Saúde mental no trabalho: como ser produtivo sem surtar?

Equipe Eurekka

Em 10 de outubro, se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental e, em 2017, a OMS (Organização Mundial da Saúde) escolheu a saúde mental no trabalho como tema central daquele ano.

Nunca se discutiu tanto o bem-estar do trabalhador no seu espaço de trabalho e essas discussões têm levado a uma outra pergunta: qual é a relação da sua saúde mental com o bem-estar, satisfação, felicidade e a produtividade?

Afinal, o funcionário precisa sentir que é uma importante para a empresa e que está ali para contribuir. E a empresa, por sua vez, quer um colaborador motivado, certo?

É uma relação de troca e respeito. Por isso, no texto de hoje, você vai entender como garantir um ambiente de trabalho que tenha harmonia e que seja produtivo. Confira:

pessoas felizes no trabalho

O que é saúde mental no trabalho?

Segundo a OMS, a saúde mental no trabalho é uma sensação de bem-estar, em que a pessoa está ciente do que pode e do quer fazer. Assim, ela é capaz de enfrentar tensões e, mesmo assim, ser produtiva, o que contribui com a comunidade. 

As estatísticas dizem que uma em cada cinco pessoas se sente infeliz no trabalho e incapaz de produzir como deveria ou gostaria. Isso é preocupante, pois pode evoluir para quadros de burnout, ansiedade e depressão, por exemplo.

O vilão da saúde mental no trabalho

Você já deve ter ouvido alguém dizer pra não reclamar do trabalho pois, pelo menos, você tem um. Mas você não é uma máquina.

Por isso, não ignore estar infeliz; você precisa também cuidar do seu lado humano e emocional. Afinal, para que você cumpra com as suas tarefas do trabalho, o mínimo esperado é que você tenha vontade de ir até o local de trabalho, não é mesmo?

Mas por que as pessoas se desestimulam com o trabalho? Entre alguns fatores importantes, estão:

  • Desorganização no ambiente de trabalho;
  • Chefes autoritários e que não sabem se expressar;
  • Falta de comunicação entre as pessoas;
  • O aumento no ritmo de trabalho;
  • A exigência de produzir cada vez mais.

Episódios constantes de assédio moral, em que o colaborador sofre constrangimentos e humilhações, também afastam o funcionário do foco do trabalho e causam desgaste mental.

Afinal, por que cuidar da saúde mental no trabalho? 

Gestores e colaboradores têm como foco no ambiente de trabalho a produtividade e o sucesso. Todo mundo quer tirar do trabalho o seu sustento, bem como crescer e ganhar alguns benefícios. E, para que isso ocorra, a saúde emocional precisa estar em equilíbrio. Então, confira alguns benefícios de trazer saúde mental como um valor vital na empresa.

1. É uma tendência no mercado entre empresas de sucesso

Os gestores percebem que funcionários são mais felizes e produtivos quando a saúde mental está em ordem. Isso levou muitos desses chefes a buscar a ajuda de bons profissionais e até mesmo a elaborar projetos de assessoria contínua para suas empresas.

2. Gera satisfação dos colaboradores com a empresa

O grupo de colaboradores se sente mais seguro quando vê que a empresa se preocupa com a saúde mental. Afinal, isso passa a sensação de que o gestor não está atrás só de força braçal e, além disso, respeita o lado humano do funcionário.

3. Evita esgotamento

Vemos o esgotamento como o sintoma mais presente entre os trabalhadores. Então, uma pessoa que trabalha no limite das suas capacidades emocionais e físicas, com certeza, adoece. E, por fim, alguém adoecido não produz e, o pior: precisa se afastar para tratar a saúde.

4. Melhora o clima de trabalho

A empresa que busca a ajuda de profissionais da saúde mental para assessorar os funcionários consegue trazer técnicas, muitas vezes simples, para melhorar a interação e a comunicação dentro da empresa. 

Quando se trabalha em um clima de equilíbrio e harmonia, surgem ideias criativas e os colaboradores se sentem à vontade para trabalhar.

