Objetivo de um relacionamento: como escolher a pessoa certa

Equipe Eurekka

Você realmente sabe qual é o objetivo de um relacionamento? Muitas pessoas não entendem, ou nem mesmo procuram pensar sobre qual o propósito de um namoro. Por causa disso, elas tomam as piores decisões sobre quem escolher para namorar ou ter uma relação.

Por isso, vamos explicar tudo isso nesse texto,  para que você pare de cometer esses erros, entenda qual o sentido de um namoro e como escolher bem um parceiro ou parceira. Além disso, vamos dar dicas sobre como investir em você, também!

Objetivo de vida

Você já se perguntou o que é objetivo de vida? Bom, a maioria das pessoas não separa um tempo para refletir sobre o que vou te contar agora. Contudo, é um jeito muito simples de enxergar a vida, e eu acho que pode te ajudar.

Você tem que entender que algumas coisas na vida são os fins e outras coisas são os meios. Por exemplo, eu tenho um objetivo, que é ganhar 100 mil reais. E há muitos meios para chegar a esses 100 mil reais.

Eu posso conseguir um trabalho que me pague 25 mil reais por mês. Dessa forma, eu trabalho por quatro meses e chego a cem mil reais. Ou, eu posso também trabalhar como vendedor de cachorro quente pra chegar a 100 mil reais, o que deve me custar alguns anos. Existem muitos meios para chegar nesse fim.

Talvez você tenha um outro fim, como, por exemplo, “eu quero ser um bom filho“. Isso é o fim. Existem muitos meios para ser um bom filho.

Você pode ser um bom filho pensando em como agradar os seus pais; ajudando seus pais a arrumarem coisas da casa ou resolverem problemas; ou no momento de doença; estar presente para os seus pais, apoiando, dando força. Existem muitos meios para esse fim.

Mas pare e pense: a sua vida tem um fim? Qual é o fim da sua vida? Ou seja, qual o objetivo da sua vida? Porque quando se entende que a vida tem um fim, um propósito, então vai entender que todas as outras coisas na vida são meios para esse fim. Os objetivos de vida vão nos ajudar a nortear nossas decisões. Comece a pensar qual é o seu objetivo de vida.

O que é ser feliz para a Psicologia

Nós, psicólogos, não podemos responder essa pergunta. Isso porque a pergunta da felicidade, “o que é ser feliz?”, é uma pergunta para Filosofia, para Teologia, para espiritualidade, enfim, para outras áreas do saber que não a Psicologia. Também é difícil responder o que é preciso para ser feliz.

Mas vamos assumir, por enquanto, que a felicidade é ter uma vida plena. E cada um define o que é uma vida plena. Vamos supor que ter uma vida plena, por exemplo, é uma vida cheia de propósito.

E se você quer receber dicas de como ser mais feliz em diversas áreas da sua vida, clique banner abaixo!

Banner clube do livro

Como saber se estou fazendo o certo?

Se você entende que o objetivo da vida é ter uma vida plena, todas as coisas têm que ser meios para essa vida plena. E essas coisas podem ser classificadas. Podemos dizer que algo é bom ou algo é ruim por esse critério: se aquilo me aproxima ou me afasta da vida plena. Aquilo, portanto, é um bom meio ou um mau meio para chegar nesse fim.

Vamos usar um exemplo. João mora no Rio Grande do Sul, e quer ir para a Bahia, no Nordeste. Então, ele vai colocar como fim a Bahia. Se ele dá um passo para a frente, na direção da Bahia, ele está mais perto de seu destino. Contudo, se ele anda cem metros para trás, podemos dizer que ele está mais longe.

Assim, você responde várias perguntas comuns, por exemplo: “Como saber se estou fazendo a faculdade certa? Como saber se estou fazendo os exercícios certos?” Para responder a tudo isso, é só classificar pelo critério que você viu antes.

Como usar isso no meu namoro?

Agora, vamos trazer este exemplo para o assunto de relacionamento. Se a pessoa não tem um destino, nada faz diferença. Quando não entendemos qual o fim de um namoro, qual o objetivo de um relacionamento, qualquer meio serve.

Dessa forma, aceitamos qualquer pessoa, pois a gente não entende qual é o propósito de um relacionamento. E não dá para eu te dizer qual o propósito no relacionamento, como se fosse algo universal. Mas a ideia que eu tenho é: o propósito de um relacionamento sério é construir uma vida juntos.

objetivo de um relacionamento

Construir uma vida juntos

E esse “construir uma vida juntos” pode ser várias coisas, dependendo do que a pessoa acredita. No geral, o casal está construindo um amor, um sonho e uma vida juntos, tudo ao mesmo tempo.

Algumas pessoas vão acreditar que é necessário o casamento. Algumas pessoas vão dizer que o ideal é morar junto. Mas o que importa é ter a intenção de construir uma vida junto com a pessoa.

Se a pessoa tem esse fim na cabeça, ela olha para o relacionamento e entende: bom, o relacionamento é um meio para esse fim de construir uma vida junto com alguém, dividir a vida com alguém. Tendo um destino na cabeça, você começa a pensar sobre o meio.

Ou seja, quando você tem um destino, você pensa sobre o veículo que está te levando para aquele destino. Você é capaz de olhar para a pessoa que está com você. E o melhor seria se conseguisse pensar assim: essa pessoa me aproxima de uma vida plena. Ou, ainda, “essa pessoa é com quem eu imagino dividir uma vida”.

Você pode fazer essa análise desde o primeiro encontro, o primeiro beijo, o momento em que a pessoa encostou em você e demonstrou interesse amoroso por você. É nessa hora que podemos pensar: eu não estou aqui de brincadeira. Eu não estou nessa vida para ficar de zoeira e buscando ter sensação prazerosa atrás de sensação prazerosa.

A vida tem um fim, e a pessoa terá certos meios. O objetivo de um relacionamento é dividir a vida com alguém. Se alguém tem esse objetivo no relacionamento, por que escolheria estar com uma pessoa que ela não enxerga como alguém com quem ela gostaria de dividir a vida?

A Psicologia e os relacionamentos

Na Psicologia, vemos muitas pessoas sofrendo, seja na terapia ou fora dela.  E muitas pessoas que estão sofrendo no amor, na verdade, sofrem porque não entenderam o propósito de um relacionamento.

Muitas pessoas acreditam que o propósito de um relacionamento é você encontrar uma pessoa que você ache bonita, goste da personalidade dela, e passe um tempo prazeroso com ela. É, resumindo, encontrar uma boa companhia fixa e trocar carinhos. Mas, por tudo que eu já escrevi até aqui, você já pode perceber que este não é o caminho.

objetivo errado de um relacionamento

Por que relacionamentos dão errado

Se o objetivo de um relacionamento é sentir coisas boas com alguém, esse propósito está condenado a fracassar, porque a gente sempre se acostuma com outra pessoa.

Chega o momento em que a pessoa não consegue mais surpreender o outro. Nesse caso, a pessoa teria que deixar de ser ela mesma se ela quiser continuar nos dando sensações prazerosas.

Se a gente usa as nossas sensações de prazer como uma bússola para saber se um relacionamento tem futuro ou não tem futuro, todos os nossos relacionamentos estão condenados. A gente está condenado a ser a pessoa que se casa sete vezes, porque ainda não encontrou a pessoa que satisfaça.

Essa pessoa está achando que o propósito de um relacionamento é simplesmente passar um tempo bom com alguém. Isso não quer dizer que você não possa escolher esse propósito para sua vida – você pode. Só que o futuro pode ser meio complicado.

Se você pensa que o objetivo de um relacionamento é, pelo menos, dividir a vida com alguém, então você sabe que dividir a vida com alguém não é só uma questão de prazer, mas uma questão de quais qualidades de convivência aquela pessoa tem.

Como escolher uma pessoa para namorar

Pensando nas qualidades de convivência que eu citei, pense:

  • Essa é uma pessoa gentil, que tem o costume de fazer gentileza para os outros?
  • Ela é amorosa?
  • Ela me escuta? Eu me sinto compreendido?
  • Essa pessoa é trabalhadora, com capacidade de nos ajudar como família no futuro?
  • Eu poderia ter uma família estruturada com essa pessoa? Que pudesse dar segurança para nós e para os nossos futuros filhos?

Quando você pensa que o objetivo de um relacionamento é dividir uma vida junto daquela pessoa, fica muito mais claro que a coisa mais importante não é a sensação que a pessoa te causa, mas as qualidades de caráter, as qualidades de convivência que ela tem.

Outras qualidades para namorar

É óbvio que essa pessoa precisa te fazer sentir coisas boas também. Você tem que achar ela bonita, inteligente, atraente, admirável. Mas, se o objetivo é dividir uma vida e não só ter uma boa companhia, fica muito mais óbvio o que você tem que observar na pessoa. Você tem que observar as qualidades dela.

casal trabalhando

Como conseguir uma namorada ou namorado

Além disso, também fica óbvio, pensando assim, que se você quer atrair um parceiro, além de cuidar da sua aparência, você também tem que cuidar das suas qualidades. Você é uma pessoa que tem qualidades? Por exemplo:

  • Você se esforça para ter qualidades?
  • Você tenta ser cada dia mais educado?
  • Está sendo gentil?
  • É trabalhador e disciplinado?
  • Tenta ser cada dia mais honesto?

Isso é se esforçar para ter qualidades. Não é só se esforçar para ter a foto mais bonita no Instagram. Não tem nada de errado em ter uma foto bonita, mas o que vai manter a pessoa com você não é a sensação que você causa nela. Mesmo que você tenha o corpo perfeito, o rosto perfeito, mesmo que você seja um modelo, vai chegar o momento que a pessoa vai se acostumar com você.

Isso não quer dizer que o parceiro vai desprezar você. Mas, se a única coisa que você oferece para a relação são as sensações que você pode causar com o seu corpo no corpo da outra pessoa, o que vai sobrar quando isso já não fizer mais efeito? Ou quando isso não for tão mágico como foi nas primeiras semanas ou meses de relacionamento?

O que vai sobrar são as qualidades de caráter e as qualidades de convivência que você adquiriu. Então, resumindo, a vida tem que ser entendida como algo que tem fim e meios. Da mesma forma, o relacionamento tem fim e a pessoa vê seu meio. A relação que será construída vai ser esse meio.

Como saber se estou em um bom relacionamento

Para saber se seu namoro ou casamento está indo bem, ou para ter um bom relacionamento desde o começo, você tem que avaliar os meios, o quanto eles cumprem aquele fim que você deseja.

É por isso que, se o fim de uma relação é dividir uma vida juntos, você tem que olhar para as sensações que a pessoa causa e também para as qualidades de convivência. Pois queremos estar com uma pessoa atraente, com uma pessoa interessante, mas temos que olhar para o que vai manter vocês dividindo essa vida juntos.

sede da Eurekka

A Eurekka quer te ajudar a encontrar o objetivo de um relacionamento

Espero que esse texto tenha te ajudado e que você não desista de encontrar a pessoa certa! Mas não espere e desenvolva as suas qualidades também. Para isso, a Eurekka tem psicólogos preparados para te ajudar nessa missão de ter um objetivo para o seu namoro.

Além disso, a terapia é muito boa para gerar mais autoconhecimento e prover mais autocuidado. Por fim, nossos terapeutas humanizados e escolhidos a dedo vão poder analisar com você várias situações e sentimentos diferentes, e, ao trabalhar tudo isso com você, vai te fazer sentir mais autonomia na sua vida.

Mudar comportamentos é a especialidade da Terapia Comportamental que usamos na Eurekka. Clique aqui para saber mais.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.