Ayurveda: Tudo o que você precisa saber!

Equipe Eurekka

Surgido na Índia há cerca de 7.000 anos, sistema milenar indiano de prevenção e cura de doenças desperta fascínio em todos que o conhecem. Palavra em sânscrito, ayu significa vida e veda, conhecimento. No Ayurveda, o conhecimento da vida integra corpo, mente e espírito em busca do equilíbrio.

Neste texto, você vai aprender o que é o Ayurveda e qual a sua relação com os alimentos. Além disso, quais seus benefícios e a relação com massagem e meditação.

O que é Ayurveda?

coisas de ayurveda

A palavra Ayurveda em sânscrito se forma por duas partes: ayus ou vida e veda ou conhecimento. O Caraka Samhita, principal texto de clínica médica, defini ayus da seguinte forma: “O termo ayus é a combinação de corpo, órgãos dos sentidos, mente e alma” (Caraka Samhita, trad. Dash e Sharma, 2007: vol I, p 25).

Ayurveda é a ciência da vida e possui uma evolução de milhares de anos no subcontinente indiano. A Medicina Ayurvedica é formado pelos 5 elementos básicos da natureza, são eles: espaço ou éter, ar, fogo, água e terra.

O objetivo desta ciência é estudar as influências destes elementos na natureza e no ser humano. Dentro desta filosofia, o Homem é um microcosmo do universo. Os elementos se unem dois a dois para formar os doshas (humores biológicos) que atuam na nossa fisiologia.

Espaço e ar formam o dosha Vata, fogo e água geram o dosha Pitta e água e terra formam o dosha Kapha. Assim, se pode afirmar que os doshas são as expressões dos 5 elementos quando há equilíbrio.

São dois os objetivos do Ayurveda: prolongar a vida e promover saúde perfeita e erradicar doenças e disfunções do corpo.

Doshas

O dosha Vata, espaço e ar, é frio, leve, seco, móvel e rápido, atua em especail nas funções excretória e nervosa. Vata patológico gera um quadro clínico ligado ao maior de espaço e ar no nosso corpo físico: secura, frio, perda de peso, gases, prisão de ventre, ansiedade, medos, depressão e insônia.

O dosha Pitta, fogo e água, é quente, moderado e oleoso (úmido), atua em especial na função metabólica e digestiva. No tubo digestivo se localiza no estômago e duodeno (intestino delgado).

Relação entre alimentos e Ayurveda

comidas

Rasa é um termo de bem amplo dentro do sistema do Ayurveda. Se utiliza ele para determinar tecidos corporais, substâncias minerais, entre outros.

Assim, neste texto vamos abordar Rasa em um dos seus sentidos mais amplos: o sabor. Rasa é quando sentimos o órgão gustativo. Ou seja é a percepção que temos quando botamos algo em contato com a língua.

Os seis sabores são: madhura (doce), amla (ácido), lavana (salgado), katu (picante), tikta (amago), kashaya (adstringente). 

Assim como os doshas, eles tem uma junção dos 5 mahabhutas. E as semelhanças ou diferenças nessa junção influenciam os doshas.

Madhura (doce) tem mais água e terra, parecido à kapha, e por isso pode aumentar em kaphadosha, se comido em excesso e pacificar tanto pitta quanto vata dosha. Assim, o mesmo ocorre com o resto dos sabores como na tabela a seguir.

  • Salgado
  • Amargo
  • Doce
  • Picante
  • Adstringente
  • Ácido ou Azedo

Alimentos para cada Dosha

Apesar da influência nos doshas, uma alimentação saudável engloba todos os seis sabores e a ordem deles é vital para o processo digestivo. Quando o estômago está vazio, ele possui uma bastante vata dosha, assim a primeira informação que ele deve receber deve ser madhura rasa que hidrata o estômago, pacifica a vata e causa um aumento de kapha.

Em seguida, se deve ingerir de amla e lavana, que pacificam o resto de vata e também ajudam a aumentar o agni (enzimas digestivas) para dar início a digestão.

Por fim, as substâncias com sabor katu, tikta e kashaya devem se manter o processo de digestão ativos e digerir kapha excessivo que é produzido logo após as refeições.

Ademais, os sabores têm grande importância dentro do Ayurveda pois são a base da alimentação, e assim a base da vida.

  • Vata
  • Pitta
  • Kapha

ayurveda rasa sabores

Benefícios da dieta do Ayurveda

A medicina Ayurvédica tem uma teoria original e peculiar sobre a nossa digestão: o conceito de Agni ou fogo digestivo. O Agni é responsável por todo o processo de digestão, transformação, assimilação e metabolismo do corpo.

No Ayurveda a saúde está ligada com a função gastrointestinal, em outras palavras: sem um Agni (poder digestório) adequado e íntegro não estamos saudáveis. Assim, o Dr Vasant Lad, o médico indiano, afirma: “No Ayurveda nós dizemos que uma pessoa é tão velha quanto o seu Agni”. Portanto, quando o fogo digestivo (Agni) se torna lento há um vital prejuízo à saúde.

Se precisa acessar o Agni do paciente no Ayurveda. Sempre se pergunta: como está a sua fome? Você tem fome nas refeições ou come apenas por hábito?

Por fim, a Medicina Indiana afirma que só devemos nos alimentar se tivermos fome. Além disso, a falta de fome mostra um Agni não competente. Portanto, estão descritos 4 tipos de Agni:

Vishama Agni ou metabolismo irregular

Esta alteração resulta de um desequilíbrio do Dosha Vata (ar e espaço). Se observa fome irregular, digestão variável, distensão abdominal, má digestão, gases e constipação.

Além disso, pode estar relacionado ao quadro emocional de distúrbio de Vata. Que condiz a ansiedade, insegurança, medo e até insônia.

Tikshna Agni ou hiper-metabolismo

Ocorre quando há desarmonia no Dosha Pitta (fogo e água). Neste quadro o paciente apresenta hiperacidez, azia, gastrite, úlcera péptica, aumento da fome, hipoglicemia, tendência a fezes solta. Além disso, náuseas, doenças inflamatórias e distúrbios de pele.

Manda Agni ou hipo-metabolismo

Este quadro clínico surge devido ao Dosha Kapha (terra e água) em desequilíbrio. Se observa metabolismo lento, má digestão, sensação de peso, ausência de fome, inchaço, letargia, sobrepeso e até obesidade.

Por fim, pode estar associado ao distúrbio psico emocional de Kapha o embotamento, sonolência, apego, ganância, possessividade e procrastinação.

Sama Agni ou metabolismo equilibrado

Quando há uma harmonia no sistema dos Doshas, o Agni se torna competente e a pessoa apresenta uma digestão, absorção e eliminação em ótimo estado. Sama Agni ou função digestória equilibrada é o objetivo da terapêutica ayurvédica.

Teoria de Ama

medicina ayurveda

O Ayurveda apresenta a teoria de Ama: aquilo que não é digerido de maneira certa devido ao fogo digestivo (Agni) comprometido. Além disso, autores modernos traduziram Ama como “toxinas formadas no tubo digestivo”. 

Ademais, estas toxinas podem perturbar ou prejudicar os tecidos corporais levando a formação de doenças. Segundo Dr. Vasant Lad, o médico indiano, o Ama apresenta 4 origens: Alimentos não digeridos e não assimilados devido ao Agni (fogo digestivo) diminuído.

Como evitar a formação de Ama

Citamos abaixo algumas dicas para promover o fogo digestivo (Agni) e evitar a formação de Ama (toxinas digestivas):

  • Não ingira alimentos gelados ou bebidas frias na refeição (prejudic
  • am o Agni)
  • Evite excesso de cafeína (alimentos ricos em cafeína agravam o Dosha Vata) 
  • Só se alimente se tiver fome
  • Busque uma dieta simples e leve (evite alimentos pesados como carnes em excesso)
  • Use chá de gengibre, 5 gotas de limão e uma pitada de sal marinho antes das
    refeições 
  • Caminhada antes das refeições promove Agni (fogo digestivo) 
  • Durante a refeição use água morna ou chá de erva doce
  • Tome café como um príncipe, almoce como um rei e jante como um mendigo, ou
    seja,  a principal refeição é o almoço e o jantar tem de ser mais leve
  • Se alimente sentado na mesa sem TV, computador ou celular
  • Tome consciência do ato de se alimentar, ou seja, coma com calma e mastigue bem
    os alimentos
  • Apenas consuma comida que você consegue imaginar crescendo na natureza, ou seja, comida de verdade (evite alimentos industrializados)
  • Tenha regularidade na sua rotina diária 
  • A comida fresca é a mais saudável (evite alimentos congelados e requentados)
  • Os alimentos mais adequados são aqueles da mesma região e estação do ano que nós
    vivemos (alimentos encontrados nas feiras)
  • O Ayurveda recomenda o uso de ghee e condimentos moderados na dieta