5. Deixa os colaboradores mais dispostos

Um dos princípios básicos do trabalho é querer estar naquele ambiente, ao lado dos colegas, mostrando habilidades, conhecimento e tendo o desejo de crescer na empresa. Quando a chefia investe nesses aspectos, o funcionário se interessa pela missão da empresa e faz mais esforço para realizar um bom trabalho. Ele busca soluções para problemas e comemora os resultados. Aliás, desconfie quando alguém começa a só falar mal da empresa em que trabalha e não vê nada de positivo por lá.

6. Melhora o humor da equipe

Alguns chefes acham que fazer a linha durão e “não mostrar os dentes” é a forma mais eficiente de botar respeito no setor. Na verdade, o que precisa é ter equilíbrio e mostrar que cada um ocupa um espaço que deve ser respeitado.

Equipes formadas por pessoas com o emocional equilibrado tendem a alcançar melhores resultados. Isso porque focam em objetivos claros e trabalham juntos. Também aceitam as habilidades diferenciadas de um colega e sabem competir sem trapacear.

Pessoas bem humoradas e descontraídas tornam as tarefas menos pesadas e passam força para que a equipe não desista de um projeto.

falta de saúde mental no trabalho

7. Aumentam a produtividade

Produtividade não é fazer muito, mas sim fazer bem feito, em menos tempo e com menos recursos. Não adianta, por exemplo, fazer 100 peças de uma blusa em pouco tempo e a costura ficar torta

No entanto, muitas empresas têm aplicado a regra da produção num regime de exaustão. Dessa forma, o funcionário leva trabalho para casa ou fica preocupado pois não atingiu as metas. 

Por isso, cuidar da saúde mental dos funcionários é cuidar da qualidade do produto da empresa, respeitando os limites do colaborador, dando condições para que ele se aperfeiçoe e demonstrando de forma concreta o seu valor.

Como ter qualidade de vida e saúde mental no trabalho?

Faz parte do passado a ideia de que o colaborador deve ser tratado como um serviçal com medo para produzir. O acesso universal à informação faz com que as pessoas tenham mais saber sobre saúde mental e sobre produtividade. Gestores já se deram conta de que a produtividade está ligada ao bem-estar e só pessoas motivadas vão adiante.

Atividade física e ginástica laboral

Empresas modernas e conectadas com a produtividade promovem momentos, durante o período de trabalho, em que o colaborador faz exercícios de alongamento, por exemplo. Outras empresas têm espaços como quadras e mesas de jogos que dão aos funcionários momentos de descontração e atividades lúdicas.

sala de descanso garante saúde mental no trabalho

Sala de descanso

Os estudos mostram que atividades repetitivas e longos períodos de exposição a telas causam esgotamento físico e mental. Então, as salas de descanso têm o objetivo de tirar o colaborador do ambiente pesado e levá-lo a um ambiente relaxante

As salas podem ter sofás, puffs, som ambiente, revistas e livros; devem ser bem arejadas, com janelas amplas. Se for possível, esses espaços devem ser montados longe da sala de trabalho, para que o trabalhador se desligue por um instante.

É bom também organizar espaços de descanso bem atrativos. Assim, evita que o trabalhador só pegue seu celular e fique rolando a tela.

Intervalos

Os intervalos no meio dos turnos e para o almoço são comuns na maioria das empresas. É nesses momentos que ocorrem, seja na roda do cafezinho ou no refeitório, interações importantes.

O problema é quando o colaborador se sente pressionado a acabar uma tarefa e usa esses momentos para adiantá-la. Não é raro ver pessoas levando as refeições para a mesa de trabalho. Então, são esses hábitos que devem ser evitados e jamais exaltados pelos chefes.

timeboxing e home office

Timeboxing

O segredo do timeboxing é você ficar de olho no tempo que tem para realizar a tarefa, pois, se você tem uma tarefa para fazer e usa muito tempo pra ela, é bem provável que haverá procrastinação e enrolação.

Então, faça o seguinte: “devo realizar isso em duas horas”. Pronto! Você determinou um tempo e agora se responsabiliza por cumpri-lo. Se não conseguir, deve passar para a outra tarefa. Certo?

Você também pode dividir esse período em, por exemplo, várias caixas de tempo de 25 minutos em que você foca no trabalho e, entre elas, 5 minutos de descanso.

Programas de desenvolvimento profissional

Colaboradores e gestores devem aprimorar suas competências e habilidades. Sendo assim, a empresa deve ter um programa que tenha estratégias bem definidas, que se ocupem do crescimento dos recursos humanos.

O conhecimento é algo dinâmico. Hoje, mais do que nunca, as tecnologias e as formas de produção avançam em um ritmo que quase não se consegue acompanhar. Por isso, um colaborador bem acompanhado e fomentado vai dar conta dos avanços e produzir mais.

Feedback e avaliação de desempenho

O descaso com os resultados do trabalho de uma pessoa é muito prejudicial para o crescimento de qualquer empresa. Então é importante que a empresa tenha formas de se comunicar com todos os funcionários, dar retornos sobre suas atividades e desenvolver dinâmicas que convidem o funcionário a melhorar.

O trabalhador espera o feedback, pois um elogio, um comentário, uma contribuição sobre o seu trabalho é o combustível para ele continuar trabalhando.

Flexibilização dos horários de trabalho

Quando possível, é interessante que a chefia deixe que o seu colaborador flexibilize os horários de trabalho. Isso é vital, pois dá mais autonomia para o profissional e ele vira o gestor das suas tarefas dentro da sua rotina.

Uma mãe ou pai, por exemplo, pode desenvolver as mesmas tarefas do horário fixo num horário mais flexível, dando, talvez, atenção ao filho que precisa de ajuda numa tarefa escolar.

Esse profissional vai desempenhar melhor o seu trabalho, pois está mais tranquilo na área emocional.

sessão de terapia

Preparação para a aposentadoria

A aposentadoria é uma grande mudança. Nesse sentido, é muito bom que a empresa se dedique a ajudar o funcionário na transição para uma nova fase.

Isso pode ser feito através de reconhecimento e homenagens. Podem oferecer a ele um cargo de voluntário na empresa depois da aposentadoria, assim como atendimento psicológico no período anterior ao fechamento do tempo de serviço.

Dinâmicas de grupo

Nas dinâmicas, os gestores conseguem ver habilidades específicas e identificar colaboradores que podem ser mais bem aproveitados. É uma maneira de ouvir o funcionário e observá-lo interagindo. Afinal, o trabalho em equipe é, com certeza, a ferramenta mais vital para que um projeto vá para frente.

Confraternizações

O ser humano é um ser social, que precisa interagir e pertencer a um grupo.

Quando a empresa fornece momentos de confraternização, ela está motivando o colaborador e mostrando que há um ambiente positivo que não prioriza só a produção, mas também o seu recurso humano.

Também é uma forma de unir pessoas e equipes no sentido de haver uma identificação entre grupos. A gente sabe que pessoas que se aliam em torno de um propósito são mais felizes e têm boas ideias.

Saúde mental no trabalho na pandemia

Uma pesquisa recente feita por uma empresa de recrutamento e seleção de pessoal apontou um dado preocupante: 93% dos trabalhadores ouvidos reclamaram por não ter recebido um olhar diferenciado durante a pandemia do Covid-19.

Por outro lado, a pesquisa também apontou que 60% das empresas ouvidas pretendem buscar ajuda profissional psicológica para dar suporte aos seus colaboradores.

Esses dados comprovam que episódios como uma pandemia mexem com a saúde mental dos trabalhadores e os casos de ansiedade e depressão tendem a aumentar. Colaboradores doentes não se motivam para o trabalho e a empresa perde em todos os sentidos.

Cuide da saúde mental no trabalho com a Eurekka

A Eurekka quer ajudar você e a sua empresa a garantir que a saúde mental de todos os membros da sua equipe esteja em dia para que, além de se sentirem mais produtivos e comum trabalho significativo, os colaboradores também tenham mais felicidade, satisfação e bem-estar com o seu trabalho.

Para isso criamos o programa Reforma Pro, no qual você vai descobrir como recuperar a empolgação no trabalho, eliminar a exaustão emocional e conquistar as habilidades psicológicas para ter uma carreira feliz! Ficou interessado? Então clique aqui ou no banner acima para se inscrever! Mas corre que o valor especial termina no dia 20 de setembro!

Por fim, se quiser mais conteúdo gratuito sobre saúde mental, não esqueça de baixar o nosso app e seguir nossas redes sociais: Instagram e Facebook.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.4

Equipe Eurekka

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *