Como tomar o anticoncepcional? Ginecologista explica!

Equipe Eurekka

Equipe Eurekka

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

O método contraceptivo mais comum e usado são as pílulas anticoncepcionais, que contém uma combinação de hormônios que inibem a ovulação. Ele também modifica o muco cervical, tornando-o hostil ao espermatozoide. Existem muitos tipos de anticoncepcional e a dúvida que fica é sempre: como tomar o anticoncepcional do jeito certo?

Neste texto, você irá entender como funciona a ação da pílula anticoncepcional e dos contraceptivos injetáveis, como a mulher deve tomar pela primeira vez e como escolher a opção mais adequada para você!

Como tomar o anticoncepcional pela primeira vez?

cartela de pílula anticoncepcional

​Para evitar uma gravidez indesejada, você deve tomar um comprimido do anticoncepcional todos os dias até o final da cartela.

A maioria dos anticoncepcionais têm 21 comprimidos. Mas também existem pílulas de 24 dias e de 28 comprimidos! Nesse caso, o que muda é a quantidade de hormônios que elas possuem, o tempo de pausa entre as cartelas e a ocorrência, ou não, de menstruação.

Pílulas combinadas: estrogênio e progestina

A pílula combinada contém estrogênio e progestina sintéticos, parecidos com os que são produzidos naturalmente no corpo, e tem 99% de eficácia. O estrogênio é um hormônio sexual e sua função é preparar o útero para a possível fecundação do óvulo. E a progestina é a forma sintética do hormônio progesterona, que é produzido pelo organismo.

Juntos, eles impedem que os ovários liberem os óvulos e deixam o muco cervical mais espesso, o que dificulta o alcance do espermatozoide ao óvulo.

Como tomar o anticoncepcional de 21 dias?

Para tomar o anticoncepcional que tem 21 dias de duração pela primeira vez, você precisa ingerir o primeiro comprimido no primeiro dia da menstruação. Depois, é só seguir tomando, um por dia, até a cartela terminar.

Quando ela acabar, você faz uma pausa de 7 dias e, então, no oitavo dia, você deve voltar a tomar a pílula, mesmo que a menstruação tenha terminado mais cedo ou que ainda não tenha acabado.

Como tomar o anticoncepcional de 28 dias?

Se o seu anticoncepcional é do tipo com 28 comprimidos, você deve tomar um por dia até o final da cartela. Quando a cartela acabar, você inicia uma nova cartela logo no dia seguinte, sem pausa entre elas.

No entanto, se houver sangramentos de escape com frequência, é necessário que você procure o seu ginecologista. Nesses casos, o médico deve reavaliar a quantidade de hormônios necessária para regular o seu ciclo menstrual e, se precisar, prescrever um novo anticoncepcional para você.

Pílulas combinadas: minipílula

minipílula contraceptivo anticoncepcional como tomar

A minipílula possui só o hormônio progesterona em sua composição. A sua função é inibir a ovulação e causar o espessamento do muco cervical. A minipílula faz com que o líquido que lubrifica o útero e as trompas fique mais grosso, o que dificulta o deslocamento dos espermatozoides em direção aos ovários, adicionando uma barreira adicional contra a gravidez indesejada.

Sua eficácia é 97%, um pouco menor que as pílulas combinadas. Mas, a ausência do estrogênio permite que lactantes a utilizem mesmo durante a amamentação, sem interferir na produção do leite materno. Isso faz da minipílula a opção ideal para períodos de pós-parto!

Como tomar o anticoncepcional injetável?

O anticoncepcional injetável consiste na aplicação de uma injeção a cada mês ou a cada 3 meses. Sua função é impedir a liberação de óvulos e tornar o muco do colo do útero mais espesso, assim como as pílulas tradicionais. Além disso, a injeção deve ser aplicada via intramuscular pelo ginecologista e pode conter só a progesterona ou ser uma combinação de progesterona e estrogênio.

O anticoncepcional injetável mensal é composto por progesterona e estrogênio. Ele é aplicado até o 5º dia após o início do ciclo menstrual e a outra dose é tomada após 30 dias, independente da menstruação.

Já o trimestral, é composto apenas por progesterona. Ela é lentamente absorvida pelo organismo, o que garante o efeito do anticoncepcional por mais tempo. Ele deve ser aplicado até o 5º dia do início do ciclo menstrual e reaplicado após 3 meses.

Que horas tomar o anticoncepcional?

mulher olhando as horas para tomar o anticoncepcional

A hora que você toma a pílula não interfere na eficácia desse método contraceptivo. Mas, é essencial que você tome todos os dias e no mesmo horário, pois a quantidade de hormônios que existem nas pílulas atuais é muito pequena!

Então, se o horário de tomar a pílula varia muito, além da chance de você se esquecer ser maior, isso também interfere na eficácia. Por isso, o melhor é tomar a pílula sempre no mesmo horário.

Uma boa dica para não esquecer de tomar o anticoncepcional na hora certa é escolher um horário que seja fácil de lembrar, como após alguma refeição ou atividade cotidiana, por exemplo, e colocar um alarme no seu celular.

O que fazer se esquecer de tomar na hora certa?

Se você esquecer de tomar uma pílula, tome ela assim que se lembrar, desde que não ultrapasse o período máximo de até 12 horas do seu horário habitual de tomar o anticoncepcional. Se esse período for maior que as 12 horas, leia a bula da sua pílula para maiores informações, pois essa orientação da varia de acordo com o tipo de comprimido.

Quando tomar o primeiro comprimido do anticoncepcional?

Você deve tomar o primeiro comprimido da cartela no primeiro dia da sua menstruação e continuar tomando uma pílula por dia, no mesmo horário, até o fim da cartela. Quando ela acabar, faça a pausa correta para o seu tipo de anticoncepcional e depois recomece a tomar os comprimidos normalmente.

O que fazer se a menstruação não descer?

Normalmente a menstruação desce após 3 a 5 dias de pausa da pílula anticoncepcional. Na realidade, é um sangramento, pois a menstruação é decorrente do ciclo menstrual normal, após ovulação e quando a mulher não está grávida.

O sangramento que acontece após pausa de pílula é em menor quantidade e de coloração mais escura. Porque o endométrio, que é camada interna do útero, não cresce quando se faz uso de pílula anticoncepcional. Assim, o sangramento após a pausa pode vir no dia seguinte, 7 dias depois, ou até mesmo não vir, mesmo quando se utiliza de forma correta.

Mas, é importante descartar uma possível gestação. Faça um exame de sangue ou até mesmo um teste de gravidez de farmácia para verificar essa possibilidade. Caso o resultado seja negativo, é recomendado que você procure o seu médico.

Pílula do dia seguinte: como usar esse método contraceptivo?

camisinha vermelha pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência e, portanto, deve ser usado em emergências. Ou seja, se o sexo for desprotegido, se a proteção tiver rompido durante o ato, se a mulher não tiver tomado corretamente a pílula anticoncepcional ou, até mesmo, em casos de estupro.

O ideal é que a pílula seja tomada o mais rápido possível, pois ela tem efeito somente até 72h após a relação. Nas primeiras 24 horas, por exemplo, a eficácia da pílula é de 88%, e vai diminuindo conforme os três dias passam.

É importante lembrar que a pílula do dia seguinte não protege durante o restante do mês. Ela apenas impede a ovulação no momento da relação. Inclusive, você pode tomar a pílula, mas voltar a fazer sexo desprotegido no mesmo ciclo e ficar grávida.

Preciso consultar o ginecologista para tomar anticoncepcional?

É essencial e muito importante que você passe por uma consulta com o seu ginecologista antes de iniciar um tratamento com pílula anticoncepcional, para saber se você pode ou não tomar o medicamento. A escolha da pílula deve acontecer junto com o médico, pois somente um profissional pode indicar uma pílula que tenha menos efeitos colaterais, menor taxa de hormônios e que seja mais adequada para você.

Consulta online com Ginecologista da Eurekka

Imagem estetoscópio médico

A Eurekka é a maior clínica de psicologia online do Brasil e agora conta também com a Eurekka Med: o jeito mais fácil e descomplicado de você fazer uma consulta médica! De fato, a escolha do método contraceptivo ideal para você precisa ser acompanhada de um profissional de medicina comprometido com o seu bem-estar.

Com 1 clique você pode marcar a sua consulta com uma ginecologista Eurekka de forma presencial, em Porto Alegre, ou online, de qualquer lugar do mundo. Para saber mais sobre nossos preços e serviços, clica aqui!

Além disso nós temos diversos conteúdos gratuitos como esse que você acabou de ler em nosso blog e em nossas redes sociais: YouTubeTelegramFacebook e Instagram! 

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados