Alimentos para ansiedade: quais fazem bem e quais evitar

Equipe Eurekka

Ansiedade é uma realidade cada vez mais presente, inclusive no Brasil. Alimentos que combatem a ansiedade são grandes aliados para ajudar a amenizar esse mal.

Neste artigo, você irá entender como esses alimentos agem no nosso corpo, quais escolher e quais evitar. Além disso, você vai descobrir outras formas para combater a ansiedade.

Alimentos podem ajudar na ansiedade mesmo?

Sim! A nossa alimentação pode influenciar de forma direta na ansiedade e no bem estar. Alguns alimentos combatem e ajudam a controlar a ansiedade. Além disso, há os alimentos que têm o efeito contrário: que desregulam nossas emoções ainda mais.

Alimentos para ansiedade

A alimentação que ajuda a reduzir e controlar a ansiedade deve conter os alimentos que são ricos em magnésio, ômega-3, fibras, probióticos, triptofano, vitaminas do complexo B e vitamina C. Esses nutrientes são vitais, pois eles auxiliam na regulação da flora intestinal e ajuda na produção de serotonina.

A serotonina relaxa e por isso é conhecida como o hormônio da felicidade. Ou seja, ela ajuda a combater a ansiedade.

Leite

O triptofano é um aminoácido essencial para reduzir os problemas emocionais pois ajuda na liberação da serotonina. Este aminoácido está presente em grande quantidade no leite e nos seus derivados.

Uma das formas de melhorar os sintomas da ansiedade é aumentar o consumo de alimentos com leite. Mas lembre-se: sempre sob a orientação de médicos ou nutricionistas.

Banana

A banana também contém grande quantidade de triptofano. Sua ingestão reduz e alivia os sintomas da ansiedade e também da depressão. Além disso, a banana tem minerais vitais, como potássio e magnésio.

Eles são responsáveis por controlar o equilíbrio iônico que é preciso para as reações orgânicas. Quando esses nutrientes estão em quantidades estáveis, eles relaxam e garantem um sono tranquilo, que é a condição ideal para a liberação de maior quantidade de serotonina.

Ovos

As gemas de ovos são fontes de vitamina de D, um nutriente vital no combate à depressão. Além disso, os ovos também contêm o triptofano, um neurotransmissor que ajuda a regular o humor, o sono, a memória e o comportamento.

Chocolate

O chocolate é fonte de flavonoides. Os flavonoides são capazes de reduzir a neuroinflamação, reduzir a morte celular no cérebro e melhorar o fluxo sanguíneo.

Já o chocolate amargo é uma boa fonte de magnésio, que pode reduzir os sintomas da depressão. Chocolate amargo e cacau podem melhorar o humor, mas a ciência ainda não tem claro claro de que forma esses alimentos atuam na redução do stress. Porém, sabe-se que o chocolate tem um alto teor de vital nutriente triptofano.

Semente de abóbora

As sementes de abóbora são uma ótima fonte de potássio. Por isso, ajudam na regulação de eletrólitos e pressão arterial. Além disso, podem ajudar a reduzir os sintomas de estresse e ansiedade.

As sementes de abóbora também contêm zinco, que é essencial para o desenvolvimento cerebral e nervoso. Um estudo revelou que a falta de zinco pode afetar de forma negativa o humor, pois os maiores locais de reserva de zinco no corpo estão nas regiões do cérebro envolvidas com as emoções. 

Camomila

O chá de camomila é muito usado como um remédio devido aos seus atributos anti-inflamatórios, antibacterianos, antioxidantes e relaxantes. Mas também há a crença de que os flavonoides da camomila tem atributos aptos a controlar os sintomas da ansiedade. Porém, é vital ressaltar que o consumo de camomila não impede que novos episódios de ansiedade ocorram.

Frutas cítricas

As frutas cítricas são ricas em vitamina C. A vitamina C ajuda a reduzir os efeitos da ansiedade, pois atua direto na redução do cortisol. Assim, o consumo desse grupo de frutas promove uma melhoria no desempenho das funções cerebrais.

O cortisol é liberado pela glândula adrenal e ocorre em resposta aos episódios de estresse, que contribuem para aumentar a ansiedade. Esse evento é transmitido para todo o organismo, o que dificulta o controle da ansiedade.

Castanhas e nozes

As castanhas e nozes são ricas em selênio, um nutriente que melhora o humor e reduz a inflamação. Os níveis de inflamação das pessoas que sofrem com ansiedade podem ser elevados.

Portanto, o selênio ajuda a reduzi-los e aumenta a sensação de alívio. Além disso, ele também tem propriedades antioxidantes, que são benéficas para o tratamento da ansiedade e ajudam a prevenir danos celulares. 

Ademais, você também pode encontrar a vitamina E nesses alimentos. Ela é rica em antioxidantes e, segundo pesquisas, para algumas pessoas, o baixo nível de vitamina E pode ser um fator de risco para a depressão.

Contudo, é vital ressaltar que o consumo do selênio deve ser moderado, pois pode causar efeitos colaterais. A quantidade diária que um adulto deve tomar é 400 microgramas (mcg), ou seja, três ou quatro castanhas por dia é suficiente. 

Alimentos que aumentam a ansiedade

alimentos para evitar

Como vimos, há alimentos que podem auxiliar o combate à ansiedade. Porém, também há os alimentos que devem ser evitados para que não piorem os sintomas.

É vital reduzir o consumo de comidas que são ricas em açúcares e farinha de trigo. Essas substâncias estão associados com alterações na glicemia (concentração de glicose/açúcar no sangue) na produção de serotonina.

Você deve evitar, também, o alto consumo de carboidratos. Eles têm efeito direto no corpo, pois elevam a quantidade de insulina e adrenalina na tentativa do organismo assimilar a quantidade ingerida.

E na falta de carboidrato, a pessoa começa a ficar irritada e inquieta, com um alto pico de energia. Isso é seguido de uma queda brusca na disposição física, já que todo o carboidrato é assimilado pelo corpo. Exemplos de alimentos com altas quantidades de carboidratos são: pizzas, macarrão e ketchup.

Por fim, a cafeína também é uma substância que você deve evitar. Ela produz um efeito de “alerta” no organismo e aumenta o cortisol, um hormônio que é liberado nos momentos de estresse.

Em grandes quantidades, ele piora o sentimento de estresse e os sintomas da ansiedade. Além disso, também reduz a serotonina. Café e alguns chás contém cafeína, você deve evitá-los.

Cuidado para não comer de maneira exagerada

Também é vital dizer que não se deve abusar dos alimentos que ajudam a amenizar os sintomas da ansiedade. Pois tudo em excesso pode fazer mal para a sua saúde de alguma forma. Então, sempre consulte seu médico ou nutricionista para manter uma dieta equilibrada.

Outras formas de combater a ansiedade

Além de dar preferência para alimentos que ajudam a aliviar os sintomas da ansiedade, há outras coisas que você pode incluir na sua rotina para viver mais tranquilo. Exercício físico é um grande aliado para a sua saúde mental!

Musculação, corrida, yoga, natação e tantos outros. O vital é você encontrar o modo que você mais gosta e movimentar seu corpo. Além disso, ter um sono regulado também é um fator essencial para uma rotina mais saudável

Ajuda profissional para a ansiedade

Porém, não basta cuidar só da sua saúde física, sono e alimentação. Para tratar a ansiedade é essencial que você tenha um profissional junto com você, psicólogo e/ou psiquiatra. Você deve seguir um tratamento para que você possa aprender a lidar com a sua ansiedade, consiga melhorar e viver melhor.

Terapia com a Eurekka

sede presencial eurekka

A Eurekka é a maior clínica de terapia online do Brasil e a gente atende centenas de pacientes com problemas de ansiedade. O foco da nossa terapia é ensinar habilidades práticas e úteis para a vida de qualquer ansioso.

O terapeuta vai te ajudar a aprender como se acalmar, organizar a sua vida e a enfrentar a ansiedade de uma forma que ela não seja mais uma barreira que separa você da vida que você quer.

Você não precisa passar por isso sozinho! Um terapeuta Eurekka pode te ajudar a superar essa situação e tornar a sua rotina e a sua vida muito mais felizes. Para marcar uma conversa inicial, sem compromisso, clica aqui!

A Eurekka é a maior clínica de terapia online do Brasil, fique a vontade também para acessar hoje nossas páginas nas redes sociais, como: InstagramFacebook e Youtubee aproveite para baixar o nosso aplicativo!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *