O que é Glossofobia? Sintomas do medo de falar em público

Thales Rodrigues de Almeida

Mais de 50% das pessoas sofrem de pânico ao precisar fazer alguma apresentação ou discursar em público. Você sente um pouco de ansiedade antes de fazer uma apresentação? Fica estressado(a), sente um frio na barriga e uma dor de estômago? Se você sente isso, pode ser que você tenha glossofobia.

Ao longo desse texto, você vai entender o que é glossofobia, qual é a diferença entre ela e a fobia social e quais são os sintomas dessa fobia. Além disso, verá as hipóteses que possam causar essa condição, algumas dicas para superar esse medo e, também, como é o tratamento.

O que é Glossofobia?

É muito comum se sentir ansioso em situações de exposição em público. Ficar nervoso, sentir um “embrulho” na barriga e as mãos tremendo são sintomas comuns de quem está prestes a discursar em público, apresentar um trabalho ou projeto. Porém, não é apenas disso que se trata a glossofobia.

A glossofobia é um medo extremo de se expressar para uma ou mais pessoas. Nesses casos, em situações de exposição, a pessoa sente uma ansiedade paralisante, que não é proporcional ao perigo real que a situação apresenta. Assim, pessoa “congela” e não consegue ser capaz de transmitir a mensagem que quer.

Por ocorrer em contextos parecidos, um erro muito comum é a confusão entre glossofobia e fobia social. Então, a seguir, você verá as diferenças entre essas duas fobias.

Diferença entre Glossofobia e Fobia Social

A glossofobia é um medo extremo de se expressar para uma ou mais pessoas, de discursar ou fazer uma apresentação de trabalho ao público. Por outro lado, a fobia social é definida pelo medo de estar em público e ter uma avaliação negativa das outras pessoas.

A pessoa com fobia social tem um medo muito grande de exposição. Ou seja, tem medo de parecer ridícula, de falar bobagens ou de ser observada. Além disso, quando precisa interagir com estranhos, ela tem medo de ser julgada, de sentir vergonha, de fracassar ou de não corresponder às expectativas das outras pessoas.

Assim, sabendo que a glossofobia não é apenas sentir um pouco de ansiedade antes de uma situação de exposição ao público, o que a pessoa, de fato, sente?

Sintomas da Glossofobia

Os sintomas da glossofobia podem ocorrer em momentos antes ou durante uma situação de exposição. Assim, também pode se perceber os sintomas apenas imaginando a situação que ainda não ocorreu.

A pessoa que sofre de glossofobia costuma perceber um conjunto de sintomas, que podem ser divididos em: físicos, verbais e emocionais. 

como perder o medo de falar em público

Sintomas físicos

Algumas maneiras que os sintomas físicos podem aparecer são:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Taquicardia;
  • Dificuldade para respirar;
  • Tremores no corpo;
  • Transpiração excessiva;
  • Náuseas;
  • Boca seca.

Sintomas verbais

É quando a pessoa percebe a sua voz mais fraca e trêmula. Assim, é muito comum ter diversos “hãs” entre as frases e momentos de pausa.

Sintomas emocionais

Os sintomas emocionais da glossofobia podem se apresentar como:

Principais causas da Glossofobia

É difícil definir a causa de a pessoa ter desenvolvido glossofobia, porém, existem algumas hipóteses que foram apontadas em estudos, como:

  • A pessoa ter vivenciado uma experiência traumática ao falar em público ou em um contexto semelhante;
  • A pessoa evitou durante muito tempo se expressar em público e acabou desenvolvendo essa fobia;
  • Pessoas com baixa autoestima tendem a evitar falar em público. Pois, no geral, têm medo de rejeição das pessoas, não confiam em si mesmas e percebem uma sensação de incapacidade;
  • Pessoas perfeccionistas podem desenvolver glossofobia com medo de não realizarem a apresentação perfeita;
  • Com medo de fracasso, algumas pessoas acabam não se apresentando em público para não correr este risco. Então, com o tempo, podem vir a ter com a glossofobia.
banner blog ansiedade social

Dicas para superar o medo de falar em público

A glossofobia está muito ligada à ansiedade, assim como qualquer outra fobia. Por isso, existem algumas estratégias para aprendermos a lidar com a ansiedade que surge em certas situações. 

Observe abaixo algumas dicas que irão auxiliar você a controlar a sua ansiedade e superar o medo de se expressar para as pessoas.

Aumentar a sua experiência

Você se lembra de quando aprendeu a andar de bicicleta? Você não tinha experiência nenhuma e não entendia como as pessoas conseguiam se equilibrar apenas sobre aquelas duas rodas. Mas, ao praticar e andar cada vez mais de bicicleta, essa atividade se tornou comum. Ainda que possa sentir uma pequena ansiedade antes de subir na bicicleta, não é o suficiente para paralisar você, não é mesmo?

A situação de andar de bicicleta pode ser comparada a falar em público. Aumente a sua experiência aos poucos, se coloque em situações para falar diante de uma ou mais pessoas, ainda que sinta a mão tremendo e aquele frio na barriga. Quanto mais você aumenta a sua experiência, melhor você lida com sua ansiedade.

Se familiarizar com o palco

Se familiarize com o ambiente. Apresentações de trabalhos e projetos são potenciais situações para deixar a pessoa ansiosa. Então, vá até o local antes do dia da apresentação, conheça o lugar, se familiarize e, se possível, até faça uma apresentação de treino para você ensaiar.

Praticar a respiração diafragmática

A respiração é algo automático em nosso dia a dia. Porém, com esse processo automático e a correria da vida, passamos a respirar de maneira errada. Assim, costumamos respirar como se o ar inflasse o nosso peito, e isso faz com que a nossa respiração fique rápida. Dessa forma, essa respiração oxigena menos o nosso organismo e aumenta as reações causadas pela ansiedade.

A respiração diafragmática é a maneira ideal para respirarmos, pois ela expande o nosso diafragma e leva oxigênio para o abdômen, corpo e cérebro. Dessa maneira, ela tem o potencial de aliviar sintomas de ansiedade e estresse. Então, como fazemos essa respiração?

Primeiro, inspire pelo nariz durante 4 segundos, imagine que tenha uma bexiga expandindo na sua barriga, perceba seu abdômen se movimentando na inspiração. Então, retenha o ar durante 2 segundos. Por fim, expire o ar pela boca durante 5 segundos. Assim, repita o processo por 5 minutos todos os dias antes de dormir e, antes de uma apresentação em público, realize durante 5 minutos também.

Veja o passo a passo nesse áudio de um dos nossos psicólogos:

Ser transparente

Quando você for falar em público e estiver nervoso, seja sincero: fale que você está nervoso para as pessoas que estão ouvindo sua apresentação. Assim, as pessoas tendem a entender e gera um sentimento de empatia. Além disso, como já foi exposto para o público que você está nervoso, de fato, isso tira o compromisso de si mesmo de parecer seguro e despreocupado. 

Tratamento para a Glossofobia

É vital saber que a glossofobia tem tratamento e o primeiro passo é identificar a presença da fobia. Perceba se você está sempre evitando falar em público, pois isso intensifica cada vez mais sua ansiedade, podendo se tornar uma fobia. Assim, siga as dicas acima para tentar lidar com sua ansiedade e superar essas situações. 

Assim, não hesite pedir o auxílio de profissionais

Importância da Psicoterapia para a Glossofobia

Como mencionado antes, a glossofobia é muito ligada a um sentimento de ansiedade extrema, fazendo com que a pessoa “congele” e não consiga superar a situação. 

Assim, a psicoterapia consegue auxiliar nesse processo, independente da causa de origem da fobia. Então, se você for perfeccionista, estiver com baixa autoestima ou se tiver passado por uma experiência traumática no passado, um psicólogo cognitivo comportamental tem inúmeras ferramentas para te auxiliar nesse processo.

Por fim, para ver todos os posts gratuitos da Eurekka é só acessar nosso blog, clicando nesse link. Além disso, aproveite e veja também todos os nossos conteúdos no nosso aplicativo e em nossas redes sociais: InstagramFacebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Thales Rodrigues de Almeida

One reply on “O que é Glossofobia? Sintomas do medo de falar em público”

Enfim achei oq realmente eu tenho,glossofobia não sabia q era esses sintomas,agora eu sei e vou procura ajuda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.