Terapia em cidade pequena: Os problemas e a solução definitiva

Equipe Eurekka

Muitas pessoas que moram em cidades menores têm vontade de cuidar melhor da saúde mental, mas têm medo de fazer terapia em cidade pequena. Assim, não iniciam por problemas bastante comuns: medo da exposição, falta de qualidade dos profissionais ou falta de opções de abordagens.

É normal que isso aconteça, afinal, a terapia é um momento quando vamos lidar com questões delicadas sobre nós mesmos. Então, privacidade e confiança é o mínimo que esperamos para esse momento.

Se você mora em uma cidade pequena e passa por isso, nós temos uma dica especial que pode solucionar seu problema! Então, leia este texto até o fim e descubra.

Boa leitura!

Os problemas da terapia em cidade pequena 

Em cidades pequenas, a sensação de falta de privacidade é muito grande, afinal, todo mundo se conhece. Imagine, por exemplo, que você decida fazer terapia, mas a única terapeuta qualificada é a tia da sua amiga! Por mais que haja a ética do sigilo, é natural que você se sinta desconfortável.

Além disso, outras questões acabam interferindo, como faleremos a seguir. Veja se você se identifica.

Poucos psicólogos

Uma das principais questões nas cidades pequenas é o fato de terem poucos psicólogos. Mas você sabe por que isso é ruim?

Isso se torna um problema porque aumentam as chances de o terapeuta ter um vínculo familiar ou afetivo com alguém próximo ao paciente, como o exemplo que falamos.

Mas, além disso, o número pequeno de psicólogos limita as opções de abordagens e linhas teóricas, e o paciente fica sem a liberdade de escolher com qual ele mais se identifica para fazer o acompanhamento.

Casos de fofoca 

Parecem até histórias inventadas de filme ou novela, mas o fato é que, existem muitos casos de quebra de sigilo registrados pelos Conselhos Regionais de Psicologia no Brasil inteiro.

Pra quem faz terapia em cidade pequena, esse tipo de acontecimento fica ainda mais evidente, afinal, a fofoca ocorre entre pessoas próximas ou conhecidas do paciente.

Claro que isso não é uma regra. Sempre existem profissionais bons por aí, porém as consequências da quebra de sigilo em uma cidade pequena podem ser bastante complicadas para você.

Nenhum profissional qualificado

Outra questão que interfere na terapia em cidades pequenas pode ser a falta de profissionais qualificados. Isso acontece por vários motivos, como a falta de concorrência, ou até mesmo o fato de o paciente precisar de um psicólogo com especialização em determinado transtorno mas que, naquela cidade ou região, não se encontram cursos para tal e, assim, não ter um profissional para cuidar do que você busca.

Desta forma, também não há muitas opções de abordagens e linhas teóricas para que o paciente possa escolher qual ele prefere.

mulher sorrindo fazendo terapia em cidade pequena de modo online no notebook

A solução para os problemas da terapia em cidade pequena 

Agora, você que mora em cidade pequena ou conhece alguém que more, pode estar se perguntando se há como fazer terapia de uma forma segura e tranquila.

A resposta é que sim! Há uma maneira de evitar todos esses problemas que citamos da terapia em cidades pequenas: a terapia online! 

Esse modelo de terapia é aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia e em 2018 ainda foi aprovado que não há número máximo de sessões online. Ou seja, é uma terapia comprovada como eficaz, aprovada e sem número máximo de sessões, assim o psicólogo pode acompanhar você até quando for necessário!

E aqui embaixo trouxemos algumas vantagens desse tipo de terapia. Confira!

3 vantagens da terapia online 

As vantagens de fazer terapia online são diversas, mas hoje trouxemos as 3 principais para você que mora em cidade pequena.

1. Opções de escolha em qualquer lugar do mundo 

Ter a possibilidade de ser atendido por, literalmente, qualquer profissional do mundo faz uma grande diferença para quem, até então, tinha apenas algumas opções de profissionais em sua cidade. 

Quanto mais opções, melhor você consegue escolher alguém que se encaixe bem com o seu perfil de cliente de terapia.

2. Possibilidade de ser atendido pelo melhor profissional 

Além de poder optar pela abordagem para seu processo terapêutico, você também poderá escolher o melhor profissional da área para te atender, pois o leque de opções é enorme.

Digamos, por exemplo, que o objetivo da terapia seja o tratamento da bulimia, um transtorno alimentar bastante comum nos dias de hoje. Desta forma, você poderá buscar profissionais com especialização e experiência em tratamento de transtornos alimentares, e que possuam  a abordagem mais indicada que, nesse caso, é a Teoria Cognitivo-Comportamental

3. Discrição e sigilo

Por fim, um dos principais pilares de qualquer tratamento psicológico é a confiança do paciente em seu terapeuta e no tratamento. Isso dá uma sensação de bem-estar e ajuda muito nos resultados positivos.

Pensando nisso, a discrição e sigilo são dois pontos fundamentais que a terapia online garante para todos, mas principalmente para quem mora em cidades pequenas.

sede da Eurekka

Se pode escolher, escolha a melhor

Se você se identificou com os problemas acima e gostou da ideia da terapia online, nós temos um chamado especial para você!

Com o objetivo de levar saúde mental para todos, a Eurekka se tornou a maior clínica de terapia online do Brasil! Nós realizamos mais de 5.000 sessões mensais e temos tido resultados muito positivos dos nossos pacientes.

Por isso, se você quer escolher a melhor, faça terapia com a Eurekka. Aqui nós vamos ajudar você a se tornar a melhor versão de si mesmo, sem desperdiçar seu potencial. E tudo isso feito com atitudes práticas e clareza do psicólogo com você.

Se interessou? Para fazer terapia com a Eurekka é fácil! Basta clicar aqui e marcar sua conversa inicial! Simples assim. Então, dê esse passo para cuidar de si mesmo, da sua vida e do seu futuro! Esperamos você.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.