Tratamento para TEPT: quais são e como funcionam

Equipe Eurekka

Você sabia que uma pessoa que se afastou dos amigos, perdeu o interesse em atividades do dia a dia e passou a evitar lugares após um trauma, pode ter Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT)? O tratamento para TEPT é um processo vital para que a vida volte ao normal.

É comum que todo mundo passe por um desconforto emocional após uma situação que gera traumas. Porém, quando esse trauma é intenso e frequente, o sofrimento pode se tornar um problema mais grave.

No texto de hoje, vamos mostrar para você, com detalhes, quais são os tratamentos que existem, nos dias atuais, para estresse pós traumático.

O que é estresse pós-traumático? 

O estresse pós-traumático é um transtorno da mente que se dá pela presença de reações emocionais únicas após o contato com uma situação traumática. Entre os eventos que causam traumas, estão alguns deles: 

  • Sequestros e torturas;
  • Ser mantido como refém;
  • Acidentes graves no trânsito;
  • Agressões físicas: assalto, ataques físicos e furto;
  • Violência sexual;
  • Outros eventos que causem muito medo.

Sintomas do TEPT 

Após passar por um evento negativo marcante, é comum que as pessoas lembrem o momento repetidas vezes e tenham sonhos ou lembranças que trazem muita dor. Além disso, os demais sintomas se baseiam em: 

  • Falta de interesse em atividades do dia a dia;
  • Esforço para evitar lembranças e sentimentos da situação. Isto pode ocorrer de algumas maneiras, como se afastar de pessoas, lugares, objetos, atividades e conversas. 
  • Sofrimento psicológico intenso e fortes reações no corpo ao se deparar com sinais que fazem a pessoa lembrar do trauma; 
  • Pensamentos distorcidos, ou seja, que não fazem sentido com a vida real; 
  • Mudanças frequentes no humor: sentimentos de medo, raiva ou culpa
  • Incapacidade de sentir boas emoções, como felicidade e satisfação. 

tratamento para tept jovem fazendo psicoterapia

Qual é o tratamento para TEPT? 

Se você luta contra os desafios que o TEPT traz, lembre-se de que existe tratamento: psicoterapia e farmacoterapia. Com esses recursos, é super possível levar uma vida sem angústias pós-trauma!

Entretanto, é vital buscar profissionais da área de saúde mental que sejam capazes de oferecer o tratamento para TEPT e saibam dar ajuda de maneira correta.

Psicoterapia 

A psicoterapia é um fator essencial para tratar o TEPT, pois ajuda no alívio de sintomas, redução da ansiedade e mudança nos modos de agir e pensar. 

No processo terapêutico, o paciente entra em contato com o trauma de forma gradual, aprendendo formas de conviver com o que causa dor e, assim, volta a viver de forma saudável. Afinal, o objetivo maior da psicoterapia é ensinar ao paciente como lidar com todas as queixas que trouxer para as sessões sozinho, aos poucos — nada de depender do psicólogo!

Farmacoterapia 

Há um grande número de remédios que são úteis no tratamento do TEPT, como, por exemplo, os antidepressivos. Entretanto, essa forma de tratamento varia de acordo com a necessidade de cada paciente. 

Isto ocorre porque cada organismo pode reagir de formas diferentes ao mesmo medicamento. Então, o psiquiatra é responsável por avaliar qual é a medicação adequada e a dosagem necessária para cada caso.

Em alguns casos, apenas a psicoterapia é suficiente para melhorar os danos que o TEPT causa. Porém, pode ser que seja necessário fazer terapia e usar remédios, caso o impacto do TEPT na vida da pessoa seja muito grande. A união dos dois torna o processo de cura muito mais rápido.  

Terapias muito recomendadas para TEPT 

Como explicamos acima, o tratamento para o estresse pós-traumático se baseia em farmacoterapia e psicoterapia. Porém, quando se trata de psicoterapia, algumas têm maior eficácia na intervenção do estresse pós-traumático.

