A verdade sobre ser uma pessoa matinal

Equipe Eurekka

Você costuma dizer que não é uma pessoa matinal? Ou então, é daqueles que, toda vez que acorda cedo, acorda estragado, mal humorado, não consegue fazer nada? A lição de hoje tem a ver com isso. 

Contudo, se você costuma achar o período da manhã o seu pior período do dia, nós precisamos explicar algumas coisas pra você. Por isso, vamos entender por que razão algumas pessoas “não são matinais” e como mudar isso. Afinal, é possível mudar o jeito como você lida com as suas manhãs.

pessoa matinal acordando

Você é responsável pela sua vida de agora

A primeira coisa que precisamos dizer é que foi você que deixou isso acontecer. E aqui, na Eurekka, a gente já ouviu dezenas de histórias de pessoas que passaram por isso. Ou seja, elas desejavam que a vida acontecesse pela parte da tarde: estudar, ir ao médico, resolver problemas, fazer academia etc. 

O que mudou na vida dessas pessoas com o tempo? Elas passaram a acordar mais cedo e a perceber que o período da manhã rendia muito, que elas poderiam tomar um café da manhã saudável e com calma, e que muitas tarefas podiam ser resolvidas antes do meio-dia.

Você deve estar pensando “Falar é fácil”. Você tem razão! A prática desse hábito exige muito comprometimento e a responsabilidade é toda sua. A questão mais importante, contudo, é que todas as pessoas podem aproveitar melhor as manhãs.

Todo mundo pode ser uma pessoa matinal 

A verdade é que você ainda não é uma pessoa matinal. Então, você acorda em cima da hora para ir ao trabalho ou à escola, come qualquer coisa e está sempre com a sensação de tortura, de que a vida é uma correria e já contabiliza as horas pra chegar em casa e dormir de novo. Você dorme e continua acordando com a sensação de cansaço. Aliás, tem até uma certa dificuldade de assimilar informações, parece uma barata tonta.

Contudo, quando você se torna uma pessoa matinal, você começa o seu dia organizando tarefas que podem ser resolvidas antes de ir para o seu compromisso, você toma um café decente, tem a sensação de que seu dia começou produtivo. Por exemplo: marcou consulta médica, estendeu as roupas no varal e fez a lista do supermercado antes de sair para o trabalho. 

Ou, então: tomou um banho relaxante, leu 5 páginas de um livro, tomou café e deixou a louça lavada. Você entendeu a importância que essas tarefas feitas tem no total do seu dia?

Imagine você chegando em casa no final do dia, encontrando uma pia cheia de louça, roupas para estender, consultas não marcadas, leituras não feitas e aquela preguiça de ir ao supermercado fazer as compras!? É desanimador!

Assim, uma pessoa não matinal, além de não se organizar para render a manhã, ela se frustra, pois vai para o trabalho pensando: “quando eu chegar em casa, vou cumprir minhas tarefas, fazer um monte de coisas”. Muito bem! Ela chega em casa, à noite, e descobre que não tem disposição pra cumprir essas tarefas e nem tempo

E o mais importante: quem acorda cedo e sai para o trabalho com várias tarefas cumpridas, recebe de bônus a sensação de maestria, de que venceu alguma coisa e cumpriu uma pequena missão. 

banner produtividade

Como é o cérebro de uma pessoa matinal?

Existe um mecanismo no nosso cérebro que “controla” o nosso sucesso. Isso existe para todos. Ele está sempre avaliando o quanto de sucesso a gente está tendo nas nossas atitudes. Então, você acorda, pega o celular e aperta a função soneca. Neste momento, essa parte do seu cérebro que está avaliando seu sucesso já vai pensar “opa, fiz alguma coisa errada.

Na sequência, você acorda meio atrasado e tem que correr para fazer o seu café da manhã. Seu cérebro já fala “putz, uma segunda derrota. Hoje não sou eu que estou dirigindo o meu dia, é o dia que está me atropelando.”

Você se atrasou para sair de casa; chega ao trabalho atrasado; se junta ao grupo de funcionários ansiosos e estressados; e o seu cérebro vai montando uma sequência de pequenas derrotas. E aí você chega no fim do dia e pensa “que dia horrível”. Sabe por que foi um dia horrível? 

Porque ele começou mal e porque você teve uma sequência de pequenas derrotas desde que acordou. A primeira derrota foi o botão soneca. A segunda derrota foi a correria para fazer o café. A terceira derrota foi chegar atrasado ao trabalho. A quarta derrota foi você ter falado uma bobagem pro seu colega de trabalho… Assim, o seu cérebro começa a produzir ansiedade.

cachorro bravo e triste

Ansiedade e tarefas acumuladas

A ansiedade é uma das emoções que temos. O seu cérebro a produz quando ele acredita que o mundo lá fora é perigoso e que você tem que ficar alerta, afinal, você não está sabendo viver direito. O cérebro começa a produzir ansiedade, afinal, a ansiedade deixa você mais alerta

Então, quando você começa o seu dia com uma sequência de pequenas derrotas, você gera uma ansiedade tóxica. Agora pensa no contrário: quando você começa o seu dia com uma sequência de pequenas vitórias, se torna uma pessoa mais pacífica, calma, tranquila.

Em vez de você sentir que está sendo atropelado pelo dia, você sente que está dirigindo aquele dia. Você quer começar o dia e saber que está no comando da sua rotina ou quer sentir que você está sendo atropelado pelo dia?

Benefícios de ser uma pessoa matinal

Não vamos falar de nada mágico aqui. Não existem premiações incríveis para acordar cedo, é só o óbvio. Para a Eurekka, o maior benefício de acordar cedo é que você consegue se liberar de várias coisas já pela manhã. O seu dia mal começou e você já riscou vários compromissos da lista.

A grande vantagem de você ser uma pessoa matinal não é para que você fique postando no Instagram #clubedascincodamanhã. Nada disso! O objetivo é que você tenha tempo livre para criar o que quiser naquele momento e para que comece o dia com uma sequência de vitórias.

Se você começou o dia com uma sequência de vitórias, a ansiedade já foi derrotada naquele dia. Então, pense: você acorda uma hora antes do que você acorda hoje. E não tem nenhum compromisso, porque, nesse momento, em dias comuns, você estaria no sono profundo. Então, você consegue parar e pensar: o que eu quero cumprir com a minha manhã?

Dá para encaixar leitura, meditação e exercícios físicos nessa uma hora a mais? Claro. Veja só:

  • Você primeiro levanta, e vai fazer um café e toma seu café da manhã. Pronto, já matou uma das questões. 
  • Depois, você pode fazer exercício
  • Enquanto você faz exercício, põe o fone de ouvido e escuta um podcast ou escuta um audiobook. Pronto, você já matou a leitura e o exercício.
  • Aí você volta e faz a sua oração ou sua meditação matinal. 
  • Por fim, faz uma lista das suas prioridades para o dia. 

Agora me diz: o que vale mais a pena? Eu dizer que eu não sou uma pessoa matinal ou eu dar um jeito de acordar cedo?

pessoa matinal se alongando

Acostume o seu corpo para ser uma pessoa matinal

O que você acha que aconteceria, por exemplo, com um recruta do Exército que não é uma pessoa matinal, mas no treinamento do exército tem que acordar às seis todos os dias? Se ele ficar um mês ou mais no Exército acordando às seis da manhã, todo dia, com o trompete, o que acontece? Esse recruta ia virar, quase que por mágica, uma pessoa matinal

Afinal, o corpo humano não é burro. Ele se adapta à realidade. Então, se este cara passar seis meses no Exército, acordando todo dia às 6 da manhã, e voltar para casa, ele acordaria naturalmente às seis da manhã todo dia.

Somos um animal de hábitos. A verdade é que você não está disposto a sentir o desconforto de acordar às 6 da manhã todo dia. Você pensa que é muito mais gostoso dormir até às oito. Só que, dessa forma, você troca a sensação de desconforto que traz microvitórias por uma sensação muito pior, que é não estar no controle da sua vida.

Dica prática para ser uma pessoa matinal

Vamos começar, agora, uma ajuda prática para se tornar uma pessoa matinal. Amanhã, você vai tentar acordar 15 minutos mais cedo do que você geralmente acorda. E você vai fazer alguma coisa produtiva nesses 15 minutos. Preparar um café da manhã saudável, ler, o que seja. Não prometemos que você acorde se sentindo bem, mas prometemos que você terá 15 minutos à sua disposição para fazer o que quiser.

A vida é essa troca constante entre ter um pequeno prazer no curto prazo e construir uma vida nobre no longo prazo. A maioria das pessoas escolhe o curto prazo. Elas escolhem ter uma pequena facilidade agora e deixam para depois essa história de ser nobre, de viver uma grande vida.

Isso é como se fosse uma doença que todo mundo tem. É o problema de se importar muito mais com o curto prazo do que com o longo prazo. E a gente tem que vencer isso ao longo da vida. Acordar cedo e criar hábitos bons é uma forma de vencer isso.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.