Muco nas fezes é normal? 7 causas e quando é perigoso

Equipe Eurekka

Quando defecamos, levamos junto com as fezes uma quantia de muco fecal (muco no cocô), que pode variar de imperceptível a preocupante. Os excrementos do corpo dizem muito sobre os hábitos e a saúde de uma pessoa. Por isso é vital observar os dejetos que são eliminados do nosso corpo.

Nesse texto, você vai ler a respeito muco nas fezes a fim de saber mais sobre a sua saúde gastrointestinal e tratar o problema o quanto antes.

Como são as fezes normais?

fezes

As fezes normais devem ter uma consistência mole, mas devem conseguir de manter sua forma. Essa forma deve ser meio alongada, sendo como uma salsicha. Além disso, o ideal é que a consistência e a forma não causem dor ou dificuldade para evacuar.

Claro, há mudanças pontuais e isso não deve ser motivo de pânico.

Por isso, em 1997, criaram a Escala de Bristol, que ajuda a identificar os tipos de cocô. Assim, você sabe quando se preocupar e procurar ajuda médica.

Escala de fezes de Bristol

A Escala de Bristol divide a aparência das fezes em 7 tipos. Para chegar a estes tipos, os especialistas pensaram na velocidade do trânsito intestinal. Ou seja, o tempo que o seu intestino leva para processar o que você come. 

O ideal é que o seu trânsito intestinal não seja nem lento, nem acelerado. Ou seja, que haja um equilíbrio. Por isso, segundo a tabela, os tipos mais saudáveis de cocô são o 3, 4 e 5. Portanto, as fezes normais são:

  • sólidas,
  • moldadas em forma de salsicha,
  • úmidas,
  • têm coloração acastanhada,
  • não causam dor para sair, e
  • não apresentam nenhuma outra mudança, como ter muco, pus ou sangue.
escala bristol de fezes

É normal ter muco nas fezes?

Sim, é totalmente normal, não se preocupe! O muco é uma substância que o corpo produz para ajudar no trânsito intestinal. Então, ele lubrifica as paredes do intestino e pode surgir nas fezes, em pequenas quantias, de vez em quando. Isso não deve preocupar se a pessoa for saudável e com fezes que parecem normais.

No entanto, se o quadro não for este, um médico precisa observar seu cocô e investigar esse muco nas fezes. Assim, ele vai avaliar qual é o motivo desse muco estar surgindo.

Como identificar o muco nas fezes?

O muco é uma substância muito parecida a um catarro amarelo.

Você deve se preocupar com o muco nas fezes quando ele surgir sempre e em grande quantia. Isso pode ser sinal de um problema intestinal que chamamos de síndrome do intestino irritável. Isso ocorre quase sempre acompanhado de uma diarreia ou constipação e de cólicas.

Fique de olho se o muco nas fezes vem junto de pus ou sangue, pois este pode ser um sinal de gastroenterite infecciosa. Em especial, se a pessoa tiver febre e doenças inflamatórias intestinais, como na Doença de Crohn ou a retocolite ulcerativa.

7 possíveis causas de muco nas fezes

De repente, na rotina do seu dia, você vê que suas fezes estão juntas de uma substância mucosa e isso preocupa você. Pois bem, fique tranquilo e acompanhe as 7 possíveis causas de muco nas fezes. Então, procure o médico e veja como tratar.

Nesse caso, além do clínico geral, outras especialistas que também tratam doenças do intestino são coloproctologista ou gastroenterologista.

Intolerância alimentar e muco nas fezes

Você comeu alimentos ricos em lactose, frutose, sacarose ou gorduroso. Então, sentiu um desconforto, a barriga ficou inchada… Quer saber o que está acontecendo?

Isso ocorre pois algumas pessoas não conseguem absorver essas substâncias. Isso causa aumento da produção de gases, muco e desconforto abdominal. Quando isso ocorre, dizemos que o intestino da pessoa tem intolerância. Ou seja, não podem comer alimentos à base daquela substância.

Gastroenterite pode causar muco nas fezes

Você está com náuseas intensas, diarreia, vômitos, perda de apetite e dor na barriga? Quando isso ocorre, algum micro-organismo, como bactéria ou vírus, infectou o seu estômago ou intestino. Essa infecção causa a produção de muco que, por sua vez, sai nas fezes.

Para evitar o desconforto de uma gastroenterite, consuma água e alimentos limpos. Se você tomou algum antibiótico, também fique atento. Afinal, os antibióticos costumam “matar” as bactérias boas da mucosa intestinal. Por isso, o intestino fica desprotegido para a infecção de bichos oportunistas.

Se a diarreia for muito intensa, ela pode ser classificada como uma disenteria. As disenterias costumam ter menor volume de diarreia. Porém, pode haver sangue nas fezes, tenesmo (vontade de evacuar sem conseguir), cólicas abdominais em baixo ventre, febre e muito mal estar. Esses sintomas são alertas para se procurar ajuda médica.

Síndrome do Intestino Irritável

É uma inflamação da mucosa intestinal que você nota pelo excesso de gases, barriga inchada e períodos de diarreia que podem mudar com prisão de ventre, em especial durante períodos de muito estresse ou ansiedade.

Aliás, a Síndrome do Intestino Irritável está muito ligada a questões emocionais. Por isso, além de reeducação alimentar, você deve ficar ligado em formas de descompressão emocional e controle das suas reações ao estresse. Praticar atividades físicas também ajuda muito.

Investigue a sua situação já! Faça consultas médicas com a EurekkaMed, de forma 100% online, com receita digital aceita nas maiores farmácias do Brasil! Procure entender mais sobre o seu muco nas fezes e evite problemas de saúde mais graves no futuro.

banner eurekka med

Doença de Crohn

Essa é uma doença intestinal crônica que causa inflamação nas paredes do intestino. Além disso, tem como um sinal o muco nas fezes. Além do muco fecal, a pessoa sente muita dor abdominal, e pode ter febre e diarreia com sangue.

A doença de Crohn tem a ver com o sistema imunológico. Ou seja, se liga às defesas do corpo que atacam ele mesmo e pode ocorrer em qualquer idade.

Obstrução Intestinal causa muco nas fezes

A obstrução intestinal é uma situação na qual a passagem de alimentos ou líquidos pelo intestino fica mais difícil ou não é possível. Isso ocorre, em especial, pela presença de uma hérnia, de um tumor, pela torção do intestino ou até mesmo pela ingestão de um objeto.

Mas quando ocorre o muco nas fezes?

Por causa da obstrução, o intestino produz muco demais para tentar empurrar as fezes. No entanto, isso não ocorre e causa muita dor abdominal, muitos gases, inchaço na barriga, redução da quantia de cocô, além de muco nas fezes.

Fissura Anal e muco nas fezes

A fissura é uma pequena ferida na região do reto. Ela tem várias causas, mas pode ser causada por movimentos intestinais intensos, como diarreias frequentes, por exemplo. 

Se as suas fezes estão sempre duras e o ato de defecar é sempre difícil, você pode vir a ter uma fissura no reto. Ela dá origem à presença de sangue vermelho vivo nas fezes, muco fecal, dor ao defecar e coceira na região.

Colite Ulcerativa

A retocolite ulcerativa ou colite é uma doença inflamatória intestinal crônica. Nela, há inflamação e formação de úlceras no intestino grosso (cólon) e na camada mais superficial do reto, a mucosa. 

Esse processo causa sintomas como diarreia, hemorragia, cólicas, febre e presença de muco nas fezes.

Quando muco nas fezes é preocupante?

Quase sempre a presença de fezes com muco é uma situação fácil de tratar. Por isso, você não precisar entrar em pânico. Porém, fezes com muco branco, por exemplo, podem indicar um processo inflamatório na parede intestinal e talvez ser um sinal de intolerância a lactose ou outros problemas, como a doença de Crohn.

No entanto, se este muco estiver ligado a outros sintomas que discutimos no texto, você deve ficar alerta e buscar por um médico. 

Veja quais são esses sintomas:

  • fezes com sangue ou pus;
  • dor abdominal intensa;
  • inchaço abdominal exagerado;
  • diarreia constante;
  • odor anormal nas fezes;
  • mudança na coloração das fezes;
  • fezes com muco branco.

Alteração na cor das fezes

alteração na cor das fezes pode ser um sinal de alerta

Você leu acima que a coloração das fezes ajuda muito a identificarmos algum problema no trato intestinal. 

Para esclarecer: a cor normal de um cocô varia entre castanho claro e castanho escuro. Essa cor se dá por uma substância chamada bile, cuja produção se faz no fígado e sai junto com as fezes.

Então conheça o que cada cor indica:

Fezes verdes

Resultam do funcionamento acelerado do intestino, como é o caso das diarreias. Nesse caso, não há tempo para digerir do jeito certo os sais biliares e então as fezes ficam mais claras.

Estresse, síndrome do intestino irritável e consumo de vegetais verdes contribuem para que o seu cocô fique verde.

Fezes pretas

Se você está com o cocô bem escuro, é provável que você esteja com úlcera gástrica ou varizes no esôfago. Mas fezes escuras também são por ingestão de suplementos à base de ferro. Fique atento!

Fezes amarelas ou com gordura

No geral, as fezes amareladas resultam de uma dificuldade que o corpo tem de digerir gordura ou pela redução de bile nas fezes. Uma dica é você observar se as suas fezes amareladas têm gotas parecidas com óleo.

Doenças que causam má absorção da gordura: doença celíaca (intolerância ao glúten), pancreatite e giardíase.

Fezes brancas ou claras

Se o seu organismo está com muita dificuldade de digerir gorduras ou se você tem problemas no fígado ou vesícula biliar, é bem provável que o seu cocô tenha uma coloração esbranquiçada.

Doenças como cirrose e hepatite podem provocar fezes claras, que, n o geral, estão ligadas à presença de icterícia (pele amarelada).

Fezes vermelhas (com sangue)

A presença de sangue vivo nas fezes se deve a algum tipo de sangramento no sistema digestivo.

É mais comum que aconteça por lesões do reto, em especial a hemorroidas ou fissura anal. No entanto, sangue nas fezes deve ser sempre investigado com certa urgência, pois pode ser sinal de doença dentro do cólon, como tumores, diverticulite e doença inflamatória intestinal.

É importante chamar a atenção para o seguinte: cocô avermelhado é diferente de presença de sangue nas fezes

Por quê? Pois quando comemos uma grande quantia de alimentos vermelhos, como tomate e beterraba, ou ingerimos bebidas e alimentos com corantes vermelhos, é possível que as fezes fiquem com essa coloração.

Outras alterações nas fezes

Além de todas dicas e explicações até aqui, a gente quer deixar você ainda mais informado sobre mudanças nas suas fezes e fazer com que você procure ajuda o quanto antes. Cocô em formato de fita, alimentos nas fezes e vermes também são sinais de que a sua saúde intestinal precisa de atenção!

Cocô em fita

É um cocô de aparência fina e comprida que, de forma geral, ocorre quando a pessoa está com síndrome do intestino irritável. Mas pode ser câncer no cólon, em especial se aparecer com sangramento.

feijão pode não ser digerido

Alimentos nas fezes

É comum enxergarmos grãos de milho e de feijão, por exemplo, nas fezes. Isso não é problema e ocorre pois são alimentos ricos em fibra ou celulose e sua absorção é bem mais difícil.

Alimentos não digeridos nas fezes só são um sinal de alerta caso eles venham acompanhados de diarreia persistente, perda de peso ou outras mudanças nos seus hábitos intestinais.

Vermes nas fezes

Ao observar a presença desses parasitas nas fezes, você deve consultar o seu médico, pois há vários tipos de vermes e inúmeros tipos de antiparasitários (remédios), como a ivermectina.

Se notar alguns desses sinais e precisar de ajuda médica, conte com a gente! Clique aqui para acessar a Eurekka Med. E você pode ver outros conteúdos gratuitos como esse que você acabou de ler em nosso blog e em nossas redes sociais: FacebookInstagram e Youtube ou através de nosso Aplicativo!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.22

Equipe Eurekka

2 replies on “Muco nas fezes é normal? 7 causas e quando é perigoso”

Estou com muitos desses sintomas inclusive sangue e muco nas fezes ,meu coco não é escuro nem fino feito fita mas sinto muitas dores abidominais gases etc.fiz testes de intolerância a lactose, glúten tô aguentando resultados na endoscopia de pangastrite enatamentosa moderada ,isso tem algo a ver com meus sintomas

Leave a Reply

Your email address will not be published.