Adrenalina: o que é e para que serve esse hormônio? 

Equipe Eurekka

Ao se deparar com uma situação de estresse emocional ou de alta tensão — como andar de montanha russa ou pular de paraquedas — o hormônio conhecido como adrenalina é liberado no corpo, agindo como forma de defesa. 

O corpo precisa de muito esforço físico nos momentos que detecta uma situação perigosa que possa trazer mal a pessoa. Assim, diante de ameaças, a adrenalina causa algumas reações físicas de forma automática a fim de proteger você! 

Dito isso, até o fim deste texto, você vai saber quais são essas reações, para que serve a adrenalina, bem como sua produção e liberação no organismo.

O que é adrenalina? 

A adrenalina — ou epinefrina — é um hormônio que prepara o corpo para momentos de perigo, medo, euforia e raiva. Ao se sentir ameaçado, a adrenalina faz com que você entre em estado de alerta e prepara o organismo para estar pronto para qualquer coisa que possa acontecer. 

Além de hormônio, a adrenalina também atua como neurotransmissor, pois está ligado com o sistema nervoso simpático — sistema que ajuda nas funções do corpo, como respiração e frequência cardíaca. 

Onde é produzida a adrenalina? 

Imagine que você está em uma floresta e, de repente, você se depara com uma onça. No mesmo instante, além das fortes emoções, seu corpo entende que você está em uma situação de perigo e, assim, envia essa informação ao cérebro. 

O cérebro possui uma glândula conhecida como hipófise, que está no hipotálamo — uma estrutura cerebral. O hipotálamo, por sua vez, controla as glândulas suprarrenais ou adrenais, que são responsáveis pela produção da adrenalina. 

Outros hormônios também são produzidos pela glândula adrenal, como o cortisol, que é conhecido como o “hormônio do estresse”. Isso acontece, pois, assim como a adrenalina, ele também auxilia em situações de ameaça. Porém, de forma específica, o cortisol atua no controle do estresse. 

parque de diversões adrenalina

Para que serve a adrenalina? 

Em nosso sistema nervoso, a produção de adrenalina no corpo nos prepara para ter reações de “luta ou fuga”, ou seja, formas de defesa ou ataque na situação que está acontecendo no momento. Dessa forma, o corpo se prepara para agir rápido, gerando efeitos involuntários, fora do seu controle. 

Esse processo de autoproteção para sobreviver acontece de forma natural no organismo, não sendo necessário que você pense muito sobre o que está acontecendo.

Quais os efeitos desse hormônio? 

Pense em quando você teve que apresentar um trabalho na frente da sala inteira. Aposto que você se sentiu inquieto, tenso e com frio na barriga, certo? É a adrenalina agindo no seu corpo! Além disso, existem várias outras reações, entre elas, estão: 

  • Pele pálida; 
  • Respiração ofegante;
  • Dilatação das pupilas; 
  • Maior fluxo sanguíneo; 
  • Aumento da pressão sanguínea;
  • Aumento da transpiração; 
  • Batimentos cardíacos mais rápidos;
  • Maior produção de glicose no corpo para ter mais energia. 

Picos de adrenalina podem causar sensações boas no corpo, e é por isso que existe tanta gente que pratica esportes radicais. Porém, o excesso constante de adrenalina também pode causar problemas no corpo. Alguns dos sintomas são:

  • Dores de cabeça
  • Tensão muscular
  • Ansiedade
  • Insônia
  • Problemas digestivos
  • Pressão alta

Quando a adrenalina é liberada no corpo? 

A adrenalina é liberada no corpo em situações que pareçam ser uma ameaça ou emoções que são fortes e desconhecidas para a pessoa. Por exemplo, ao fazer algum esporte radical, ir em uma montanha russa e fazer corridas.

Após o momento que este hormônio é liberado, o corpo busca alcançar a homeostase, que é uma maneira de equilibrar o organismo para que ele funcione bem e volte ao seu estado inicial. 

adrenalina praticando esportes

Quando usar injeção de adrenalina? 

É provável que você já tenha ouvido falar sobre a injeção de adrenalina e vamos te explicar para que ela serve! 

Há um quadro de reações alérgicas fortes chamado de “anafilaxia”. Esse tipo de reação é veloz, grave e pode ser fatal, também. Dessa forma, a adrenalina age ao relaxar os músculos das vias respiratórias, estimular o coração e aumentar a pressão sanguínea.

No momento em que a pessoa tem uma crise dessa condição, a injeção de adrenalina se faz necessária, pois age no organismo de forma rápida e a própria pessoa é capaz de injetar.

Caso a pessoa com anafilaxia esteja em contato com algo que possa causar crise alérgica, as reações acontecem muito rápido, podendo assim, levar à morte. Assim, a injeção de adrenalina só é utilizada como uma medida de emergência.

Como reduzir a adrenalina?

A princípio, com o nível de estresse em excesso, pode ser interessante avaliar se sua alimentação está adequada, como está seu sono e a prática de exercícios físicos. Esses pilares são vitais para manter o organismo saudável e, dessa forma, ter certo controle sobre a adrenalina. 

Além disso, a respiração diafragmática é uma técnica para que você possa se acalmar e mandar uma mensagem para o seu cérebro informando que você não está em uma situação de perigo. Para isso, puxe o ar pelo nariz por 4 segundos, segure por 2 segundos e solte pela boca por 6 segundos. 

Também é importante se atentar aos diversos ambientes em que participa e avaliar se existem muitos estressores te afetando. Outras opções para diminuir a adrenalina podem ser: diminuir o consumo de cafeína ou álcool e a prática de meditação.

Aliás, também é importante obter a ajuda de um profissional caso você não esteja sendo capaz dominar o seu estresse! 

sede eurekka

Reduza o estresse com a Terapia Eurekka! 

A Eurekka é a maior clínica de psicoterapia online no Brasil e conta com uma grande equipe de psicólogos humanizados e prontos para ajudar você a melhorar sua relação com o estresse.

Uma vida com muito estresse afeta todas as áreas da sua vida e pode facilitar o surgimento de outros problemas, como o Burnout. Por isso, é muito importante ter uma rotina equilibrada. A terapia Eurekka é muito efetiva para esses casos e vai ajudar você a superar isso.

Por isso, se você deseja mudar a sua rotina para uma mais leve e equilibrada de forma efetiva, clique aqui e marque sua conversa inicial com um de nossos terapeutas! 

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Equipe Eurekka

2 replies on “Adrenalina: o que é e para que serve esse hormônio? ”

Obrigado, Fabio! Buscamos sempre trazer um conteúdo de alto valor!

– Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.