7 dicas para lidar com a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio

Equipe Eurekka

Você já pensou em morar fora do país? Milhões de brasileiros estão, hoje, se mudando do Brasil e vivendo em outros países, e por isso vamos falar sobre 7 dicas para lidar com a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio!

Maiores oportunidades, segurança, qualidade de vida… Se mudar para o exterior é uma experiência que tem cativado muitos brasileiros que estão descontentes com a vida no país. 

No entanto, por mais que fazer intercâmbio tenha tantos benefícios, ainda existem dificuldades — principalmente emocionais — para quem se muda, como a família, a saudade e o idioma.

Então, se você mora fora do Brasil, ou se deseja fazer um intercâmbio para outro país, continue lendo para entender as principais dificuldades – e como lidar com elas.

O grande número de brasileiros morando no exterior

Segundo pesquisas, em 2020, o número de brasileiros no exterior chegou a mais de 4 milhões. Com boas oportunidades, fazer intercâmbio se tornou uma opção para quem quer conhecer outras culturas e mudar de vida.

Assim, para fugir da violência, desemprego e ir em busca de uma vida melhor (e mais segura), a quantidade de intercâmbios, tanto para viajar quanto para morar fora, aumenta a cada ano.

Os benefícios são grandes, mas existem também desvantagens, como a saudade da família, a diferença de cultura e o medo do desconhecido.

As dificuldades de ser brasileiro e fazer intercâmbio

Tudo nessa vida tem seus pontos positivos e negativos. Cada escolha que fazemos tem dois lados, e por isso, mesmo que a qualidade de vida fora do país seja melhor, existem também desvantagens.

Por vezes, a decisão de se mudar pode ser como um tiro no escuro — ou um salto de fé, com a esperança de ter uma vida melhor. 

Assim, se você já mora fora do país, veja se você se identifica com a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio. Ou, se tem o desejo de se mudar, aproveite para se preparar para a grande mudança e entender como lidar com as dificuldades. 

Dificuldades com o idioma

Ir para outro país, em muitos casos, significa começar a se comunicar em uma língua que não é a sua nativa. Se expressar e conversar sem apertos é muito bom, e por isso conversar em outro idioma pode ser um obstáculo, ainda mais no começo.

Por mais que o idioma seja um impasse, também pode ser uma ótima oportunidade para você crescer. Além disso, lembre-se de que, com o tempo e a prática, a tendência é melhorar e tornar mais fácil a comunicação.

Saiba mais: as dificuldades de conciliar um novo idioma com a língua materna.

O medo do desconhecido

Se mudar é ir, de mala e cuia, para um lugar novo, que você não conhece. Por isso, sentir um frio na barriga é supernormal, ok?

Viajar para outro país envolve novas culturas, idiomas, pessoas e locais. Então, assim que você chega, você sente a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio, afinal você tem que desbravar a cidade e encarar o total desconhecido.

Mas mesmo que a insegurança seja grande, busque lembrar sobre o que te incentivou a se mudar, e não deixe que o medo te paralise! Se jogue nas novas experiências e aproveite tudo que o país tem a te oferecer.

sentir saudade da roda de amigos conversando é uma das dificuldades de ser brasileiro e fazer intercâmbio

Saudades do país de origem

Por mais que a qualidade de vida no Brasil possa não ser a melhor, uma certeza nós temos: em algum momento, a saudade vai bater.

Você não precisa levar isso como um aviso negativo, muito pelo contrário! O sentimento de pertencimento e as conexões que você tinha no país de origem podem gerar saudade — mas, calma, isso não significa que você precisa voltar correndo.

E não procure deixar de sentir a saudade a qualquer custo: pense no feijão, na música, nas rodas de conversa… E, quando você sentir o suficiente, volte para o presente, focando no aqui e agora.

Busca por emprego

Começar a vida em outro país também envolve procurar um novo trabalho. O lado bom é que as oportunidades são maiores em alguns países. No entanto, buscar um novo emprego pode envolver ansiedade, medo e insegurança, afinal, você depende daquele dinheiro.

Além disso, começar de baixo em uma empresa nova pode ser difícil, ainda mais se você tinha a segurança de um bom cargo no país de origem.

Por isso, é importante se preparar para essa jornada e lembrar que talvez não seja na primeira entrevista que você vai passar. Mesmo assim, com persistência, você consegue um novo emprego — mas não vale esperar que ele venha a ti de mão beijada, viu?

Se conectar com novas pessoas

Sim, pode ser difícil se abrir e começar a se conectar com pessoas do zero. Criar uma nova rede de apoio, com amigos e até um relacionamento amoroso pode ser complicado, mas é essencial para você viver bem em outro país. 

Por isso, mesmo que seja difícil e fora da sua zona de conforto, não deixe de se comunicar, se relacionar e se conectar com outras pessoas.

Está com dificuldade de fazer conexões com novas pessoas fora do país? Esse texto pode te ajudar!

Diferenças na cultura

O brasileiro é muito caloroso e animado, e por isso é comum estranhar — e até se sentir um pouco deslocado — em outras culturas. Sim, grande parte das outras culturas são mais frias, e por isso você vai ter que se acostumar a dar menos abraços, por exemplo.

Nesses momentos em que a saudade do afeto e da cultura do Brasil batem, busque formas de lembrar do seu país  — como ir em um restaurante ou bairro brasileiro! 

7 dicas para lidar com as dificuldades de ser brasileiro e fazer intercâmbio no exterior 

A experiência de fazer intercâmbio tem seus lados positivos e negativos. Disso sabemos. Mas agora é hora de você descobrir algumas formas de amenizar a dor e tornar a sua vida no exterior mais tranquila e feliz.

Então, confira essas dicas preciosas e saiba como contornar a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio!

Se abra para novas amizades

Não adianta viver fora do país sem a intenção de criar vínculos e conhecer pessoas! Além de gerar mais valor para a sua vida, fazer amizades torna a viagem mais leve e interessante.

Por isso, não deixe de lado a experiência de conhecer pessoas e criar amizades: todo mundo precisa de amizades, e quando se trata de uma vida no exterior, ter pessoas que você gosta ao seu redor é muito importante.

Se dedique à nova cultura

Mas não queira fazer só amizades da sua nacionalidade, viu? Busque conhecer pessoas de outras culturas, assim como conhecer e imergir nessa experiência.

Comidas, lugares, idiomas e crenças diferentes vão agregar muito, e isso pode te ajudar a conhecer mais o novo país. Além disso, não vale a pena morar em outro país sem tentar conhecer a cultura, não é? Por isso vá em restaurantes típicos, fale a língua e fique imerso na nova cultura.

Faça terapia

Ficar longe de quem você ama é doloroso e a saudade de casa pode ser muito forte. E para lidar bem com isso e não desperdiçar a oportunidade de viver no exterior, a terapia pode te ajudar muito.

Na psicoterapia, você pode aprender a lidar com as suas emoções, como o medo, a ansiedade e a saudade. Além disso, você aprende a criar micropassos para chegar ao seu objetivo e ter a melhor vida possível fora do país.

E a boa notícia é que a Eurekka também oferece terapia para você que mora em outros país! Então, se você quer receber essa ajuda e sentir acolhido, clique no banner abaixo e uma conversa inicial com um de nossos psicólogos!

banner terapia

Fale em vídeo com a família

Quando a saudade de quem mora longe bater, por que não fazer uma chamada de vídeo para conversar? 

Falar por texto ou ouvir a voz pode ser bom, mas nada melhor para matar a saudade do que uma chamada em vídeo. Por isso, se você se sentir angustiado ou solitário, ligue para a família ou amigos de quem você sente falta. 

Aproveitem para colocar o papo em dia, se motivar e diminuir um pouco da saudade. 

amigas se abraçando e consolando uma a outra por causa da dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio no exterior

Não tenha medo de pedir ajuda

E, caso você precise, não sinta medo de soar o alarme e pedir ajuda. Tanto para amigos que você criou morando no exterior, quanto para quem está no seu país de origem: tudo bem precisar de uma mãozinha.

As pessoas que te amam não vão se importar de ajudar, ouvir e te apoiar: muito pelo contrário! Elas querem te ver bem e feliz. Então, não tenha vergonha e nem medo de chamar e pedir ajuda quando sentir que precisa.

Pesquise o que não souber

Dicas, tutoriais e conhecimento estão por todo o lugar, ainda mais na internet. Por isso, lembre-se de que você não precisa passar perrengue e aprender na marra! Afinal, a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio com certeza não atinge só você.

Então, quando bater a dúvida ou você não souber algo, pesquise! Além de aprender sobre algo novo, você, com certeza, vai achar pessoas que passaram pela mesma situação que você. Isso pode ajudar em um momento de tensão, para você lembrar que não está sozinho no mundo.

Um dia de cada vez

Quando o desânimo bater, se você começar a ter pensamentos negativos, pare e lembre de viver um dia de cada vez. Busque lembrar o que te fez viajar e sair do país, quais são seus objetivos e o que está acontecendo de bom. 

Dessa forma, você desfoca das dificuldades e pensa em como pode melhorar, assim como o que te fez tomar a decisão de se mudar para o exterior.

Tente viver o dia de hoje, sem se preocupar o tempo todo e sem se paralisar pensando sobre o futuro. Além disso, crie micrometas para alcançar seu objetivo, assim você conseguirá ver seu progresso sem se sentir perdido e sem saber por onde começar quando viajar.

No fim, você vai conseguir contornar a dificuldade de ser brasileiro e fazer intercâmbio e vai já começar a se sentir imerso na cultura e tranquilo para cumprir suas metas e objetivos.

sede da Eurekka

A Eurekka ajuda você a viver bem no intercâmbio

Sair do seu país e morar no exterior pode ser difícil, mas também tem muitas vantagens. Mas caso você perceba que não está conseguindo se adaptar bem ou queira saber como viver melhor e aproveitar o seu intercâmbio, venha conhecer a Psicoterapia On-line Eurekka!

Se você está procurando um bom profissional para te guiar nessa jornada e busca ter uma vida mais leve no exterior, a Eurekka é a solução que você precisa. 

A Eurekka é a maior clínica de psicoterapia do Brasil, realizando milhares de sessões remotas! Por isso, não deixe as dificuldades de viver fora do país acabarem com seu ânimo. Marque hoje uma Conversa Inicial com um dos nossos psicólogos. Vamos garantir o melhor tratamento para você!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Equipe Eurekka

Leave a Reply

Your email address will not be published.