alimentar vêm do estômago. As pessoas tendem a confundir os dois, pois a intolerância tem alguns sintomas comuns da alergia alimentar. Por isso, para evitar a confusão, veja alguns sintomas mais comuns:

comidas com intolerância

Quais são as intolerâncias alimentares mais comuns?

Alguns alimentos são bem conhecidos por causarem intolerâncias. São eles:

  • Leite e alimentos que são feitos a partir dele (intolerância à lactose);
  • Alimentos que contém glúten (doença celíaca);
  • Feijão;
  • Cebola, brócolis ou couve de bruxelas; 
  • Corantes alimentares, que dão cor ao iogurtes e balas.

Sintomas de alergia alimentar

Os sintomas da alergia alimentar podem se dividir em 2 tipos. Um tipo é dos que são fatais e surgem logo depois de comer a comida. O outro tipo é dos que não são tão fatais assim, e podem surgir horas mais tarde, mas que ainda assim são ruins. 

Então, os sintomas que surgem logo e devem ter ajuda médica rápida e imediata são:

  • Reações na pele, como coceira, inchaço e vermelhidão;
  • Queda de pressão;
  • Anafilaxia, que é dificuldade de respirar, respiração ofegante ou tontura, que pode levar à morte;

Por fim, os sinais menos graves e que surgem mais tarde são os sintomas digestivos, tal qual na intolerância.

banner nutri eurekka

Quais são as alergias alimentares mais comuns?

Há alguns alimentos que estão no Top 10 das causas de alergia alimentar. E os culpados são: 

  • Leite;
  • Ovos;
  • Soja;
  • Peixe;
  • Amendoim;
  • Frutos do mar;
  • Castanhas;
  • Trigo;
  • Nozes;
  • Avelãs.

Por isso, quem sofre de alergia alimentar deve evitar esses alimentos devem ser evitados a todo custo. Além disso, se você é pai ou mãe de uma criança com alergia alimentar, também deve se atentar ao fazer a comida do seu filho. Assim, evita qualquer tipo de contágio. 

Hoje em dia, os alérgicos e intolerantes já podem contar com uma ajudinha extra. Afinal, quase todos os produtos encontrados em prateleiras de supermercados têm no rótulo a orientação de substâncias que devem ser evitadas.

remédios podem ajudar a conter intolerância e alergia alimentar

Diagnóstico: como saber se tenho alergia ou intolerância

Se você sentir alguma reação após comer um certo alimento, fale com o médico. Assim, vai saber se você tem intolerância alimentar ou alergia. 

Ele fará um plano ou passará algum remédio para ajudar no controle dos sintomas. Além disso, o remédio pode ajudar nos casos mais leves de intolerância. Por exemplo, se você tem intolerância à lactose, a enzima lactase vai te permitir tomar sorvete, comer um bolo ou mesmo tomar leite. 

Ademais, uma dica é escrever um diário alimentar para registrar tudo o que você come, quais são os sinais e como surgem. Assim, se você notar que alguma comida ou ingrediente causa desconforto, bingo! Quase certo que esse seja o culpado. 

Tire suas dúvidas sobre intolerância ou alergia com Eurekkamed

Chegou ao fim do texto e ainda tem dúvidas? Ou até se identificou com alguns sintomas?

A verdade é que nem sempre conseguimos cuidar da alimentação sozinhos. Por isso, nem sabemos o que pode nos dar intolerância e alergia alimentar.

Para isso, a EurekkaNutri está pronta para dar a você formas de comer e orientações preciosas para que você tenha a saúde equilibrada. Assim, vai poder fazer suas atividades do dia a dia de forma plena.

A EurekkaNutri traz consultas online com nutricionistas escolhidos a dedo para ajudar você a cuidar mais da sua saúde. Com foco em nutrição comportamental, você vai ver como um nutricionista faz diferença na sua relação com a comida! Para marcar uma consulta, clique aqui.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Larissa Kelly

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.