Psicologia escolar e psicologia educacional: qual a diferença?

Equipe Eurekka

Você já ficou confuso sobre a diferença entre a psicologia escolar e a psicologia educacional? A verdade é que os nomes parecidos podem gerar uma certa dúvida em quem não as conhece. Mas se você pensa em trabalhar em alguma dessas áreas, é importante que você entenda como cada uma funciona!

Por isso, se você tem interesse em saber mais sobre esse assunto, continue neste texto! Hoje vamos falar sobre as principais diferenças entre e psicologia escolar e a psicologia educacional. Além disso, também vamos explicar quais as áreas de atuação de cada uma!

Boa leitura!

Qual a diferença entre psicologia educacional e escolar?

A psicologia educacional é uma subárea da psicologia que busca entender e trabalhar todos os processos mentais de aprendizagem. Já a psicologia escolar é uma subárea que tem como foco o ambiente escolar, de forma a achar meios de melhorar o aprendizado do aluno na escola.

E isso não significa que o psicólogo educacional não trabalhe na escola. Mas que sua área de atuação é mais voltada para a parte teórica. Como estudo e criação de métodos que ajudam no aprendizado.

Enquanto a psicologia escolar atua mais na interação com o aluno, com a família dos estudantes etc.

O que um psicólogo educacional faz?

Como falamos acima, a psicologia educacional busca entender o processo de aprendizagem como um todo, e não se limita ao ambiente da escola.

O psicólogo educacional produz a pesquisa e a teoria que serão fundamentais para o trabalho de outras áreas, como a da psicologia escolar, que você verá a seguir. 

Outro ponto sobre esse profisional é que ele auxilia muito dentro de uma sala de aula. Uma vez que ele pode ajudar o professor a melhorar a aprendizagem dos alunos a partir de técnicas comprovadas!

O que um psicólogo escolar faz?

O psicólogo escolar atua no ambiente da escola e nas relações presentes ali. Ou seja, esse profissional irá trabalhar em conjunto com as famílias, professores, alunos e coordenação.

Dessa forma, podemos pensar na psicologia escolar como sendo uma psicologia aplicada. De modo a colocar em prática as questões que foram estudadas pela psicologia educacional. 

Assim, esse profissional irá conversar com alunos que têm alguma dificuldade, falar com a família, com os professores e fazer tudo que for preciso para melhorar o clima escolar.

psicologia escolar e psicologia educacional

Por que é importante a orientação de um psicólogo educacional?

O psicólogo educacional é o profissional mais indicado para orientar as instituições de ensino. Isso porque, é ele quem irá estudar os melhores métodos e abordagens que envolvem o processo de ensino-aprendizagem. 

O ato de aprender algo novo envolve vários fatores. E apenas um profissional capacitado consegue identificar o modo de agir da pessoa no ambiente escolar e até mesmo na vida pessoal. De modo a aplicar técnicas que melhorem os estudos e o aprendizado.

Além disso, o psicólogo consegue dar suporte para toda a equipe que faz parte desse ambiente educacional, com a promoção de ações que visam a saúde e o bem-estar da instituição como um todo.

Atuação do psicólogo educacional na prática

Como você viu acima, o psicólogo educacional tem um papel vital nas práticas de ensino. Por isso, vamos falar agora de como esse profissional age nas escolas e como ele ajuda na construção de um local democrático e integrador.  

Orientar os professores para lidarem com situações de aprendizagem

Muitas vezes, os alunos possuem uma dificuldade que o professor não é capaz de perceber, pois não faz parte da sua área de atuação. E é nesse momento que entra o psicólogo, ajudando o professor a lidar com as dificuldades psicológicas que envolvem os alunos. 

Afinal, é muito comum encontrar alguns transtornos que precisam de atenção, como o TDAH. Assim, caso o psicólogo perceba algo do tipo, ele irá ajudar o professor a lidar com isso.

Estimular o professor a criar um ambiente saudável em sala de aula

Quando falamos na ideia de ver o aluno de forma completa, isso envolve pensar no seu ambiente de estudo. Logo, uma sala de aula saudável onde há boa convivência é muito necessária, pois estimula o aluno a aprender.

E a presença do psicólogo faz toda a diferença nesse caso. Pois ele poderá mostrar de que forma o professor pode tornar esse ambiente mais leve e acolhedor para melhorar o rendimento dos alunos.

Estimular o interesse do professor pelo desenvolvimento do aluno

Para que a aprendizagem seja efetiva, o professor precisa estar interessado na quanto o aluno está aprendendo. De modo a observar se ele entendeu a matéria e se está conseguindo acompanhar o conteúdo.

Cada aluno é único. E é possível que o psicólogo ajude o professor a entender de que forma o seu interesse real pelo aluno pode ser um diferencial no processo de aprendizagem. 

Pesquisar soluções para problemas educacionais

Outra questão que torna o trabalho do psicólogo vital, é a pesquisa para solucionar problemas educacionais. Ou seja, ao perceber que algo não está bom nesse ambiente, o psicólogo irá estudar meios de resolver essa situação.

A visão do profissional da psicologia será ampliada, pensando no que é melhor para o aluno e a instituição ao mesmo tempo. Para isso, ele atuará no campo da pesquisa.

banner formação eurekka

Atuação do psicólogo escolar na prática

O psicólogo escolar, por sua vez, atua de maneira direta com os alunos, com as famílias, com os professores e com a instituição. Sendo assim, vamos trazer alguns exemplos da prática desse profissional.

Elaborar projetos junto aos professores

O psicólogo escolar está sempre em contato com os professores e ajuda a pensar em bons projetos educacionais. Isso porque, o psicólogo atua como uma ponte entre os professores e a instituição ou os professores e os alunos.

Dessa forma, esse profissional elabora projetos que sejam bons para esse ambiente em específico. Levando em conta os aspectos psicológicos que envolvem esses três elementos (escola, professor e aluno).

Acompanhar alunos com dificuldades de aprendizagem

Não é incomum que alunos tenham dificuldades na hora de aprender o conteúdo. Por isso, é vital que a escola tenha um profissional capacitado para olhar o aluno e suas questões com mais atenção.

Diversos são os fatores que podem interferir no desempenho dos alunos e, apenas um olhar atento é capaz de identificar e intervir de maneira efetiva. Um psicólogo capacitado pode mudar vidas, pois é ele quem irá seguir de perto esse aluno e ajudá-lo no que for preciso.

Saiba mais: Mindfulness na escola.

Encaminhar alunos que precisem de outros atendimentos

Muitas vezes, o aluno apresenta dificuldades na escola, mas a origem do problema está fora do ambiente escolar. Por exemplo, pode ser que um aluno tire muitas notas baixas e, por fim, o psicólogo educacional descubra que ele está com problemas de visão. Por isso não consegue seguir a matéria escrita no quadro.

Assim, o psicólogo irá falar com a família e encaminhar o aluno para o profissional adequado.

Ou seja, o trabalho do psicólogo escolar é direcionar esse aluno. Já que não há separação entre a vida emocional, pessoal, a saúde e aprendizagem; uma interfere na outra o tempo todo. 

Elaborar projetos de orientação profissional para os alunos

Um fator que causa muita ansiedade e medo em estudantes, hoje em dia, é a questão de qual carreira seguir. De fato, há uma pressão muito grande para que os jovens saiam do ensino médio já com planos e uma profissão em mente. 

Mas essa é uma decisão difícil e que muitas vezes não é clara para o aluno. Nesse caso, o psicólogo pode ajudar o adolescente a descobrir mais a respeito de si com uma orientação profissional adequada. 

Assim, o aluno fica menos ansioso, foca mais nos estudos e começa a ter uma visão mais clara sobre suas áreas de interesse.

Orientar pais e responsáveis quanto ao processo de aprendizagem 

Outra forma de intervenção do psicólogo escolar é conversar com os pais sobre como os filhos estão se saindo na escola. Ou seja, se ele está indo bem ou não, e se precisa mais da ajuda dos pais em casa.

Isso porque o aluno passa mais tempo em casa com sua família do que na escola. Por isso, não há como pensar em ajudar o aluno sem conversar com seus responsáveis. 

Assim, o psicólogo escolar pode de dar dicas de como melhorar motivação para estudar em casa, manter os pais informados e acompanhar o aluno sempre de perto!

sede da Eurekka

Saiba mais no Clube Eurekka de Psicologia

Se você já é psicólogo ou está no final da graduação em psicologia, você precisa conhecer o Clube Eurekka de Psicologia! Esse é o apoio que você precisa para ser um terapeuta mas competente e seguro do seu trabalho!

Só quem participa do nosso Clube recebe aulas exclusivas, mentorias, materiais de apoio e ainda participa de um grupo VIP! Afinal, quem não gostaria de receber ajuda dos fundadores da maior clínica de psicoterapia do Brasil?

Ficou interessado? Então clique aqui e saiba como se inscrever!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.