Por fim, o Charaka Samhita encontramos a definição de Pathya: “Pathya, ou comida saudável, é aquela que não é prejudicial ao corpo e é agradável a mente”. O Ayurveda dá muita importância a pathya e afirma que se o paciente faz uma dieta fundamentada em pathya, ou seja, fundamentada em comida saudável, não há necessidade de tomar remédios por que apenas pathya irá acalmar e tratar o adoecimento, em especial nos estágios iniciais.

Massagem do Ayurveda

massagem ayurveda

A massagem é uma das ferramentas utilizadas para reequilibrar o indivíduo dentro do tradicional e milenar sistema de cura que é o Ayurveda. Praticado até os dias de hoje na Índia, abhyanga, que em sânscrito significa untar, friccionar com óleo, pode ser aplicado por um ou mais praticantes, em sincronia.

Além disso, nesta massagem é essencial o uso dos óleos vegetais medicamentosos, em geral tendo como base o óleo de gergelim. Assim, a massagem ayurvédica aumenta a circulação dos fluidos vitais e as trocas em nível celular, ajudando a remover as toxinas.

Em Ayurveda, se acredita que as dores são causadas pela obstrução do fluxo de prana  (energia vital) nos canais sutis. Com o calor gerado pela fricção na massagem, há a liberação do fluxo energético, aliviando dores e tensões.

Portanto, esta massagem atua de modo profundo na circulação em geral, seja sangüínea, linfática ou energética. Assim, aumenta da circulação periférica nos vasos capilares.

Ademais, a circulação linfática aumenta em até seis vezes após a massagem. Vitais enzimas que compõem a linfa, como a histaminase, e neurotransmissores, como a serotonina, fundamentais para o relaxamento muscular e nervoso, são liberadas em profusão durante a massagem.

Meditação e Ayurveda

Meditação é uma prática na qual um indivíduo treina a mente ou induz um modo de consciência. Seja para realizar algum benefício ou para a mente apenas para reconhecer seu conteúdo sem se identificar com aquele conteúdo, ou como um fim em si.

A filosofia e a prática do Ayurveda não se limitam apenas a restaurar o equilíbrio entre os humores biológicos e aliviar o estado de doenças do corpo humano, mas também visa o crescimento espiritual.

Assim, o Ayurveda nos ensina a nos manter em equilíbrio e a nos livrarmos dos extremos. Desse modo, seguindo os princípios ayurvédicos, inclusive com a prática da meditação, se pode evitar as doenças por completo e embarcar na evolução espiritual para além dos elementos fogo, ar e água.

Por fim, Vipassana, que significa ver as coisas como são de verdade, é uma das técnicas de meditação mais antigas da Índia. Foi ensinado na Índia há mais de 2500 anos como um remédio universal para doenças universais.

Materiais gratuitos da Eurekka

sede presencial eurekka

A Eurekka tem médicos escolhidos a dedo para te ajudar no que precisar. Se você quiser consultar, você pode entrar em contato com a EurekkaMed.

Além disso, a equipe de psicólogos da Eurekka pode te ajudar com profissionais escolhidos a dedo. Ademais, vai te ajudar a descobrir formas naturais de recuperar a felicidade e a qualidade de vida.

Por fim, você também pode baixar o app da Eurekka para conteúdos exclusivos sobre saúde física e mental, e ver mais dicas incríveis no Facebook, no Instagram e no Youtube da Eurekka.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

One reply on “Ayurveda: Tudo o que você precisa saber!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *