Relacionamento saudável: 10 sinais de uma boa relação

Equipe Eurekka

Você está procurando um novo amor? Ou talvez já tenha um antigo amor que anda meio mal das pernas… não importa qual é a sua situação atual: saber quais os sinais de um relacionamento saudável é sempre vital para nortear a sua busca e o seu jeito de agir dentro de uma relação.

Por isso, hoje a gente traz para você dicas para um relacionamento saudável. Se você já está em uma relação, saiba que essas dicas também servem para reacender a chama do amor e manter uma relação duradoura e prazerosa! Boa leitura!

Características de um relacionamento saudável

Cada relação é única, e o passado dos envolvidos pode ter muito peso em uma relação. Se a pessoa não cuida de seus traumas ou problemas anteriores, é comum que eles surjam de novo na relação atual. Por isso, não deixe de desenvolver o seu autoconhecimento.

Um relacionamento saudável é regado de confiança e respeito. Assim, mesmo que tudo não seja um mar de rosas, não há cobranças desproporcionais e as brigas são resolvidas com rapidez. Além disso, existe muito apoio e torcida para que ambos consigam alcançar o que querem.

Existe segredo para um relacionamento saudável?

Não há segredo para ter um namoro ou casamento leve e saudável. O que você não pode esquecer é que nada é garantido. Então, não tome sua relação por garantida e cultive todos os dias o amor, a companhia, a amizade e o bem querer.

Como ter um relacionamento saudável

Uma relação saudável depende de vários fatores, mas o mais importante é que as pessoas que estão neste relacionamento sejam saudáveis. Ou seja, é muito difícil que alguém que tenha passado por um relacionamento abusivo, por exemplo, entre em uma relação saudável sem antes receber ajuda médica e terapêutica.

Por isso, lembre-se: você sempre precisa cuidar de você primeiro e só foque em buscar um parceiro quando você estiver bem. E, se a sua relação já for saudável, mas você sente que não está tão bem, busque ajuda psicológica para se reorganizar, sem que isso afete sua relação.

Resumindo, não importa se você ainda está à procura de alguém ou se já encontrou um amor. A dica é sempre analisar se o seu relacionamento está saudável e se é isso que você deseja nas suas relações.

casal conversando

1. Vocês conversam bastante e se entendem

A conversa é a chave para uma boa relação, seja ela com um parceiro, com a família ou com os amigos, porque conversar ajuda a entender a cabeça do outro, seus sentimentos e seu passado. Quando isso acontece, a relação flui bem!

Contudo, entenda que conversar é diferente de discutir. Se vocês conversam bastante, mas brigam bastante também, não estão indo pelo caminho certo.

2. Existe respeito entre vocês

Quando o casal se desentende, não pode ter xingamentos e humilhações. Se a discussão ocorre com esse tipo de comportamento, é um sinal de relacionamento tóxico. A gente até sabe que numa conversa mais alterada, alguns gestos podem ocorrer. Como, por exemplo, alterar a voz, gesticular, caminhar de um lado para o outro, mas este é o limite. Se passar disso, analise! 

Nem você nem o parceiro devem agir sem respeito na relação. Mesmo que seja só entre vocês, em casa, sem ninguém vendo. É nessa situação, aliás, que vocês precisam ser mais verdadeiros um com o outro. Se já falta respeito dentro de casa, imagine fora dela!

3. Você se sente bem a maior parte do tempo

Quando pensa na sua relação e no seu companheiro, você fica feliz, satisfeito, alegre e com sentimentos bons. Você não sente medo, ansiedade ou culpa. Para ter um relacionamento saudável, os sentimentos, ao pensar na relação, também têm que ser saudáveis.

Claro que, se vocês acabaram de discutir, você não terá a melhor das sensações. Contudo, quando o estresse passa, você consegue avaliar o relacionamento conjugal de forma positiva, vendo muitos prós e poucos contras.

banner produtividade

4. Você sente que desperta o melhor do outro

Você olha para a pessoa do seu lado e fica feliz da vida ao ver alguém alegre, contente, aproveitando o momento e curtindo sua companhia. Isso porque é bem provável que você desperte o melhor que há dentro do seu parceiro. Quando estamos amando e sendo amados, nossas qualidades se sobressaem.

Agora, se você sente seu parceiro sempre retraído e ansioso, se ele se diverte e relaxa mais com os amigos do que com você, isso pode ser um sinal de que a relação não está muito boa. Tentem voltar ao item 1: conversem bastante e se entendam. Será que isso acontece por conta da relação atual mesmo, ou por traumas do passado?

5. Os dois têm liberdade…

Ninguém “é” de ninguém. Somos seres livres, com livre arbítrio e com responsabilidade pelas nossas vidas apenas – no máximo, responsáveis pelos nossos filhos. Por isso, um relacionamento saudável traz liberdade para os dois parceiros da relação.

Sair com os amigos é algo natural, visitar a família também, e nem sempre tudo precisa ser feito em conjunto. Vocês podem ter horários diferentes para academia, para os estudos e para o trabalho, mas também separam o tempo que é só de vocês pra curtir o amor.

6. … Mas existem limites

Mesmo numa relação que tem liberdade, é preciso também ter o respeito de que já falamos antes. Ter liberdade não significa ultrapassar os limites do bom senso, dar em cima de outras pessoas, corresponder a uma paquera ou sumir uma madrugada inteira sem avisar.

A menos que sua relação seja poligâmica, essas ações podem até ser consideradas traições. Tudo vai depender dos combinados feitos pelos dois. Ou seja, toda relação, por mais livre e descontraída que seja, precisa ter algumas “regras” de acordo com o que os parceiros acham melhor para aquela relação em específico.

Por exemplo, um casal pode achar tranquilo que qualquer um dos dois passe a noite fora, contanto que avise, para que o parceiro não fique preocupado. Já outro casal pode combinar que passar noites fora de casa só pode ocorrer em datas especiais.

relacionamento saudável

7. Você não precisa mudar

Uma coisa é você mudar ações consideradas “porcas”, como arrotar ou comer de boca aberta, para conquistar o outro e manter a relação com um ar romântico. Essa mudança, no geral, costuma se desfazer depois de algum tempo de namoro.

Outra coisa, bem diferente, é você mudar seus gostos, seus gestos e até seus horários por conta da relação. Uma pessoa que faz você se transformar em outra pessoa cem por cento diferente não parece querer uma relação contigo, concorda? 

Um relacionamento saudável tem parceiros que se sentem livres para serem quem quiserem ser, e que se sentem amados por ser quem são. Você não precisa mudar para agradar o outro. Só mude se essa transformação agradar você.

8. Os problemas são resolvidos

Se vocês brigam, isso não é motivo para terminar. É muito triste, porque  muitas relações duram menos do que poderiam pelo simples fato de que o casal não sabe resolver conflitos. Não sabem sentar e conversar como adultos sobre uma situação até resolvê-la. Preferem fazer cena de novela, com xingamentos, jogando a aliança longe, pegando as malas e indo embora.

Em um relacionamento saudável, por ter muita conversa e respeito, é fácil resolver os problemas, mesmo os mais cabulosos e cabeludos são discutidos, avaliados, colocados na balança da relação para decidir se vale a pena um término por aquela situação.

9. Existe apoio dos dois lados

Mesmo que você não ligue muito para esportes, você vai ao jogo do seu parceiro ou parceira para dar apoio e comemorar (ou chorar) com ele. Mesmo que você não goste de artes, você visita um museu para que seu parceiro ou parceira tenha um dia mágico vendo obras de artes que ele ama.

Em uma boa relação, você apoia os sonhos, planos e desejos do outro, mesmo quando não estão cem por cento alinhados com os seus planos, sonhos e desejos. Ter apoio dos dois lados é vital para a relação estar sempre em equilíbrio. Assim, o casal se sente unido e fortalecido.

10. Vocês confiam um no outro

Confiança é a palavra-chave para qualquer relação que seja. Entre pais e filhos, entre amigos, entre namorados e inclusive depois de casados. Confiar é saber que você escolheu uma boa pessoa para ter como companhia, e que ela vai respeitar os acordos feitos na relação.

Por exemplo, se o seu parceiro some por algumas horas, você vai pensar que acabou a bateria do celular ou que ele está sem sinal, e não que ele está te traindo. Isso é sinal de uma relação com confiança. 

Contudo, muitas vezes, a dependência emocional faz com que a confiança suma ao longo do tempo, desejando controlar a vida do outro e manter ele sempre para perto de si. Nesses casos, é bom buscar ajuda profissional e voltar a focar no seu autocuidado.

mãos de casal

Como manter um relacionamento saudável

Agora, se você se pergunta como manter um relacionamento saudável, saiba que a resposta não foge muito disso. Fazer com que o outro se sinta amado e respeitado é a chave para um relacionamento duradouro. Afinal, ninguém quer ficar em um lugar que não é valorizado, certo?

Então, demonstre o seu amor todos os dias nas pequenas coisas. Pense no que seu parceiro gosta e use seu conhecimento para, dia após dia, tornar os dias em casal mais especiais e valiosos. 

Se seu parceiro gosta de flores, compre buquês de surpresa, mesmo que a ocasião não seja especial. Ou, então, se ele gosta de arte, faça algo ligado ao seu artista favorito ou ao seu estilo literário. Já se vocês amam filmes, preparem então uma noite de cinema no meio da semana para relaxar

Conhecendo bem o seu parceiro e ativando a criatividade, todo dia é dia de encontro. Assim, o amor cresce cada vez mais.

Relacionamento saudável e a terapia de casal

Se você sente que a relação não está indo muito bem e não parece ser culpa de nada em específico, como um trauma do passado ou um problema pessoal passageiro, a terapia de casal pode ser uma ótima ideia.

Nessa forma de terapia, o casal vai como se fosse um só paciente, tendo um mesmo objetivo em mente. Pode ser, por exemplo, desabafar sobre os problemas da relação ou, então, reacender a chama do sexo. 

A terapia de casal é ótima para que os dois aprendam a conversar melhor entre si, brigando menos. Também ajuda a trabalhar a empatia ou, até mesmo, para resolver algo bem pontual na relação. E não se esqueça de que o local onde a terapia ocorre é um ambiente seguro, neutro e livre de julgamentos.

sede da Eurekka

Resolva seus problemas de relacionamento na Eurekka

Na minha opinião, a terapia de casal é ótima em vários contextos diferentes. Mesmo que seja algo pequenino que incomode aos dois, a terapia faz com que isso seja resolvido bem rápido, sem que isso cresça e se torne um monstro na relação.

A Eurekka ainda não trabalha com terapia de casal, mas temos planos para implementar essa modalidade em breve. Se você quer dar uma chance para a terapia individual, a Eurekka é a maior clínica de psicologia online do Brasil e pode te ajudar com isso. Para cuidar dos seus problemas em um ambiente acolhedor e sem julgamentos, clique aqui e marque a conversa inicial com um terapeuta Eurekka.

Não esqueça de conferir também mais conteúdos gratuitos no nosso blog. A gente também tem um app com conteúdos exclusivos e testes psicológicos para você se conhecer melhor!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.