Benzetacil: para que serve, quando tomar e efeitos colaterais

Ana Caroline de França

A benzilpenicilina benzatina, mais conhecida como Benzetacil, é um medicamento aplicado na forma de injeção. Indicado para o tratamento de bactérias sensíveis ao seu principal componente (penicilina do tipo G), é receitado com bastante frequência. Mas você já se perguntou por que essa injeção é tão famosa, certo?

Neste texto, você vai entender isso e saber para que serve a Benzetacil. Além disso, vou te contar quais são seus possíveis efeitos colaterais, porque sua aplicação é tão dolorida, e muito mais! 

Para que serve?

médico benzetacil

Se indica a Benzetacil em casos de infecções da pele ou do sistema respiratório, em especial amigdalite. Também se pode usar no combate a algumas Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), como por exemplo a sífilis. 

Outra indicação da Benzetacil é para prevenção de um tipo específico de inflamação nos rins (glomerulonefrite). Além disso, se indica, também, para episódios de febre reumática (uma rara complicação da faringite).

Para que o tratamento com Benzetacil seja eficiente, é preciso que a bactéria que está causando a infecção não resista ao tipo de penicilina que compõe a injeção. Para saber se isso vai ocorrer, o médico pode solicitar exames antes e depois do método.

Por que a injeção de Benzetacil dói tanto?

Quem já tomou Benzetacil costuma reclamar que a dor da picada é muito maior quando comparada com outras injeções. Mas por que isso acontece?

Bom, fica fácil de entender de onde vem o desconforto se você souber que a forma correta de aplicar a Benzetacil é intramuscular. Ou seja, para o medicamento funcionar, ele precisa atravessar seu músculo. Para isso, é necessária uma agulha mais grossa.

Tudo piora se o frasco não for bem agitado antes da aplicação. Isso faz com que a solução não fique uniforme, não dilua bem e continue apresentando pequenos cristais. Esses cristais vão machucar as fibras do seu músculo e deixar a aplicação mais dolorida. 

Para aliviar esse desconforto, o médico pode indicar um anestésico para ser diluído junto com a Benzetacil no momento da aplicação. Essa estratégia é muito eficiente, tanto no momento da injeção quanto para os dias seguintes, em que é comum sentir a região da aplicação ainda um pouco dolorida.

banner eurekka med

Quando a Benzetacil é indicada?

Se indica a Benzetacil em casos de infecções por um grupo específico (e bem grande) de bactérias, desde que elas não tenham atingido o sangue. Também se pode usar contra infecções leves e moderadas dos órgãos que filtram, umedecem e ajustam a temperatura do ar (sistema respiratório superior). Entre eles, temos a cavidade nasal e laringe, por exemplo.

Além disso, as indicações da Benzetacil também são para infecções de pele e para algumas ISTs. Também se pode indicar para prevenir um tipo específico de inflamação nos rins (glomerulonefrite), doença reumática e suas complicações.

Como usar Benzetacil?

injeção de benzetacil

Recomendam que a injeção de Benzetacil seja feita atravessando o músculo. Em geral, na lateral da nádega, ou na parte lateral da coxa em crianças pequenas.  

A aplicação não pode ocorrer em vasos sanguíneos, nervos ou regiões próximas a essas estruturas, pois isso pode causar lesões graves e irreversíveis. Assim, é vital que um profissional de saúde qualificado cuide da aplicação.

A ação da Benzetacil é bastante ágil. Começa a ocorrer de 15 a 30 minutos após a aplicação e atingindo seu pico de 24 a 48 horas depois. Quanto maior a quantidade do medicamento na injeção, maior também a duração do efeito. No entanto, é comum a recomendação da reaplicação da injeção a cada 1, 2 ou 4 semanas para garantir a eficácia total.

O final do tratamento ocorre quando o médico se certifica, em geral por meio de exames, que a bactéria alvo não resistiu a medicação. Ou seja, ela já está ausente no organismo do paciente.

Possíveis efeitos colaterais

 Os efeitos colaterais mais comuns da aplicação de Benzetacil são: dor de cabeça, náusea e diarreia. É muito raro, mas também pode ocorrer inchaço por retenção de líquido ou coceira e vermelhidão na pele.

Contraindicações: todo mundo pode tomar Benzetacil?

Não se indica a Benzetacil para pacientes alérgicos à penicilina, já que esse é seu princípio ativo mais importante. 

Grávidas também não devem tomar esse medicamento. Isso porque ele atravessa a placenta (ou seja, chega até o bebê), e ainda não se sabem os efeitos dessa transmissão. O mesmo vale para mulheres que estão amamentando, já que a Benzetacil também passa para o leite.

Pacientes com problemas renais demoram mais para conseguir eliminar os componentes da Benzetacil. Por causa disso, também possuem modificações no método feito com esse tipo de injeção. 

Caso o tratamento seja feito durante o uso de alguns medicamentos específicos, podem ocorrer efeitos adversos. A seguir, você conhece quais são esses medicamentos e as reações que podem ocorrer caso eles estejam sendo tomados durante o tratamento com Benzetacil.

Interações medicamentosas

medicamento benzetacil

Quando o médico receita o tratamento com Benzetacil, é vital que o paciente avise se estiver tomando determinados tipos de medicamentos. Essa informação é essencial para evitar que os remédios reajam entre si e acabem piorando o quadro. 

Um dos tipos que interage com a Benzetacil são os contraceptivos de via oral, mais conhecidos como pílulas anticoncepcionais. A Benzetacil reduz a eficácia contraceptiva dessas pílulas, podendo até mesmo a torna inexistente.

Metotrexato, um medicamento bastante usado no tratamento de câncer, também sofre alterações durante o tratamento com Benzetacil. O que ocorre é que a penicilina reduz a capacidade do paciente de eliminar o metotrexato do corpo, podendo causar intoxicação.

Em pacientes que realizaram transplante há pouco tempo, é comum o uso de micofenolato de mofetila para ajudar na aceitação do novo órgão pelo corpo. Para isso, a resposta imune do paciente reduz– e sua sensibilidade à penicilina, então, aumenta bastante.

Em pacientes que fazem uso da probenecida, um medicamento usado para prevenir crises de gota, a Benzetacil aumenta o tempo de permanência da penicilina no organismo. 

Para evitar que bactérias resistentes se formem, também não se indica o uso de Benzetacil em pacientes que fazem uso de tetraciclina. Este é um outro tipo de antibiótico usado para tratar infecções de pele e algumas ISTs.

Posso beber após tomar Benzetacil?

Digamos que você adora vinho, cerveja ou qualquer outra bebida alcóolica e está em um tratamento com Benzetacil, mas já está se sentindo melhor. E aí, pode beber?

A resposta é muito simples: pode, desde que com moderação. O que ocorre é que a Benzetacil, assim como a maioria dos outros antibióticos, é metabolizada pelo nosso corpo pelo fígado. Esse mesmo órgão metaboliza cerveja, whisky, vodka e as outras bebidas alcóolicas.

Portanto, ao ingerir álcool durante o tratamento com antibiótico, você estará dando um trabalho a mais para o seu fígado. Se ele ficar sobrecarregado, aí sim você terá problemas. Assim, é vital beber com consciência – em especial durante o tratamento com antibióticos.

Para ver todos os posts gratuitos da Eurekka é só acessar nosso blog, clicando nesse link. Além disso aproveite e veja também todos os nossos conteúdos no nosso aplicativo e em nossas redes sociais: InstagramFacebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Ana Caroline de França

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.