Como desenvolver resiliência no dia a dia? 5 dicas

Equipe Eurekka

O dia a dia de qualquer pessoa é cheio de desafios e exige de todos nós uma dose de adaptação. Como diz o ditado, “é preciso dar a volta por cima, sacudir a poeira e seguir”. Mas acontece que isso não é tão simples assim, por isso você precisa saber como desenvolver resiliência e conhecer as características de uma pessoa resiliente.

O estilo de vida, principalmente de trabalho das pessoas, hoje em dia, exige que elas superem situações estressantes e consigam fazer isso de maneira saudável, ou seja, sem grandes prejuízos para a saúde.

O comportamento de uma pessoa resiliente é nunca abandonar o barco diante de uma tempestade. Pelo contrário, ela age sob pressão, reorganiza a situação e encontra uma saída. Neste texto, a Eurekka vai ensinar você a como fazer isso e de uma maneira inteligente, sem afetar a sua saúde mental.

Boa leitura! 

O que é resiliência?

A palavra resiliente/resiliência vem do latim “re” ( para trás) e “salire” (pular). Grosso modo, resiliência seria “pular pra trás”.

Ora, tem um fundo de verdade nisso, porque quem é resiliente precisa sim parar, recuar, olhar o problema com mais atenção para poder tomar a atitude correta. Você já deve ter ouvido que não é nada saudável tomar atitudes no meio do furacão, no calor dos ânimos, não é mesmo?

Então, resiliência é isso: a capacidade de lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas. E mais: fazer isso com organização, com soluções e com muita elegância e tranquilidade. Certo?

Mas, Eurekka, como fazer isso? Eu meto os pés pelas mãos e boto tudo a perder. Calma, a gente vai explicar pra você como desenvolver a resiliência de um modo simples e sem impactos negativos. Continue lendo!

mulher meditando como forma de desenvolver resiliência

O que é resiliência para a psicologia?

Você sabia que o conceito de resiliência nos estudos de psicologia vêm da Física? Isso mesmo!

Na Física, resiliência significa a propriedade de resistência de um material, ou seja, sua capacidade de retornar ao estado original, após sofrer diferentes pressões.

Então, os estudos de psicologia entenderam que, ao passar por perrengues, situações de estresse e problemas difíceis de resolver, o ser humano pode desenvolver a capacidade de superar e voltar ao estado inicial ou até melhor.

Então, você leu até aqui e quer saber se é uma pessoa resiliente ou tem algumas características? A gente quer te apresentar os “7 Cs” da resiliência e ajudar você a entender melhor esse tema.

Características de uma pessoa resiliente

Não basta ter vontade de se adaptar, de mudar e superar. Você precisa agir, tomar algumas atitudes determinantes e o mais importante: agir de dentro para fora, buscando força e equilíbrio para que a coisa realmente aconteça.

Assim, uma pessoa resiliente é aquela que consegue lidar com a decepção e aprender com ela. De modo que ela não fica presa à tristeza, mas consegue seguir em frente e ainda saber como agir melhor no futuro em uma situação parecida.

7 Cs da resiliência

Este modelo foi desenvolvido pelo pediatra americano, Ken Ginsberg, para ajudar crianças e adolescentes a se tornarem mais felizes e resistentes. No entanto, o modelo serve para qualquer pessoa avaliar se é resiliente ou não e o que precisa para alcançar essa capacidade.

1. Competência

Se você tem um problema para resolver, não adianta bater na mesma tecla e repetir o erro do passado. Precisa mudar de direção e procurar uma forma mais eficiente de agir.

2. Confiança

Acreditar na sua força e na sua capacidade é um lema da vida, não é mesmo? Portanto, diante da pressão, busque a sua força interior e vá com tudo.

3. Conexão

Quando o desafio aparece, nada melhor do que termos apoio de amigos e familiares. Afinal, sozinho fica difícil, né, amigo?

4. Caráter

Diante do estresse, acione sua capacidade de separar o certo do errado, para que você consiga fazer escolhas responsáveis.

5. Contribuição

Diante de um problema, é comum o desânimo e a desesperança. Mas se você tem um propósito e a consciência de que a sua ação vai melhorar a vida de alguém, fica mais fácil atravessar as barreiras.

6. Combate

Escolha algumas armas que ajudem você a administrar o estresse e a pressão. Portanto, não vá só com a cara e a coragem, ok? Nesse caso, a terapia pode ser uma boa aliada.

7. Controle

O seu controle interno é fundamental para alcançar bons resultados. Faça terapia, respiração diafragmática, meditação. Você precisa estar sereno para que a sua saúde mental e a dos outros não entre em colapso.

Aliás, se você quer ter a oportunidade de fazer terapia com a Eurekka para ter autocontrole e tudo o mais que você precisa para desenvolver a resiliência, clique no banner abaixo e marque sua Conversa Inicial!

banner terapia saúde mental com a eurekka

5 dicas para desenvolver resiliência no dia a dia

E aí, você se identificou com algum ou alguns dos “Cs”? Saiba que ser resiliente não é fácil e essa capacidade não se desenvolve do dia para a noite. Faz parte da inteligência emocional e precisa ser construída ao longo do tempo.

Como a gente afirmou antes, a resiliência não é só um sentimento, uma vontade, ela é ação, atitude. Pois bem, o que você precisa para ser mais ativo e enfrentar a vida com serenidade?

Para trazer você para mais perto ainda dessa construção, a Eurekka vai dar 5 dicas bem práticas de como desenvolver a resiliência para você aplicar no seu dia a dia. Vem com a gente!

Desenvolver autoconhecimento

É muito importante que as pessoas conheçam as suas emoções e como reagem diante das situações. Então, é necessário olhar para si e avaliar como se sente num momento de estresse extremo, por exemplo, para que você tome a melhor decisão. Saiba que você tem suas limitações e está tudo bem lidar com elas, porque ser resiliente não é ser super-herói.

Aprender lições com as experiências vividas

Sabe aquelas pessoas que olham para trás e dizem “ quero esquecer o que passou, porque não fiz nada certo”?  A gente não concorda com isso, não, porque todas as experiências da vida ensinam algo. Portanto, aproveite para olhar com bastante atenção suas vivências e avaliar o que precisa mudar e o que pode manter.

Cuidar dos seus relacionamentos

O ser humano é um ser interativo e precisa ter amigos, colegas e amores. Não caia nessa de eu me basto, eu não quero ninguém, vou me afastar da família e dos meus colegas de trabalho. Se relacionar, trocar experiência e estar próximo de alguém é parte da sua saúde mental.

Manter uma rotina saudável

A capacidade de passar por situações estressantes com força e elegância está ligada aos cuidados que temos com alimentação, exercício físico, qualidade do sono e relacionamentos. Aos poucos, você precisa incluir na sua rotina essas atitudes, para que se torne uma pessoa mais resiliente.

Cultivar sua autoestima

A autoestima está ligada aos hábitos que você tem no dia a dia. Então, se você reservar um tempo para ler, se alimentar bem, dormir com qualidade, sair com os amigos, praticar atividade física, por exemplo, sua autoestima vai melhorar, porque você está praticando o que a gente chama de autocuidado.

Pessoas que se autocuidam são mais seguras e têm mais determinação para enfrentar situações estressantes e dar a volta por cima.

sede da Eurekka

Aprenda a ser mais resiliente na terapia

Mesmo com todas as dicas que a Eurekka deu nesse texto, pode ser que você ainda não consiga ser resiliente. E está tudo bem, porque nem sempre conseguimos trabalhar algumas questões sem a ajuda de um profissional especializado.

Por isso, a função da terapia é abordar alguns pontos que atrapalham uma pessoa de ser resiliente. Um deles é o autoconhecimento. Pode ser a autoestima também. Assim como a pessoa pode estar precisando de uma ajuda para melhorar a sua rotina de autocuidado.

O importante é se preparar para enfrentar momentos de estresse e passar por eles da maneira mais saudável possível. Afinal, a resiliência não é um dom mágico e sim uma habilidade que precisa ser construída.

Nesse sentido, ninguém melhor do que uma equipe de psicólogos e psiquiatras para auxiliar você a lidar com as suas emoções. Então, se você quer essa ajuda, por que não pedir à maior clínica de terapia online do Brasil?

A Eurekka tem psicólogos experientes e humanizados que ensinam a você ténicas da Psicologia de como desenvolver resiliência! E tudo de forma prática e embasada em estudos! Basta clicar aqui embaixo e marcar sua Conversa Inicial.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.