Saúde financeira: faça o teste e veja como melhorar a sua!

Equipe Eurekka

Uma maneira lúdica de entender a saúde financeira é compará-la com a saúde física. A pessoa que se organiza busca  o médico pelo menos uma vez por ano para fazer um checkup, faz alguns exames e verifica se está tudo bem. Com o dinheiro não é diferente, pois a gente precisa cuidar do que ganha e do que gasta.

Para ter saúde física, a pessoa come direitinho, faz atividades físicas e dorme bem. E ela faz isso a curto, médio e longo prazos. Afinal, sabe que precisa cuidar agora para ter qualidade de vida mais tarde. Então, você também precisa pensar em sua saúde financeira como tendo vários prazos. Além disso, você deve refletir sobre quanto ganha, o quanto investe, guarda e gasta.

Parece fácil, não é mesmo? Mas não é! Você precisa se organizar, se informar e ter consciência para ter uma boa vida financeira. Então, siga as dicas da Eurekka!

dinheiro, pote de dinheiro derramando moedas

O que é saúde financeira?

A regra básica da saúde financeira de uma pessoa ou de uma empresa é sempre gastar menos do que ganha. Além disso, é vital investir, guardar e planejar. Assim, em uma emergência, a pessoa tem uma quantia guardada e também pode ter uma certa tranquilidade no futuro.

Aversão à perda

Um aspecto vital na vida financeira de qualquer pessoa é tomar decisões. Ou seja, “Como vou investir o dinheiro e ter retorno garantido?” “Quanto devo guardar para ter bons rendimentos?”

Pessoas com aversão à perda têm medo de investir em ações que tenham algum risco. Ou, ainda insistem em tomar decisões financeiras que não deram certo, pois não admitem perder.

Com esse modo de agir na questão financeira, as pessoas vivem apegadas às perdas e não aos ganhos, mesmo que os ganhos sejam maiores. Estão ligadas o tempo todo ao medo de ter prejuízo. O que ocorre é que este medo pode gerar transtornos emocionais e o indivíduo precisa de ajuda psicológica.

Quais são os benefícios da saúde financeira boa?

Cada pessoa se afeta de forma diferente pela sua vida financeira. Mas, no geral, uma saúde financeira boa traz tranquilidade, estimula os projetos pessoais e coletivos, melhora as relações sociais e a qualidade do sono.

Quando se cuida do dinheiro que se ganha, os níveis de estresse são baixos e o quadro de bem-estar é maior.

Como saber se eu tenho uma vida financeira saudável?

A definição de saúde financeira pode variar de pessoa para pessoa. Então, é bom que algumas perguntas sejam feitas para que cada um saiba se está de bem com o seu dinheiro ou não. Confira:

  1. Eu consigo cobrir minhas despesas mensais só com o salário mensal?
  2. Tenho dívidas altas no cartão de crédito que não consigo pagar de forma integral?
  3. Uso o cheque especial ou empréstimo para cobrir minhas necessidades financeiras?
  4. Eu conseguiria cobrir minhas necessidades financeiras se tivesse uma despesa inesperada?
  5. Como ficaria a minha vida financeira caso eu tivesse uma perda de receita?
  6. Tenho uma tabela ou um caderno de anotações para acompanhar minhas receitas e despesas?
  7. Consigo guardar alguma quantia mensal?
  8. Analiso as despesas a curto, médio e longo prazos, fazendo a famosa pergunta: “Preciso disso?”
gestalt terapia

Cuide da sua saúde mental

Você leu até aqui que cuidar do dinheiro com um bom planejamento traz bem-estar. Então, saúde financeira é coisa séria e merece atenção.

Essa atenção não é só como guardar e como investir, mas também o cuidado emocional: estresse, ansiedade, depressão, noites mal dormidas. Afinal, a regra é fazer o dinheiro proporcionar tranquilidade e garantir qualidade de vida e não transtornos.

Invista o dinheiro poupado

Investir significa aplicar o dinheiro em algo que renda algum juro ou outro tipo de correção. Este dinheiro fica guardado em alguma instituição financeira. Então, isso é bom, pois a tendência é respeitar o prazo que ele deve ficar lá (curto, médio e longo). Então, se você aplicou um valor a médio prazo, e só poderá mexer nele daqui a 12 meses, você não cairá na tentação de gastá-lo, pois perderá os juros.

Outra forma de investir o que foi poupado é em algo material que gerará mais dinheiro. Se você trabalha com música e quer comprar um instrumento que vai melhorar o nível dos shows, por exemplo, vale a pena.

Conheça muito bem seu orçamento

A melhor maneira de fazer isso é ter uma planilha de receitas e gastos. Nesta planilha, deixe bem claras as despesas fixas, como aluguel, luz, telefone, internet, por exemplo, e as despesas momentâneas, aquelas que não são fixas.

É importante organizar as despesas do cartão de crédito e ficar de olho até quando você terá parcelas para vencer.

Descreva desejos e necessidades. A torneira do banheiro precisa ser trocada pois está pingando e isso gera desperdício e aumento da conta de água, então isso é uma necessidade. Digamos que você tenha visto um tapete novo para a sala e queria muito comprar. Daí você precisa fazer a pergunta: “Preciso disso?” “Posso esperar entrar o décimo terceiro salário para adquiri-lo?” 

investimento e saúde financeira

Não misture despesas pessoais com as do seu negócio

Essa é uma regra indispensável, que não pode ser quebrada: as contas pessoais devem ser separadas das contas da empresa, inclusive material de limpeza, o cafezinho e tantas outras. Pessoas e empresas devem ter contas bancárias separadas e nem por um momento o proprietário deve retirar qualquer quantia da empresa para pagar contas pessoais.

Os especialistas explicam que isso vira um hábito e, depois, desorganização e falta de controle.

Teste para saber o quão saudável está sua vida financeira

Os economistas e técnicos em saúde financeira são unânimes: a saúde financeira de pessoas e empresas precisa passar pelo processo da reflexão. Isso mesmo! A gente precisa pensar sobre o dinheiro.

Por isso, a Eurekka criou o termômetro de saúde financeira para que você possa saber mais sobre como você está lidando com o seu dinheiro. Com o teste, você sabe o que precisa melhorar para cuidar melhor do seu dinheiro suado.

Este teste é uma versão de outro teste, de Reinaldo Domingos. Ele é presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros. Além disso, é autor de vários livros e criador da Metodologia DSOP de Educação Financeira. Ou seja: você pode fazer o teste sem medo, que é muito confiável! Para fazer, pode clicar aqui ou no banner abaixo.

termômetro de saúde financeira

Termômetro de Saúde Financeira

Se você é empresário, todos os anos, sua empresa passa por um balanço para verificar como está a situação financeira. Neste momento, tudo é verificado: dívidas, lucros, investimentos, pagamentos etc. Neste momento, você deve ficar atento aos sinais vermelhos da sua empresa e não fechar os olhos para eles, pois acumular dívidas só vai aumentar o seu problema.

Quanto a sua vida financeira pessoal e familiar, reforçamos que é vital ter uma planilha. Ou seja, planejar gastos a curto, médio e longo prazos e, em especial, conversar com a família sobre dinheiro.

E, por fim, se você perceber sinais de que as suas finanças estão provocando ansiedade, perda de sono e preocupação em excesso, você deve buscar ajuda de um psicólogo.

gastos desnecessários e dívidas

Cuide da sua saúde financeira, física e mental com a Eurekka

Como você viu, problemas com o dinheiro podem causar ansiedade, problemas de sono e preocupação. Por isso, a ajuda de um psicólogo pode te ajudar bastante. A Eurekka conta com psicólogos experientes e prontos para te atender. Para marcar sua conversa inicial, clique aqui.

Além disso, temos a Eurekka Med, com outros especialistas que podem te ajudar em casos mais específicos. Então, se você percebe que ficou abalado com problemas financeiros e precisa de um checkup, clique aqui e veja nossos médicos disponíveis.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *