Resiliência: tipos e 10 dicas práticas para aumentar a sua

Eurekka Psicólogos

Resiliência” não é apenas uma palavra bonita para tatuar, mas sim uma habilidade muito necessária para todos. E, apesar de aparecer bastante em redes sociais, a maioria das pessoas não entendem qual o real signficado de resiliência.

Por isso, neste texto você vai descobrir o que é resiliência de verdade, quais os tipos de resiliência, porque ela é importante para a sua saúde mental e como adquirir essa habilidade. Vem conferir!

O que é resiliência?

De acordo com o dicionário da Oxford Languages, o significado de resiliência é a “capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças”. A palavra tem relação com “elasticidade”.

Para a psicologia, a resiliência é a habilidade de responder às frustrações de forma saudável, de modo que aconteça uma recuperação emocional.

Tudo isso quer dizer que resiliência é a sua capacidade de lidar com problemas e situações difíceis, sem se render a elas, entendendo suas emoções e superando esses obstáculos. É uma habilidade mega positiva e muito útil para você.

Afinal, a capacidade de nos adaptarmos a situações difíceis é o que garante a nossa sobrevivência! Desde os tempos antigos até hoje.

Tipos de resiliência

Como foi dito, a resiliência é a força que você tem para superar obstáculos e voltar ao seu estado de tranquilidade. E isso pode se encaixar em diversas áreas da sua vida, confira:

Emocional

Capacidade de suportar fortes emoções, sejam elas negativas ou positivas, e também de superar eventos traumáticos.

Ou seja, é a habilidade de entender qual emoção está sentindo, o porquê de estar sentindo e como lidar com ela da melhor forma possível!

Acadêmica

Capacidade de suportar pressões, como prazos, grande quantidade de matérias e de entregas valendo nota ou falar em público, mesmo que te cause frustração ou medo.

Por exemplo, quando você não vai tão bem quanto esperava em uma prova, ao invés de desistir da matéria, você vai respirar fundo e encontrar meios de contornar essa situação!

Social

Capacidade de lidar com desavenças, brigas ou términos com mais leveza, superando mais rapidamente, sem remoer ou se afastar por um longo período. 

É saber se abrir para novas pessoas, mas ao mesmo tempo respeitar o seu tempo.

Resiliência e Saúde Emocional

Até aqui você já entendeu o que é a resiliência e alguns tipos. Agora nós vamos explicar o porquê dessa habilidade ser tão importante para a sua saúde emocional.

No nosso dia a dia nós somos cercados por fatores estressantes, certo? Desde as coisas pequenas, como o trabalho e a faculdade, até coisas maiores, como o término de um longo relacionamento ou a perda de alguém importante.

E quando nós não lidamos bem com essas situações, é como se fossemos absorvendo toda essas coisas ruins até que nosso corpo e mente não aguentem e entrem em colapso. Surgindo, assim, diversos problemas, como a depresão, burnout e ansiedade. Além de doenças patológicas, ou seja, aquelas que afetam o físico.

Mas, quando a pessoa aprende a desenvolver a resiliência isso tudo é evitado. Funciona assim: você passa por uma situação ruim e sofre por isso, porém você tem técnicas para que esse sofrimento não se estenda e você consiga voltar ao seu estado natural sem grandes danos físicos e psicológicos.

Ou seja, a resiliência é boa para a sua saúde mental, pois ela faz com que você consiga seguir em frente e não se prender à dores do que passou.

mulher com resiliência

10 dicas práticas para ter mais resiliência

A resiliência não é fortalecida do dia para a noite — exige tempo, esforço e dedicação. Existem esforços que são psicológicos, já que a sua capacidade de suportar e contornar os problemas dependem da sua inteligência emocional.

Mas também é necessário tomar medidas práticas no seu dia a dia para que você se torne mais resiliente!

Então, confira agora algumas dicas que vão ajudar você a ter mais resiliência!

Aceite que a mudança faz parte da vida

Muitas das dores emocionais que temos surgem porque nós não conseguimos aceitar que a vida é feita de fases e momentos, e que isso é algo padrão da natureza — não é um karma em cima de você, mas a forma natural de tudo se relacionar.

Por isso, para ter mas resiliência, é preciso que você comece a fechar ciclos e a aceitar o presente, não fique remoendo o passado!

Tenha flexibilidade

Como não podemos impedir que as mudanças aconteçam em nossas vidas, nos resta ter flexibilidade! Ou seja, estar aberto às novas possibilidades, às novas opções de amigos, empregos, aulas — enfim, de tudo!

Aprenda com os erros do passado

Tudo bem errar, isso faz parte do nosso aprendizado. Mas a pior coisa que pode acontecer é não aceitar que aquilo foi um erro e não aceitar que mudanças precisam ser feitas. Permita-se evoluir aprendendo com o seu passado!

Assim, a resiliência começa a ser construída quando você entende o porquê de algo ter dado errado e o que você pode fazer para que não aconteça de novo.

Construa uma rede de apoio

A rede de apoio é muito importante para que a gente tenha amparo no momento da mudança e, principalmente, para apontar nossos erros e nos ajudar a melhorar. Portanto, ter amigos e familiares com quem contar é essencial para criar e manter resiliência.

Além disso, outra peça essencial dentro dessa rede de apoio é o psicólogo. Pois, além de ouvir você, ele consegue identificar quais os fatores limitantes na sua vida e propõe atitudes que você pode tomar para mudar isso.

E se você quer dar esse passo para se conhecer melhor e ser mais resiliente, clique no banner abaixo e marque uma Conversa Inicial com um de nossos psicólogos! Tudo é feito de forma online e com muito profissinalismo para ajudar você!

banner terapia saúde mental com a eurekka

Cuide de você mesmo

O autocuidado permite que você se conheça melhor, saiba seus limites e seus desejos, e aja a favor disso. Então, não deixe de cuidar de si mesmo, de se dar carinho e atenção para poder ouvir o que seu corpo precisa.

Tire um tempo do seu dia para refletir, fazer algo que você goste, se exercitar, meditar, descansar e tudo o mais que ajude você a viver de forma plena, no corpo e na mente!

Mantenha bons hábitos

Como falamos, nem só de mudanças emocionais vive a resiliência! Bons hábitos, como fazer exercícios físicos e alimentação saudável, também interferem positivamente na sua resiliência. Isso porque te ajudam a manter a força física necessária para situações de estresse e ansiedade. E, além disso, ajudam a liberar hormônios que aumentam sua felicidade, calma e satisfação consigo mesmo.

Desenvolva uma atitude positiva

A resiliência não é sobre ficar se olhando no espelho enquanto repete frases positivas, mas sim atitudes positivas que você pode tomar em favor de si mesmo.

Por exemplo: vamos supor que você terminou com seu namorado/namorada e, ao invés de ficar apenas repetindo “eu segui em frente”, você realmente comece a seguir em frente com atitudes práticas. Como parar de seguir essa pessoa nas redes sociais, sair mais com seus amigos, eliminar gatilhos e dar mais atenção para si!

Sorria

É cientificamente comprovado que o sorriso libera hormônios como a endorfina, que é responsável pelo bem-estar. Isso significa que, ao sorrir, você sente menos medo e ansiedade. Além de se sentir mais calmo e leve!

Mas entenda: a resiliência não é só sobre colocar um sorriso no rosto enquanto por dentro as coisas não estão bem. É necessário todo esse conjunto de ações!

Saiba mais: Sorrir faz bem!

Tenha jeitos de aliviar a tensão

Para conseguir ser resiliente é necessário ter alguns truques na manga na hora da tensão. Assim, quando você estiver estressado, ansioso, confuso ou com medo você já vai saber o que precisa fazer para contornar a situação.

Existem muitas opções e você pode escolher qual você gosta mais! Por exemplo, a meditação, leitura, escrita terapêutica e muito mais!

Dica: você pode encontrar várias técnicas simples e rápidas clicando aqui!

Se esforce nas suas metas e objetivos

Se você tem um objetivo é preciso pensar em quais metas diárias você vai estabelecer para chegar até esse objetivo maior. Por isso, coloque no papel qual o seu maior objetivo no momento e quebre esse objetivo em micropassos, ou seja, pequenas ações diárias que leverão você ao seu objetivo maior.

Dessa forma, ao alcançar essas pequenas realizações, você vai ficar mais feliz consigo mesmo e mais forte para enfrentar os desafios com muita resiliência!

sede porto alegre

A Eurekka ajuda você a ter resiliência

Começar novos hábitos pode ser uma tarefa difícil. Talvez a inconstância tenha atrapalhado você ou até mesmo o apego ao passado.

E, se você quer ajuda para começar a ser mais constante, resiliente e bem resolvido, a Eurekka pode ajudar você!

Nós somos a maior clínica de Psicoterapia Online do Brasil e realizamos mais de 5.000 atendimentos mensais! Por isso, nossos psicólogos têm muita experiência e são capacitados para ajudar você de forma profissional e humana.

Quer dar o primeiro passo para ser mais resiliente e feliz? Clique aqui e marque sua Conversa Inicial!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Eurekka Psicólogos

A Eurekka é uma Clínica de Psicologia especializada em terapia online que atende pacientes de todo o mundo. Os Psicólogos da equipe são treinados para aplicar a Terapia Cognitivo Comportamental de última geração nos mais diversos problemas: ansiedade, depressão, traumas, fobias, autoestima, disciplina, relacionamentos e muito mais.

2 replies on “Resiliência: tipos e 10 dicas práticas para aumentar a sua”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.