Apraxia de fala na infância: o que é, sintomas e tratamento

Flávia Floriano

Flávia Floriano

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

A palavra apraxia deriva do grego (a = privativo; prassein = fazer) e é uma dificuldade motora mais comum do que se imagina. A apraxia de fala na infância é uma dificuldade em fazer os movimentos dos músculos necessários para falar.

Segundo a American Speech-Language-Hearing Association (ASHA), 1 ou 2 a cada mil crianças tem apraxia de fala.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a apraxia de fala tem tratamento. O texto a seguir vai te fazer entender tudo o que você precisa saber sobre apraxia de fala na infância para ajudar seu filho!

apraxia da fala na infância

O que é Apraxia de fala na infância?

A apraxia de fala é uma falha neurológica no planejamento motor da fala. A criança com esta falha acha difícil programar a sequência certa dos movimentos dos músculos que usamos para falar.

Portanto, como não consegue fazer os movimentos precisos para falar, a criança não consegue dizer a palavra que ela queria dizer, mesmo tendo noção do que queria falar.

Diferença entre apraxia e autismo

O autismo é um transtorno do neurodesenvolvimento marcado por modos de agir restritos e repetitivos, além de dificuldades de comunicação e interação social

Já na apraxia, a criança pensa no que quer falar, mas tem dificuldade em passar esse pensamento para palavras. Ela não consegue planejar os movimentos da boca para que as palavras saiam de forma correta.

A apraxia de fala pode estar ligada a transtornos do neurodesenvolvimento como o autismo, mas isso não é regra. Inclusive, a apraxia de fala pode ser única, sem estar ligada a nenhuma outra condição.

O que é considerado atraso na fala?

O atraso na fala de uma criança é considerado quando as habilidades de entender e se expressar não atingem o esperado para a idade. Os motivos para o atraso na fala são muitos, e nem sempre a apraxia de fala é a causa.

Quando devo me preocupar com a fala do meu filho

Se o seu filho não está dentro do esperado nos marcos do desenvolvimento da linguagem, procure um fonoaudiólogo assim que possível. Assim, vai ter uma avaliação e orientação para o caso. 

Quer saber se seu filho está de acordo com o esperado para a idade dele? Acesse o nosso artigo “Atraso na fala infantil: quando se preocupar? Sinais e como tratar”

apraxia na aprendizagem

Apraxia e aprendizagem

Crianças com apraxia de fala podem achar difícil aprender a ler e escrever. Isso ocorre pois não sabem quais sons colocar em ordem para formar uma palavra. Nesse sentido, trabalhar as habilidades de consciência fonológica influencia de modo positivo no processo de alfabetização.

Ademais, a comunicação oral costuma ser muito prejudicada também. A criança acha difícil narrar ocorridos e tem repertório pobre de palavras.

Além disso, a criança acha difícil conversar com frases complexas e tem pronúncia imatura. Isso afeta o convívio da criança com os colegas de sala na escola.

Nesses casos, a comunicação alternativa com figuras e sinais, por exemplo, pode ser introduzida se necessária.

Tipos de apraxia

Esta condição pode se classificar em dois tipos: a desenvolvimental e a adquirida.

A apraxia de fala desenvolvimental ocorre desde o início do desenvolvimento da linguagem da criança. Ou seja, desde o início da infância, a criança não consegue programar os movimentos para formar palavras.

A apraxia de fala adquirida é uma falha na programação dos movimentos da fala que ocorre de forma adquirida. Portanto, a pessoa não nasceu apráxica, ele teve uma lesão neurológica.

Isso torna pior a programação necessária para a fala pelo cérebro. Essa lesão pode ser um AVC (acidente vascular cerebral) ou um traumatismo craniano, por exemplo.

Principais características

A criança com apraxia de fala tem a fala lenta, com muitas pausas e interrupções e muitas repetições, tanto de sílaba quanto de palavras.

Além disso, também há mudança na acentuação das palavras e procura do movimento da palavra que quer falar, dando a impressão de que a criança “não sabe o que fazer com a boca”.

Causas

Não se sabe a causa da apraxia de fala, só que ela pode estar ligada a certas condições.

banner eurekka med

A apraxia pode ocorrer com outras condições?

Muitas vezes, a criança com apraxia tem outros transtornos, que chamamos de comorbidades. Isso são condições genéticas podem estar ligadas à manifestação de apraxia de fala, como Síndrome de Down.

Infecções durante a gestação também podem estar ligadas a ocorrência de apraxia de fala, do mesmo modo que os transtornos do neurodesenvolvimento, como o autismo.

Diagnóstico

A avaliação do fonoaudiólogo é fundamental para o diagnóstico da apraxia de fala, tanto para avaliar e diagnosticar quanto para traçar um plano de tratamento.

Entretanto, é vital a avaliação interdisciplinar, incluindo um neuropediatra para investigar outras condições que possam estar ligadas à condição.

Em qual idade o diagnóstico pode ser feito?

No geral, o diagnóstico é feito a partir dos 2 anos de idade.

Isso porque é a partir dessa idade que a criança compreende melhor as propostas das atividades feitas pelo fonoaudiólogo na avaliação.

criança se escondendo com as mãos envergonhada

Tratamento

As crianças com apraxia de fala enfrentam desafios nas relações diárias de vida, uma vez que a linguagem é necessária o tempo todo. Por isso, tratar a condição é muito importante para uma melhor qualidade de vida.

Fonoaudiologia

A criança com apraxia de fala deve ser acompanhada por um fonoaudiólogo. Assim, o profissional vai desenvolver um plano de reabilitação que atenda às necessidades da criança.

O grau de comprometimento também deve ser considerado, visto que o grau pode se apresentar do mais leve ao mais severo, com ausência de fala.

Caso a criança tenha a apraxia de fala pura, sem comorbidades, o tratamento fonoaudiológico é suficiente.

Entretanto, se a criança tiver outras condições ligadas à falha na fala, outros profissionais são necessários, como o psicólogo e o terapeuta ocupacional.

família feliz

Como a família pode ajudar a criança

Se o seu filho possui apraxia de fala, ofereça acolhimento e compreensão, procurando sempre ajudar a criança em suas questões.

Ao menor sinal de atraso no desenvolvimento da fala, procure um fonoaudiólogo para o seu filho. A intervenção precoce é vital. 

Sempre elogie seu filho em cada progresso que ele teve e ao falar com ele. Além disso, faça contato visual se abaixando para ficar no mesmo nível e demonstre calma.

Livros sobre apraxia de fala na infância

Existem muitos guias e cartilhas para os pais e escolas aprofundarem seus saberes em apraxia de fala. O site www.apraxiabrasil.org oferece um guia completo aos pais.

O livro Como Apraxia de Fala na Infância de Margareth Fish é direcionado a fonoaudiólogos. Mas, por sua linguagem mais simples, pode ajudar os pais, em especial, com as orientações presentes no livro.

Por fim, gostou do texto? Então, acesse mais conteúdo gratuitos como esse na rede social que preferir: BlogFacebookInstagram e Youtube ou através do nosso Aplicativo!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados