Mindfulness na escola: para que serve e como começar

Equipe Eurekka

Quando se fala em técnicas de relaxamento, a gente foca sempre nos adultos e imagina que isso só possa ser feito em academias e studios, não é mesmo? Acontece que as crianças também podem e devem praticar a meditação, por isso o assunto deste texto é o mindfulness na escola e como isso acontece na prática.

Então, a Eurekka quer mostrar pra você, pai, mãe, professor e gestor escolar, que a prática de meditação na escola muda tudo na educação emocional das pessoas e ajuda a formar um adulto mais saudável. Confira!

O que é mindfulness?

É uma prática de meditação que ajuda a pessoa a focar no presente, a ter atenção plena no momento, naquilo que está fazendo, deixando de lado o passado e o futuro.

No caso das crianças, se a gente ensiná-los a meditar, a se concentrar e respirar, com certeza, elas alcançarão mais equilíbrio nas suas emoções.

Por isso, a iniciativa de ter mindfulness na escola pode revolucionar a aprendizagem e resolver problemas comuns no ambiente escolar como concentração, agressividade e ansiedade.

Imagina que bacana antes de qualquer atividade mais estressante como provas, apresentação de trabalhos ou teatro, o professor possa conduzir um momento de respiração consciente com seus alunos! Isso é muito positivo para o controle do estresse dos pequenos.

mãe e filha se alongando

Que modificações a meditação provoca no cérebro?

Pesquisas recentes mostram que a meditação provoca mudanças no corpo. As mudanças que mais chamam a atenção são aquelas relacionadas ao aumento da massa cinzenta do cérebro.

Mas o que é a massa cinzenta? É a parte externa do cérebro e recebe este nome porque tem uma coloração acinzentada. 

E o que ela tem a ver com o mindfulness? A massa cinzenta é responsável pela nossa capacidade de pensamento, movimento voluntário, linguagem, julgamento e percepção, por exemplo. 

Nesse sentido, uma criança que, desde pequena, pratica a meditação, terá ganhos surpreendentes no futuro, melhorando todos esses aspectos citados acima.

Benefícios do mindfulness no ambiente escolar

Apesar de as crianças brincarem muito na escola, ter momentos na pracinha e interagirem com as tecnologias, o espaço escolar ainda é conhecido pelas provas, trabalhos, notas, resultados em geral. 

Então, a criançada passa a conviver com essas cobranças todas e a meditação pode ser uma ferramenta interessante para acalmá-las e dar mais confiança aos pequenos. Confira:

Redução do estresse

Imagine os momentos que antecedem uma prova de Matemática, por exemplo. A criança estudou, revisou com os pais e ouviu muitas palavras de estímulo. No entanto, continua ansiosa, pensativa, agitada, enfim, estressada.

Agora, se essa criança passar por um momento de relaxamento, de concentração no momento e aprender a controlar a respiração, é certo que o estresse vai diminuir e a confiança vai aumentar.

Diminuição da violência

O mindfulness ajuda a aperfeiçoar o senso de julgamento, de percepção das coisas e também a controlar pensamentos inadequados. Portanto, uma criança que sabe relaxar, que desenvolve a consciência do pensamento, com certeza, terá mais controle das suas emoções diante de qualquer situação.

Melhora da autoestima

A criança e o adolescente que aprendem a focar sua energia no momento, com consciência do que está acontecendo e do que está fazendo, passa a se conhecer melhor e a entender quais são seus pontos fracos e quais são os pontos fortes.

A autoestima é cem por cento isso: desenvolver autoconhecimento. É como se a criança e o adolescente se apropriassem da sua autoimagem e, a partir disso, desenvolvessem emoções saudáveis como a paciência, o perdão, a confiança.

Desenvolvimento das habilidades socioemocionais

E por falar em paciência, perdão e confiança, está aí mais um benefício do mindfulness logo nos primeiros anos de vida de qualquer pessoa: desenvolver habilidades que colaborem pra que essa pessoa conviva em sociedade de maneira equilibrada.

Os especialistas acreditam que, quanto mais cedo a pessoa treinar suas emoções, mais capaz ela será de conviver na família, na escola, no trabalho e em todos os outros setores da sociedade.

Quando você vê alguém perdendo a cabeça no trânsito, atirando um objeto qualquer no professor, ofendendo o atendente da loja, o que você pensa?

Talvez você pense que aquela pessoa esteja num dia difícil! Pode ser! Mas o mais comum é vermos pessoas estressadas e com emoções à flor da pele. E isso tem que ser olhado com mais atenção, não é mesmo?

Melhora no foco e desempenho

O mindfulness, por aumentar a massa cinzenta do cérebro, aumenta também a capacidade de aprendizagem, melhora a linguagem e a concentração.

A dica, então, é que os professores façam momentos de relaxamento e trabalho de respiração com a garotada antes de iniciar as atividades.

como o mindfulness na escola ajuda na criatividade dos alunos

Aumento da criatividade e da inovação

A meditação controla a ansiedade e desenvolve o foco. Também estimula o autoconhecimento e a consciência do que nos rodeia.

Assim, uma criança que faz mindfulness na escola desenvolve muito mais a capacidade de observar e de entender o meio em que vive, porque está mais focada.

Dessa maneira, ela consegue criar mais, perceber o que deve ser mudado ou melhorado, quem está precisando dela e como se comporta o ambiente em que vive.

Sabe aquela criança que no meio de uma atividade de pintura ou recorte, diz: “ Eu não fiz assim, porque não tinha pincéis nem tesoura” e a tesoura e os pincéis estavam o tempo todo sobre a mesa? Ou então, aquele estudante que reclama de uma certa rotina nas aulas, mas não apresenta nenhuma solução?

Pois bem! Essas são situações simples do dia a dia de qualquer sala de aula, mas que só se modificam se os alunos forem ativos, observadores, criativos e inovadores.

Como colocar a meditação em prática na sua escola?

A escola descobriu que crianças e adolescentes com emoções capengas não desenvolvem de maneira plena suas capacidades. Isso é um fato!

Assim, aos poucos, as instituições escolares estão adotando práticas que ajudem o estudante a desenvolver emoções como paciência, colaboração, confiança e muitos outros. Isso é ótimo, pois vai entregar para o mundo adultos mais saudáveis no âmbito emocional.

E o mais importante: as práticas são muito simples e você, dono de escola ou gestor público, não vai precisar investir rios de dinheiro nisso. Confira algumas dicas:

 Respiração consciente

Você sabia que de todos os processos pelos quais o nosso corpo passa, apenas alguns a gente consegue controlar? Isso mesmo! E a respiração é um deles.

Imagine que seu aluno veio da Educação Física, está agitado e você quer a atenção dele para resolver as atividades de Matemática. Vai gritar com eles? Vai xingar dizendo a eles que não corram tanto no pátio?

Pra ser sincero, não! A Educação Física é a paixão da criançada e dos adolescentes. Então, convide eles pra acalmar e fechar os olhos. Ponha uma música relaxante e peça pra que eles sintam a respiração de verdade.

Não faça isso com pressa, porque você não está perdendo tempo, está ganhando, afinal, durante os exercícios de Matemática, eles estarão mais focados.

Body scan para crianças

A tradução da expressão em inglês “body scan” é “escanear o corpo”. E é por isso que o mindfulness usa a expressão. Porque, na meditação, o “body scan” é a técnica que faz você focar seu pensamento no momento, no presente, fazendo a mente percorrer cada parte do seu corpo e prestando atenção em cada detalhe.

Na escola, a dica é pedir que a garotada deite em um colchonete. Isso elimina alguns gatilhos que tenham em volta e permite que o corpo relaxe por igual.

Peça a elas que, apenas com a ajuda da mente, sem tocar em nada, sintam o corpo, começando pelo pé. Assim, ele faz até o último fio de cabelo.

Não faça essa atividade com pressa, certo? As crianças podem até não entender tudo que está acontecendo, mas o professor deve entender que esta técnica é como se a mente saísse do corpo e observasse o corpo. Então, estimule essa entrega nos seus alunos.

Ritmo dos batimentos cardíacos

O benefício do mindfulness na escola é imediato no caso de uma criança nervosa antes de uma prova ou de um adolescente apreensivo antes de uma apresentação de trabalhos. Isso acontece porque, ao meditar, ele observa o seu corpo, ele controla a respiração e ouve os batimentos cardíacos.

Como a meditação diminui a ansiedade e aumenta o autocontrole das emoções, o aluno pode usar isso a seu favor em momentos estressantes.

Com o coração menos acelerado e respirando da forma certa, não há apresentação de trabalhos que não dê certo. Não é mesmo?

Benefícios do mindfulness para professores

A gente falou muito sobre acalmar crianças e adolescentes ansiosos e prepará-los no âmbito emocional para o mundo adulto. E é isso mesmo!

No entanto, não podemos esquecer que professores equilibrados, seguros, que desenvolvem o autoconhecimento, passam leveza para os alunos e criam um ambiente de cuidado e estímulo.

A gente sabe que professores estão o tempo todo resolvendo conflitos no espaço da escola, planejando aulas para diferentes alunos e promovendo a inclusão. Essas são tarefas difíceis, de médio e longo prazos, e o professor precisa de estímulo constante. O cuidado emocional passa ser, então, fundamental.

Por isso, antes de aplicar projetos de mindfulness com os alunos, ofereça este serviço aos professores e aos demais colaboradores da sua escola.

banner felicidade no trabalho eurekka

Por que ter a orientação de um psicólogo para implementar o mindfulness na sua escola?

A escola, seja particular ou pública, é uma empresa, que é dividida em setores e a dinâmica tem que ser boa, para que dê bons resultados.

Então, a Eurekka entende que a presença de um profissional como o psicólogo é uma forma de fazer as coisas darem certo e os resultados aparecerem de verdade.

Esse profissional avalia as demandas, se reúne com os colaboradores e projeta ações bem concretas, tanto para professores e colaboradores, quanto para os alunos.

Quanto aos alunos, o psicólogo consegue definir atividades coerentes para cada faixa etária e para cada necessidade.

A gente entende que existe boa vontade por parte de gestores, coordenadores e professores. Mas também entende que a demanda desses profissionais é muito grande e um psicólogo pode dar o suporte da maneira mais adequada. Seja na aplicação do mindfulness na escola ou em outras áreas, como a terapia.

sede da Eurekka

Saúde mental e mindfulness na escola com a Eurekka

Além de inúmeros projetos para melhorar a saúde mental das pessoas, a Eurekka tem um que é especial pra você gestor de escola: é o Saúde Mental nas Empresas.

Todo mundo já sabe que um colaborador com a saúde mental em dia produz mais e trabalha mais feliz.

Então, garantir o bem-estar emocional dos professores e demais colaboradores da sua escola contribui para que o ambiente escolar seja saudável. Um ambiente assim tranquiliza pais e alunos. Todos saem ganhando.

A Eurekka está pronta para ajudar a implementar na sua escola um projeto top de saúde mental e transformar o conceito de educação emocional, através de psicólogos capacitados e material moderno sobre o assunto.

Ficou interesado? Então clique aqui e descubra como podemos ajudar você a melhor a saúde mental dos professores e, como consequência, dos alunos!

E para mais conteúdos gratuitos, nos siga nas nossas redes socias: Instagram, Youtube e Facebook.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.