Felicidade no trabalho: o que faz seu colaborador feliz?

Equipe Eurekka

Você sabia que a felicidade é um estado de espírito? Dessa forma, está ligada ao sentimento de estar bem em algum lugar ou com alguém. A princípio, quando um indivíduo está em felicidade no trabalho, ele sente uma série de emoções positivas como realização, motivação e disposição.

Além disso, é importante que cada colaborador se sinta bem no seu local de trabalho, porque funcionários felizes tendem a trabalhar melhor, produzir mais e também evita a rotatividade.

No texto de hoje, você vai saber 8 práticas úteis que irão ajudar você, gestor, a tornar o seu local de trabalho um local mais atrativo. Vamos lá?

8 práticas do gestor para promover o bem estar dos colaboradores

O gestor precisa entender que é parte do seu papel fazer com que a equipe consiga conquistar suas metas, porém não basta dizer apenas “façam”. A antiga visão do chefe totalitário está caindo por terra.

Por isso, mostrar que se importa, estar junto e dividir os serviços e conquistas são algumas das ações que fazem o gestor ser uma boa liderança. É por isso que a felicidade no trabalho é tão importante.

Mas como fazer com que os funcionários se sintam bem? Acredite, isso é possível e não é complicado. Por isso, salve esse link para que sempre que tiver dúvidas possa voltar e reler. Veja essas dicas a seguir: 

1. Escute os colaboradores

Veja bem, escutar é fundamental para valorizar e reconhecer o profissional. Afinal, ele estudou e se preparou para estar naquele cargo. Por isso, essa é uma forma valiosa de dizer que a opinião dele importa.

A escuta ativa é uma arma muito valiosa dentro do local de trabalho, pois ela permite que você seja capaz de estar presente na conversa e ainda buscar entender mais sobre as dúvidas que seus colaboradores possam ter.

Sendo assim, uma empresa que não ouve os seus funcionários, não sabe o que eles precisam e, por isso, não inova. É necessário cultivar o hábito de saber falar e ouvir, assim, cada um sentirá que seu trabalho faz diferença nas decisões da empresa. Sem isso, a felicidade no trabalho vai por água abaixo.

homem com um livro no seu locla de trabalho sorrr

2. Promova feedbacks

A promoção de feedbacks é crucial para a manutenção da empresa. Afinal,, o colaborador precisa saber que seu trabalho é importante ou que não está de acordo. Com o feedback, o funcionário poderá saber onde está acertando e errando. Então, para que haja evolução, é preciso ter uma comunicação eficiente com seus funcionários.

Evite problemas de comunicação, por isso a atenção ao falar é primordial. Tome alguns cuidados na hora de promover feedbacks. Neste momento, o profissional deve estar receptivo e confortável para receber o feedback. 

Isso é importante, porque as conversas podem ter ruídos. Por isso atente-se ao fato de que o local precisa ser fechado e livre de interrupções de outros funcionários.

Lembre-se, feedback tem o intuito de promover o bem-estar e não de constranger o funcionário. Por isso, prepare antes o que será falado e garanta que a pessoa que irá receber o feedback entendeu a mensagem que você quis passar, sem distorções.

Leia também: relacionamento interpessoal no trabalho!

3. Acompanhe a saúde dos trabalhadores

Cada funcionário age e pensa de forma diferente. Sendo assim, existem aqueles que trabalham apenas por dinheiro e outros que têm ambição de crescer. É importante conhecer e entender cada caso, para que seja trabalhado de forma adequada.

Em ambos os casos, os colaboradores precisam sentir felicidade no trabalho. Se o seu colaborador está na empresa apenas por dinheiro, mas está fazendo um trabalho de qualidade, significa que seu papel está sendo cumprido. 

Entenda que a felicidade está ligada ao desempenho no meio corporativo. Por isso é fundamental que as empresas deem valor à saúde do funcionário.

Faça um plano de incentivo à saúde dos colaboradores, não só mental, mas também corporal. O corpo humano precisa estar bem no físico e no mental para estar mais feliz. 

Sem contar que colaboradores bem cuidados têm menos chance de adoecer, e com a saúde em dia, trabalham melhor.

4. Tenha um planejamento de saúde ocupacional na empresa

A saúde ocupacional é um grande vilão na vida de muitas companhias. Aliás, problemas como lesão por esforço repetitivo, depressão, transtorno de pânico, ansiedade e síndrome de Burnout são cada dia mais comuns. 

Nesse sentido, é preciso mapear a saúde dos colaboradores e planejar ações que ajudem a diminuir os riscos e aumentar a felicidade no trabalho. Uma forma de fazer isso é promover treinamentos regulares, campanhas de saúde física e emocional e mais: ter um plano de ação para doenças que fazem parte do cotidiano por mais tempo, como a ansiedade, a depressão ou até mesmo uma deficiência física.

Um local seguro e saudável promove o bem-estar por meio do sentimento de pertencimento. Além disso, não expõe os colaboradores a riscos de acidentes ou doenças ocupacionais.

Se você entende que precisa cuidar melhor da saúde mental dos seus colegas de trabalho, mas não sabe por onde começar, nós podemos te ajudar. A Eurekka possui um plano de saúde mental completo para as empresas, com treinamentos, indicadores, reuniões, atendimento psicológico e muito mais. Saiba mais clicando no banner.

eurekka saúde mental para empresas

5. Ressalte as conquistas coletivas

A empresa é um local feito por pessoas. Ninguém consegue fazer nada sozinho. Mesmo o microempreendedor individual precisa de ajuda, mesmo que seja do site que utilizou para abrir o seu CNPJ. Entender que cada um pode ajudar na sua área é importante para praticar a sinergia, então trabalhar isso é uma forma maravilhosa de desenvolver a equipe de forma exponencial.

Agora imagine pertencer a um grupo que trabalha muito e não é reconhecido? Ou pense em uma equipe que se dedicou para algum feito e o único que recebeu aplausos foi o líder? Isso faz com o que o funcionário se sinta usado e reforça síndromes como a do impostor.

Não esqueça que o reconhecimento motiva. Por isso, ressalte sempre as conquistas do grupo, faça-os acreditar no potencial da sinergia. Promova a união para que se criem laços de empatia.

6. Implemente uma cultura organizacional saudável

Esse é um dos fatores que fazem bons funcionários desistirem de empresas. Infelizmente é muito comum colaboradores tentando puxar o tapete de outros para poder crescer. 

Atitudes como essa adoecem a empresa inteira e aumentam a rotatividade. Um ambiente tóxico, sem objetivos e um plano de carreira impede que os funcionários tenham vontade de crescer e reduz muito o desenvolvimento da empresa.

7. Proporcione o home office

O home office é um excelente benefício para o funcionário e é ótimo para otimizar o tempo. Hoje em dia é muito comum ouvir que alguém passou estresse a caminho do trabalho. Uma pessoa que passa mais tempo no transporte público tende a produzir menos e se sentir menos confortável no seu trabalho.

Desde o início da pandemia, aumentaram a procura  por locais que ofereçam a oportunidade de home office. Os benefícios são diversos, como a flexibilidade, economia para o colaborador e empresa, qualidade de vida, escalas mais flexíveis e conforto.

mulher sentindo felicidade no trabalho com seus colegas de serviço

8. Inclua a gamificação no ambiente de trabalho

Também chamada ludificação, é o uso de estratégias dos jogos nas atividades do dia a dia. Essa técnica foi criada em 2002 por Nick Pelling, porém só em 2010 que as empresas começaram a usá-la como sistema de recompensas. A gamificação é o estímulo através da competição social em busca de conhecimento.

Esta técnica busca tornar o processo mais agradável e fazer com que o trabalhador se sinta mais engajado. São criadas missões colaborativas com a intenção de alcançar melhores resultados. Dessa forma, é possível acompanhar o desempenho da equipe durante a jornada de trabalho. 

Os benefícios são a melhora de habilidades como foco, colaboração e motivação. A gamificação promove a cultura de inovação. Essa é uma excelente forma de gerar ideias e aprimorar o engajamento e também  trabalha o espírito de equipe entre os colaboradores.

Por que é importante ter um colaborador feliz?

Sobretudo, a felicidade no local de trabalho tem a ver com a qualidade do serviço prestado. Se o funcionário está bem, faz um serviço melhor. Isso implica diretamente na receita da empresa. Além do mais, um colaborador feliz contribui, compartilha ideias e motiva outros. 

Por isso é tão importante que a saúde mental dos funcionários estejam bem. Uma equipe motivada que trabalha em parceria, influencia diretamente no desempenho da empresa. Além disso, como consequência, melhora o ambiente interno.

sede eurekka

Saúde mental nas empresas com a Eurekka

Saiba que cuidar da saúde mental dos seus trabalhadores é algo sério. Vários estudos comprovam que trabalhadores com uma saúde mental melhor são mais felizes, e por isso, são muito mais produtivos.

Não perca seus melhores colaboradores por conta da sua ignorância. Faça o possível para que eles se sintam bem em trabalhar com você.

Pensando nisso, a Eurekka pode te ajudar. Veja bem, o gestor não precisa fazer tudo sozinho e é natural que procure ajuda adequada para cuidar da saúde da sua empresa. Em alguns casos, o gestor cuida de muitas coisas ao mesmo tempo e pode ser que você não tenha tempo para se desenvolver nessa área.

Mas não se preocupe, você pode contar com a gente.

Por isso, conheça as soluções da Eurekka para Empresas. Temos pacotes de terapia corporativa, possibilidade de aplicação de workshops e rodas de conversa com profissionais especializados.

Temos certeza que, com a nossa ajuda, a sua empresa vai ter um salto enorme para uma melhor felicidade no trabalho dos seus colaboradores!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.