A Associação America de Psicologia (APA) cita 4 tipos de terapia muito eficazes para tratar o TEPT. Assim, vamos mostrar para você quais são elas.

Terapia Cognitivo-Comportamental

Hoje em dia, a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) é uma das abordagens mais recomendadas para diversos tratamentos de transtornos mentais. 

A TCC foca na identificação e mudança de pensamentos que não são realistas, nas formas saudáveis de lidar com as emoções e na alteração nos padrões de comportamentos. 

Essa forma de terapia é o padrão-ouro para muitos problemas, e aqui na Eurekka, é a base de atuação de todos os nossos psicólogos — ou seja, qualquer um deles é capaz de ajudar. Por sorte, os psicólogos da Eurekka são os melhores do mercado e podem te ajudar a superar o TEPT. Por isso, clique no banner para saber mais.

banner terapia

Terapia de Processamento Cognitivo 

Você sabia que existem vários tipos de Terapias Cognitivo-Comportamentais? A Terapia de Processamento Cognitivo é um exemplo! Sua meta é a mudança de crenças que estão ligadas ao trauma. 

Por exemplo, é possível que uma vítima de abuso sexual acredite que teve culpa diante do que aconteceu. De fato, é uma crença que está errada e deve ser mudada.

Dessa forma, ao aplicar técnicas da Terapia de Processamento Cognitivo, o psicólogo trabalha com novas formas de enxergar e entender a situação traumática. Assim, de forma gradativa, o paciente aprende a lidar com os pensamentos e mudar as percepções que tem diante das situações.

tratamento para tept psicoterapia

Terapia Cognitiva 

Esta derivação da Terapia Cognitivo-Comportamental trabalha com mudanças nas memórias e pensamentos pessimistas relacionados ao trauma. 

Assim como as demais terapias mencionadas acima, a Terapia Cognitiva também tem o objetivo de diminuir os efeitos negativos que a situação traumática causou. 

Terapia de Exposição 

Imagine que os sentimentos em um evento que causa o trauma sejam tão intensos que, após o evento passar, até mesmo pensar sobre a situação se torna difícil, de modo que o melhor caminho seja evitar tudo que se relacione ao ocorrido.

Viver uma vida se esquivando de tudo é um desafio, né? Acontece que a terapia de exposição ensina a pessoa a enfrentar, aos poucos, memórias, sentimentos e situações que sejam semelhantes ao trauma. 

Uma pessoa que tem medo de sair na rua, por exemplo, vai começar a se expor a situações pequenas — como sair da porta de casa — até ir, degrau por degrau, aumentando o nível. Isso acontece até que ela seja capaz de sair na rua sem sentir medo.

Portanto, estamos falando de um tratamento em que o paciente se torna apto para entrar em contato com o que costumava evitar, notando que memórias não precisam ser evitadas e, o fato de algo ser parecido com o trauma, não o faz ser perigoso. 

sede eurekka

Faça tratamento para TEPT com a Eurekka! 

Você desconfia que possa ter desenvolvido TEPT e acredita que está sendo muito prejudicado? Então, não hesite em buscar ajuda! A gente sabe como esse transtorno pode atrapalhar muito a sua vida: viver com medo, assustado, receoso com tudo… a parte boa é que isso tem solução.

A equipe da Eurekka conta com profissionais escolhidos a dedo para realizar um diagnóstico adequado, aplicar técnicas eficazes e, acima de tudo, ajudar você a viver de forma plena mais uma vez.

Você pode superar esse trauma, e nós iremos ajudar você com isso. Não é a toa que somos a maior clínica de saúde mental online do Brasil — cuidamos dos nossos pacientes como ninguém.

Por isso, não perca tempo e clique aqui para agendar sua Conversa Inicial com um de nossos psicólogos e recupere tudo que o trauma tirou de você!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.