Rotina de autocuidado: 10 passos para criar uma que funciona

Equipe Eurekka

Quando alguém fala sobre rotina de autocuidado, você imagina uma pessoa com argila verde na cara e toalha na cabeça, certo? Apesar de esta ser uma interpretação possível, a princípio, o autocuidado tem a ver com questões tanto físicas quanto mentais. Além disso, as práticas de autocuidado são para todas as idades e todos os gêneros.

Se você quer ter uma vida mais saudável e mais consciente, este artigo vai te mostrar, antes de tudo, o que é autocuidado. Depois, você verá os benefícios de cuidar muito bem de si mesmo. Por último, vamos ensinar como começar a rotina de autocuidado com 10 práticas muito simples e rápidas. Assim, você vai sentir uma diferença gigante no seu bem estar!

O que são práticas de autocuidado?

Antes de mais nada, a definição: autocuidado é simplesmente cuidar de si mesmo, ter cuidado com a sua própria existência. As práticas, sem dúvidas, podem ser físicas, como alongar, comer melhor, dormir o tempo recomendado pelos especialistas… 

Contudo, as práticas também podem ser relacionadas à nossa saúde mental: meditar e fazer terapia são alguns exemplos do que podemos fazer por nós mesmos.

Por isso, tudo que fazemos pensando na nossa saúde, física ou emocional, pode ser considerado uma prática de autocuidado. Quando você simplesmente lava o seu cabelo, por exemplo, você está praticando autocuidado. À medida que você você for lendo este artigo, vai ver que existem muitas formas de cuidar melhor de si mesmo.

As práticas também podem ocorrer de forma individual ou em grupo. Contudo, o benefício dessas atividades deve ser voltado para você! Aulas de dança, por exemplo, podem ser feitas em grupo, mas você vai se beneficiar individualmente do seu progresso nas aulas.

Quais os benefícios de uma rotina de autocuidado?

exercícios de autocuidado

A rotina de autocuidado traz efeitos amplos de bem estar emocional e físico. Vai desenvolver vários “autos” em nós, principalmente a autoconfiança e a autoestima

Além disso, também vai melhorar a sua qualidade de vida. Ao longo prazo, este efeito até diminui os seus custos com a saúde! Isso porque o autocuidado físico traz muitas melhorias à saúde e ao nosso estilo de vida, o que, por consequência, impede que algumas doenças nos atinjam.

10 passos para criar uma rotina de autocuidado infalível

Agora que você já sabe porque deve manter uma rotina de autocuidado firme, vamos te ajudar a criar uma que vai te proporcionar todos os benefícios possíveis – e o melhor, de forma super rápida!

1. Aprenda a observar o seu corpo

A frase é clichê, mas é real: seu corpo fala! E você precisa aprender a ouvir. Por isso, perceba mudanças em relação à fome, tempo de sono, cansaço, nervosismo… Assim, você vai descobrir qual área dentro de você precisa de mais cuidado.

2. Faça práticas de meditação

É comprovada – e muito incentivada pela Eurekka – as melhoras que a meditação nos traz, tanto no âmbito físico, quanto no âmbito mental e emocional. Nós temos vários exercícios de meditação guiada e mindfulness na nossa Constelação, então, você pode procurar o que melhor se encaixa para você. Confira:

3. Invista na Higiene do Sono

O sono é um aliado muito importante do nosso autocuidado e da nossa saúde mental e física. A higiene do sono consiste em eliminar tudo que pode atrapalhar o seu sono profundo. Ou seja, o uso de celular perto da hora de dormir, luzes fortes no quarto, comidas fortes ou pesadas no jantar, barulhos incômodos no ambiente… 

Melhore suas atitudes relacionadas ao sono, pouco a pouco, e, então, verá a diferença tremenda que vai ocorrer no seu descanso!

4. Tenha horários e rotina definida para o seu dia

Ter horários para suas atividades importantes ajuda a manter uma rotina forte, o que, consequentemente, vai te proporcionar uma vida mais leve e saudável. 

Isso acontece porque o seu cérebro não precisa mais se esforçar loucamente para lembrar tudo o que precisa ser feito. Com anotações e atividades rotineiras, seu cérebro pode focar no que realmente importa. Com isso, você vai ter uma maior sensação de controle e segurança.

banner sintomas físicos

5. Esteja sempre consciente do seu nível de cansaço

Este item também tem muito a ver com a rotina. Se você está acostumada a fazer muitas coisas durante o dia, então é comum que essa correria acostume o seu corpo a estar muito agitado. Porém, quando você para, sente um cansaço enorme

Este cansaço não só é ruim para você no momento em que acontece, mas também te afeta no longo prazo. Geralmente, pessoas que cuidam menos do seu cansaço adoecem mais vezes ou com mais intensidade. Veja se isso já aconteceu com você: sua vida é intensa, você raramente relaxa e, quando chegam as suas férias, você pega um resfriado logo na primeira semana.

Se você se identificou, saiba que muitas pessoas provavelmente também se identificaram. Em outras palavras, esta história mostra como o seu corpo pede socorro quando está no seu ápice.

Isso não aconteceria se você estivesse mais consciente ao longo do dia, e não só no final dele. Por isso, preste atenção aos sinais do seu corpo, perceba quando está exagerando, e descanse.

6. Não desconte a ansiedade em comida, drogas ou álcool

Utilizar a ansiedade como “desculpa” para encher a barriga ou ficar muito fora de si não é a solução. A ansiedade e o que a causou em primeiro lugar não deixarão de existir por isso. É muito mais útil você tentar relaxar com meditações ou práticas de mindfulness. Depois, pode sentar e escrever o que você poderia fazer para resolver o que te incomoda.

Porém, é importante que a ansiedade geralmente aparece por causa de problemas do futuro, que ainda não aconteceram. Se este é o caso, você precisa tentar relaxar e deixar este assunto para depois. Isso porque pode não ter como resolvê-lo agora, e pensar nessas situações só vai te frustrar.

7. Escreva sobre as suas emoções

Numa folha sulfite ou num caderno, separe 10 minutos do seu dia para escrever como se sente. Escreva quais pensamentos estão na sua cabeça. Podem ser os bons e os ruins, também! 

Este é o seu espaço. Você pode liberar a sua mente e jogar todas as complicações para o papel. Isso vai fazer com que você se sinta mais leve. Da mesma forma, também traz a sensação de que alguém te ouviu ou te ajudou a se livrar daquilo tudo que estava borbulhando dentro de ti.

8. Saiba dizer não

Isto é essencial para conseguir se livrar de comportamentos abusivos e de relacionamentos tóxicos, sejam amigos, família ou namorado(a). 

Perceba os seus limites. Tenha consciência de como você está se sentindo com o que foi pedido a você. E, principalmente, saiba que dizer “não” não te faz um pior amigo, cuidador ou namorado. Você só está cuidando de si mesmo, e isso é muito bom.

9. Tente estar no momento presente

Mais uma vez, o mindfulness é de grande ajuda. Mindfulness é sobre aceitar as nossas experiências e se enraizar no momento presente. Com essa prática, prestamos mais atenção no nosso tato, nosso olfato, nossa visão… 

Praticar esta “presença” no agora faz com que você esteja mais ligado consigo mesmo e com o mundo a sua volta. E esta conexão te trará muita alegria e consciência! Comece com práticas de mindfulness, que te ajudam a guiar sua atenção para algum lugar. Depois, pode começar a escolher que situações você quer vivenciar com mais presença.

10. Elimine gatilhos que te façam ir contra a rotina de autocuidado

queimando foto antiga

Agora, você sabe tudo que pode fazer que é bom para a rotina de autocuidado. Com isso, você também consegue deduzir tudo que está te atrapalhando de chegar neste objetivo final de saúde mental e física.

Então, tire os empecilhos que estão tirando a leveza no seu dia. Em contrapartida, caso não queira ser tão radical, você pode começar essa limpa aos poucos. O importante é não deixar de fazê-la.

Como resultado, você terá menos obstáculos, e, consequentemente, será mais fácil a sua jornada!

E para acessar mais conteúdos gratuitos como esse sobre psicologia e saúde emocional, nos acompanhe também nas redes sociais: InstagramFacebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.83

Equipe Eurekka

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *