Pílula do dia seguinte: quando e como tomar?

Flavia Caroline Barddal

Você sabe a diferença entre pílula do seguinte e anticoncepcionais de rotina? Sabe quando usá-la? E como usar esse método de emergência?

A pílula do dia seguinte desperta muitas dúvidas entre as mulheres, principalmente entre as mais jovens, por isso nesse texto, vou ajudar você a tirar todas essas dúvidas.

O que é a pílula do dia seguinte?

pílula do dia seguinte

Os anticoncepcionais possuem em sua composição um hormônio similar ao que a mulher produz, a progesterona. Assim, a pílula do dia seguinte possui em sua composição o mesmo hormônio presente nos anticoncepcionais de longo prazo, mas em doses mais elevadas.

Os métodos contraceptivos convencionais atuam prevenindo a gravidez antes ou durante a relação sexual. Utiliza-se a pílula do dia seguinte após uma relação sexual sem proteção e por isso é considerado um contraceptivo de emergência. É importante lembrar que a pílula do dia seguinte não deve ser usada regularmente ou substituir os métodos contraceptivos de longo prazo.

Como age a pílula age no organismo? 

A pílula atua inibindo ou retardando a ovulação e assim evita que ocorra uma fertilização. Além disso, elaa também provoca uma alteração no muco cervical, dificultando a passagem dos espermatozóides pelo o colo do útero.

A pílula do dia seguinte é abortiva?

aborto com sangue

A pílula do dia seguinte possui em sua composição levonorgestrel que atua inibindo a ovulação e evitando uma gravidez. Não existem comprovações de que esse medicamento possa impedir ou não a implantação do embrião no útero, ou seja, não se tem certeza se esse método é abortivo.  

Pode causar infertilidade?

É muito comum  algumas mulheres acreditarem que existem métodos contraceptivos que possam causar infertilidade, porém isso não é verdade. O que ocorre na verdade é que algumas mulheres após interromperem o uso do anticoncepcional acabam descobrindo alguma doenças ou infecção que cause infertilidade. Algumas doenças que podem causar infertilidade por exemplo é endometriose, síndrome dos ovários policísticos, infecções nas trompas uterinas, entre outras.  

A contracepção de emergência funciona no período fertil? 

O período fertil é a fase do mês em que as mulheres têm mais chances de engravidar e a pílula do dia seguinte tem efeito sobre todos os dias do mês. Contudo, no período fertil, o efeito da pílula tem chance de ser menor , principalmente se a ovulação ocorreu antes de tomar o comprimido.

Existem outros métodos contraceptivos de emergência?

Existem outras opções de contracepção de emergência, como, o dispositivo intrauterino (DIU) e pílulas contraceptivas orais combinadas. Algumas fontes consideram o DIU de cobre eficiente como contracepção de emergência se inserido até 5 dias após uma relação sexual desprotegida. 

Em quais casos devo usar a pílula do dia seguinte?

pílula do dia seguinte evita gravidez

Só se deve usar o contraceptivo de emergência em casos específicos como rompimento do preservativo, violência sexual, expulsão do D.I.U ou se a mulher esquecer de tomar alguns comprimidos de seu anticoncepcional

 Como tomar a pílula do dia seguinte?

 Encontra-se a pílula do dia seguinte em dois tipos: dois comprimidos que se tomam com 12 horas de intervalo e o outro é uma única dose.

A pílula deve ser tomada o mais rápido possível após uma relação sexual desprotegida, pois a sua eficácia é maior nas primeiras horas. Lembrando que o limite de eficácia é de até 72 horas após a relação sexual desprotegida. Quando usada de forma correta a taxa de eficácia é de 95% nas primeiras horas, após 24 horas a eficácia diminui para 85%.

É possível encontrar a pílula do dia seguinte em postos de saúde ou farmácias e não necessita de receita médica.

Preciso tomar a pílula mesmo se estiver menstruada?

Algumas mulheres durante a ovulação apresentam leves sangramentos no meio do ciclo que pode-se confundir com a menstruação, nesse caso o indicado é tomar a pílula. Porém, se você teve uma menstruação normal não existe risco de engravidar e não precisa tomar a pílula do dia seguinte. 

A pílula do dia seguinte atrasa a menstruação?

menstruação e pílula do dia seguinte

Sim, a pílula pode provocar atrasos ou adiantar o seu período menstrual. Por isso não se assuste caso sua menstruação demore para chegar.  

Existem efeitos colaterais?

Algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais como aumento do fluxo menstrual ou alterações na data esperada para o início e término do período menstrual. Contudo, podem existir outras reações como náusea, sangramentos, fadiga, sensibilidade nos seios e aumento de peso.

A pílula do dia seguinte protege no restante do mês?

Não, apesar de impedir a ovulação, não significa que vai impedir uma ovulação futura. No restante do mês, o ideal é continuar se protegendo com um método contraceptivo de longo prazo.

Posso tomar a pílula mais de uma vez no mês?

A pílula do dia seguinte possui altas doses de hormônio  e pode causar reações adversas como dores de cabeça, vômitos, diarréia e alteração no ciclo menstrual. Se você está usando a pílula mais de uma vez no mês, o certo é buscar uma forma mais segura de contracepção.

Além disso, quase todos os métodos contraceptivos são mais eficazes que a pílula do dia seguinte.

banner eurekka med

Outros medicamentos podem interferir na pílula do dia seguinte?

Existem alguns fatores que podem alterar a eficácia da pílula, como o uso de antidepressivos e de antibióticos. Assim, esses medicamentos podem potencializar ou diminuir o efeito dela.

Depois de tomar a pílula, posso continuar tomando a pílula de rotina?

Se você já faz uso do anticoncepcional de rotina o ideal é esperar a próxima menstruação e em seguida iniciar uma nova cartela. A pílula do dia seguinte possui uma grande quantidade de hormônios e seu uso incorreto pode trazer riscos à saúde, por isso o ideal é buscar outros métodos contraceptivos até iniciar uma nova cartela.

É possível engravidar mesmo tomando a pílula?

Apesar de existirem métodos contraceptivos com uma taxa de eficácia muito alta, nenhum método contraceptivo possui 100% de eficácia, por isso qualquer mulher corre o risco de engravidar. É importante ressaltar que a pílula do dia seguinte pode não impedir uma gravidez se você já tiver ovulado e tiver ocorrido uma fertilização.

Consulta ginecológica na Eurekka

sede porto alegre

Os métodos contraceptivos evoluíram muito e a Eurekka está afinada com essa evolução, por isso dispõe de médicos especializados para informar e deixar você segura em relação a qualquer dúvida sobre os anticoncepcionais.

A Eurekka gostaria de lembrar que, independente do método contraceptivo que você escolha, o uso da camisinha deve ser prioridade. Assim, sua vida sexual será preservada e saudável!

Além disso, se você tem curiosidade em ver como funcionam nossas consultas você pode conversar com um dos nossos médicos clicando aqui!

Por fim, nós temos diversos conteúdos gratuitos como esse que você acabou de ler em nosso blog e em nossas redes sociais: BlogFacebookInstagram e Youtube ou através de nosso Aplicativo!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Flavia Caroline Barddal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *