Como combater a depressão: 4 dicas para acabar com a depressão

Júlio Frota

A depressão já pode ser definida, junto com a ansiedade, como o mal do século. Por isso, cada vez mais, os nossos esforços são para ensinar as pessoas a como combater a depressão! Ao longo desse texto vou falar sobre atividades para sair rápido da depressão e também dar 3 dicas para você acelerar o seu tratamento e voltar à ter saúde e bem estar.

Para saber se o que você está sentindo é de fato uma depressão e não apenas uma tristeza prolongada proveniente de uma fase ruim, e se merece atendimento psicológico ou psiquiátrico, é importante que você apresente pelo menos 4 dos 9 sintomas da depressão.

No entanto, esses sintomas precisam estar presentes por, no mínimo, 2 semanas. Logo, não é algo que aconteceu ontem com você, ou nos últimos três dias, mas sim algo que está presente na sua vida há mais tempo.

Vale lembrar, entretanto, que esse post não conta como um diagnóstico e, caso você acredite que se encaixa nos sintomas, você deve procurar um psicólogo ou psiquiatra para confirmar se a depressão realmente está presente ou não.

Quais são os sintomas de depressão mais comuns?

Os sintomas são:

  • Humor deprimido;
  • Diminuição acentuada do interesse ou prazer em todas ou quase todas as atividades;
  • Ganho ou perda de peso significativo/diminuição ou aumento do apetite;
  • Insônia ou hipersonia;
  • Agitação ou atraso psicomotor;
  • Fadiga ou perda de energia;
  • Sentimentos de inutilidade ou culpa excessiva; 
  • Capacidade diminuída de pensar, concentrar-se ou indecisão;
  • Pensamentos recorrentes de morte ou suicídio, tentativa de suicídio ou um plano específico para cometer suicídio.

Se você se reconhecer em pelo menos 4 deles talvez você esteja deprimido. Se você quiser saber mais sobre depressão e descobrir se você se enquadra nesse transtorno, faça o teste de depressão grátis que a Eurekka disponibiliza.

Como se livrar da depressão e ansiedade?

Para combater a depressão você tem que unir o máximo de estratégias que você puder, no entanto o primeiro passo é mudar o seu estilo de vida. Normalmente, começamos por construir uma vida baseada em:

Ainda, ver os amigos com frequência e manter conexões sociais também pode ser crucial para a melhora da sua saúde mental. Embora esses primeiros passos sejam importantes, o tratamento psicológico para pacientes com depressão é essencial para aprender a lidar melhor com os pensamentos e sentimentos ruins que podem aparecer todos os dias.

A grande dificuldade da depressão é que você se sente triste demais para se envolver com a vida e perde o interesse nas coisas que fazia antes. Como consequência, fica mais triste porque não está se envolvendo com a vida e, então, se envolve menos ainda com a vida. Você já se viu preso nesse ciclo?

Para quebrar esse ciclo é necessário que haja intervenção por meio de terapia e, às vezes, de medicamentos. De fato, tomar remédios para depressão é muito importante nos cenários em que o seu corpo está se atrapalhando muito.

Isso porque a depressão não existe só na sua mente, ela é um conjunto de corpo e mente! Quando a gente trata esse transtorno de maneira medicamentosa é possível dar um reset mais rápido em todo o sistema.

banner psico

Existem alimentos que pioram a depressão?

A ciência ainda está estudando como os alimentos afetam o nosso humor e o nosso bem estar. Mas você pode ficar certo de que o consumo em grande quantidade de açúcar refinado ou de carboidrato refinado, ainda que traga muita energia para o seu dia a dia, tem efeitos colaterais indesejados. Por exemplo, faz você ir de um estado muito energético para um estado muito deprimido em pouco tempo!

Então, garanta que você tenha uma alimentação balanceada, ingerindo todos os nutrientes dos quais você precisa. É interessante evitar comidas industrializadas, buscando se aproximar mais da comida da avó, aquela comida de casa, mais natural.

Outra dica que tem aparecido consistentemente nos estudos é ajudar a sua microbiota intestinal consumindo alimentos fermentados, como: iogurtes, leites fermentados, chucrute etc. Esses alimentos te ajudarão a balancear, inclusive, o seu humor, agindo no seu sistema nervoso central.

Os remédios caseiros para depressão funcionam?

Se por remédios caseiros estivermos falando de:

Sim, eles ajudam! Agora, se por remédios caseiros estivermos falando de outras invenções, não tem muita evidência que suporte os efeitos a longo prazo, ok?

4 dicas para combater a depressão

As três dicas que eu quero deixar para você para ajudar a combater a depressão são:

mulher feliz venceu a depressão

1. Faça o tratamento para combater a depressão

Não importa se é com a Eurekka ou com outro profissional da saúde, você precisa buscar tratamento para depressão. Isso porque um psicólogo treinado e especializado te ajuda a combater os sintomas e a construir uma vida plena. Além disso, ele te ensina técnicas para lidar com situações difíceis e para que você nunca mais chegue ao mesmo ponto de sofrimento e tristeza que te trouxe à terapia.

Vale lembrar que a depressão é uma doença letal e que muita gente acaba tirando a própria vida em razão dela. Então, não brinque com isso, procure tratamento especializado. Inclusive, se o seu psiquiatra orientar que você tome remédios para a depressão, tome sem medo. Eles serão os seus aliados para o sucesso do tratamento!

2. Pratique atividades para sair da depressão:

Quando você ativa seu corpo, ele naturalmente libera hormônios que vão ajudar a melhorar o seu humor e a trazer mais resistência diante das situações difíceis que aparecerem. Então, não importa se você vai caminhar em volta de casa ou subir e descer as escadas. Qualquer exercício é melhor do que nenhum exercício!

Aos poucos, você vai construindo uma rotina mais agitada e movimentada.

3. Saia com seus amigos

Outra atividade que ajuda muito é ver os amigos, já que se reconectar com as pessoas é importante para você. Porém, se os seus amigos moram em outra cidade ou são difíceis de acessar, não tem problema apenas mandar um WhatsApp ou ligar para eles e passar um tempo conversando. É tão gostoso e tão importante se reconectar com as pessoas!

No entanto, quando estamos depressivos, é natural pensar: “Mas eu não vou ter nada de bom para dizer, o que o meu amigo vai querer conversar comigo?”.

Contudo, essa é uma oportunidade de você colocar a outra pessoa no primeiro plano da conversa. Pergunte e se informe sobre seu amigo, sobre como está a vida dele etc. Se ele perguntar para você como você está, não precisa mentir, mas volte o foco da conversa para coisas boas.

4. Consuma alimentos para aliviar os sintomas

Esse é um primeiro passo super simples. E o melhor é que para isso você não precisa virar tudo do avesso e, do dia pra noite, mudar toda a sua alimentação! Em vez disso, pode começar devagarzinho, com micropassos, acrescentando um pouquinho mais de salada ou de legumes a cada dia.

É interessante evitar comer muitos lanches industrializados (esses que normalmente estão em pacotes), priorizando alimentos in natura, menos processados.

Precisa de ajuda? Inicie seu tratamento com a Eurekka

sede presencial da Eurekka

Se você sentiu que esse texto te ajudou e que a Eurekka pode ajudar ainda mais, estamos super abertos para atender você, de qualquer lugar do mundo, na modalidade online ou presencial!

Terapia é coisa séria, baseada em evidência e que pode mudar sua vida. Ela pode não só tirar você da depressão, mas também ajudar você a construir uma vida cheia de propósito, significado e alegria.

Se você chegou até aqui, reconheceu os sintomas e quer melhorar de vez, conheça mais sobre a terapia da Eurekka. Marque uma conversa inicial, sem compromisso, clicando aqui! Aproveite para acompanhar os nossos conteúdos em outras redes sociais, como: Instagram, Facebook e YouTube.

Parabéns por ter chegado até aqui. A gente quer interagir com você, então pode comentar aqui embaixo que a gente promete responder, tá?

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 4.4

Júlio Frota

Julio é formado em psicologia e em direito pela UFRGS, e doutor em psicologia pela mesma instituição. É fascinado pelo estudo do comportamento humano através da ciência. Não só pela saúde, mas também por assuntos como criatividade, produtividade e felicidade. É co-fundador da Eurekka, a startup de Psicologia que se tornou a maior rede de psicoterapia do Brasil. Além de fazer milhares de sessões por mês, a Eurekka também oferece telemedicina, um clube de assinatura, franquia para Psicólogos e outros produtos.

13 replies on “Como combater a depressão: 4 dicas para acabar com a depressão”

Eu estou passando praticamente por isso, pois muito recente perdi meu avô, e isso mexeu muito comigo, pois não estou conseguindo lidar com a perda, morte, estou traumatizada com morte, só consigo pensar na morte, que um dia vou morrer, que meus pais vão morrer, meus irmãos, meus familiares enfim. E não tô conseguindo viver feliz como antes , olho pras pessoas e já imagino na morte. Estou tendo acompanhamento com psicólogo mas não estou vendo resultados, em alguns momentos tenho crise de choro, por ter medo da morte. Minha cabeça está uma reviravolta muito grande, muito ruim!

Eu sofro ccom o problema da. Depressão e não estou conseguindo lidar cm isso não consigo sair.

Desde os dezeseis anos sofro de auto estima baixa
Hoje tenho 54 e não sei o que fiz de mim
Já fiz tratamento psicológico mas na época do tratamento não estava aberta p mim tratar
Hoje tenho outra consciência sei que preciso me tratar com urgência

Eu estou precisando de ajuda urgente, eu não estou a conseguir informar na minha familia, pricipalmente na minha mãe, é q eu não quero lhe preucupar.

Oi, Nataniel! Nessas horas você precisará do apoio de pessoas próximas. Converse com a sua mãe 💛

Oi Nando, tudo bem? A gente sente muito por isso! Você já tentou alguma das dicas do texto?

Oi Yuji, o ambiente de trabalho pode ser um gatilho sim para a depressão! No entanto, a sua rotina e os seus hábitos são o que mantém essa depressão viva.

Olá eu procurei no Google e achei o de vocês. Eu tive este problema e fiz o tratamento, e hoje estou bem. Gostariam

Hoje recebi o diagnóstico de surto de ansiedade depressiva. Saber me deu esperança de achar um caminho pra uma vida normal e fe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.