Azitromicina: saiba para que é usada e muito mais

Júlio César Castro Silva

A Azitromicina é um medicamento usado há bastante tempo para o tratamento de infecções bacterianas. No último ano esse remédio ganhou fama por ser utilizada por pacientes em casos de COVID-19.

Mas será que esse remédio realmente serve para COVID? Quanto custa? Posso tomar sem nenhum problema? Essas e outras respostas você encontra ao longo do texto. Continue a leitura!

O que é e para que serve?

azitromicina pilúla

A azitromicina é um antibiótico que atua inibindo a produção das proteínas das bactérias. Isso se faz por meio de sua ligação à unidade do ribossomo 50s. Mas o que isso significa? Isso quer dizer que ao você tomar esse remédio, as bactérias sensíveis a ele não conseguirão se manter vivas graças a essa inibição.

Ele é usado principalmente para o tratamento de infecções respiratórias, como bronquite, pneumonia, sinusite. Além de infecções sexualmente transmissíveis (IST), como clamídia e gonorreia. 

Quando tomar a azitromicina?

Se indica a azitromicina quando o paciente tem alguma infecção bacteriana que pode ser combatida pelo uso desse medicamento. 

Por ser um antibiótico, o seu uso é controlado, visando impedir uma maior resistência antimicrobiana. Ou seja, evitando que apareçam bactérias resistentes aos antibióticos, chamadas de superbactérias.

Apresentações disponíveis:

A azitromicina está disponível na forma de comprimidos, cápsulas, suspensão e injetável nas seguintes apresentações:

  • Comprimido – 500 mg e 1000 mg 
  • Comprimido revestido – 500 mg 
  • Cápsula – 250 mg 
  • Suspensão oral – 600 mg, 900 mg, 1500 mg 
  • Solução injetável – 500 mg

Azitromicina serve para COVID-19?

Até o presente momento, não há medicamentos que sejam comprovadamente capazes de prevenir ou curar a Covid-19. Além disso, não há estudos que digam a real eficácia do uso de azitromicina de forma a evitar ou tratar essa doença.

Entretanto, muitos médicos usam a azitromicina para evitar infecções oportunistas em indivíduos internados Com o pulmão comprometido devido ao coronavírus.

banner divulgação coronavírus med

Quais os benefícios de usar o medicamento?

Este é um medicamento bastante seguro e possui comprovada eficácia para o tratamento de diversas infecções respiratórias e sexualmente transmissíveis. Em geral, ele é bastante tolerado pelos pacientes.

Efeitos colaterais da Azitromicina

Homem com dor de cabeça

Efeitos colaterais colaterais são sintomas indesejados, mas que geralmente já se espera ao fazer o uso deste medicamento. Entretanto, caso o paciente sinta algum sintoma grave ao tomar o remédio, deve procurar atendimento médico na mesma hora. 

Entre os principais efeitos colaterais relatados após o uso de azitromicina, tem-se: dor de cabeça, náusea, vômito, diarreia, desconforto abdominal, perda de apetite, queda da pressão arterial, perda auditiva, tontura, sonolência, etc.

Contraindicações

A azitromicina é contraindicada a indivíduos com histórico de alergia ao próprio medicamento ou outros antibióticos, como eritromicina e claritromicina. Caso você tenha alguma alergia, sempre informe ao médico e ao farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Crianças, idosos e mulheres grávidas podem tomar?

A azitromicina é um remédio seguro para crianças e idosos. Entretanto para mulheres grávidas o médico deve sempre avaliar o risco-benefício ao usá-lo.

Como tomar a azitromicina?

A melhor forma de tomar a azitromicina é com água. Deve-se evitar a ingestão com alimentos, pois pode prejudicar a sua absorção, diminuindo, assim, o efeito do medicamento.

Posologia

A azitromicina deve ser administrada em uma dose única diária ou conforme orientação do médico. É importante que você não pare o tratamento por conta própria, mesmo que os sintomas da infecção já tenham passado.

banner eurekka med

Qual a melhor hora do dia para usar?

Não há uma melhor hora do dia para utilizar tal medicamento. Entretanto, é essencial que ele seja usado do modo que foi prescrito pelo médico. Não se deve interromper o uso do medicamento mesmo se tiver melhora dos sintomas.

O que fazer quando esquecer de tomar o remédio?

Deve-se tomá-lo na mesma hora que lembrar. Mas se já estiver perto do horário de usar a próxima dose, pule a dose esquecida e continue seguindo o seu tratamento.

Não se recomenda tomar a dose do medicamento em dobro para compensar o esquecimento de alguma dose.

Quanto custa a azitromicina?

O preço da azitromicina pode variar bastante entre os diferentes estados do país ou até mesmo entre farmácias de um mesmo local. Devido a pandemia, houve aumento significativo dos preços dos medicamentos.

O preço da caixa com 5 comprimidos de azitromicina custa atualmente em torno de R$15,00 a R$30,00. No entanto, este medicamento também está disponível de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS)

Interações

Ao fazer uso de vários medicamentos, há maiores chances de ocorrer alguma interação entre eles. Tal efeito gerado pode ser desde uma reação leve até fatal ao organismo. 

Para evitar esse tipo de situação deve-se sempre buscar orientações a respeito dos medicamentos utilizados com seu médico ou farmacêutico.

Além disso, alguns medicamentos interagem com alimentos ou bebidas alcoólicas. Sendo assim, é preciso analisar caso a caso para que se tenha a melhor resposta possível

Medicamentosas

A azitromicina interage principalmente com a digoxina (medicamento usado no tratamento de problemas cardíacos), zidovudina (usado nos transplantes), amiodarona (tratamento de arritmias), entre outros. 

Além disso, é contraindicado o uso simultâneo de azitromicina com antiácidos, por exemplo, bicarbonato de sódio e hidróxido de alumínio. Uma vez que gera uma maior concentração de azitromicina no sangue.

Alimentares

cerveja com azitromicina

O álcool e a azitromicina são metabolizados pelas mesmas vias no fígado. Sendo assim, o uso aumentado de bebida alcoólica prejudica a sua absorção, o que diminui seu efeito

Além disso, o álcool aumenta os efeitos colaterais do medicamento. Por isso não se deve beber durante o tratamento.

Exames laboratoriais

Até o momento, não se sabe as alterações provocadas pelo azitromicina nos resultados de exames laboratoriais. 

No entanto, é muito importante sempre que for realizar algum exame informar o uso de algum medicamento.

Cuidados e dicas para conservar seu medicamento

É fundamental a escolha de um ambiente adequado para preservar a qualidade dos medicamentos. 

Deve-se guardá-los em ambientes em que não haja exposição da luz, umidade e calor sob os medicamentos. Assim, não se recomenda que se guarde em cozinhas e banheiros.

Além disso, sempre fique atento à data de validade do medicamento. Nunca tome remédios vencidos!

Para ver todos os posts gratuitos da Eurekka é só acessar nosso blog, clicando nesse link. Além disso aproveite e veja também todos os nossos conteúdos no nosso aplicativo e em nossas redes sociais: Instagram,  Facebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Júlio César Castro Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *